Perspectivas sobre a captura do caranguejo-uçá (Ucides cordatus) em Marapanim/PA: Técnica do gancho

Perspectives on the capture of the uçá crab (Ucides cordatus) in Marapanim/PA: Hook technique

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/issn2179-6807v29n1p104-125

Palavras-chave:

Caranguejo-uçá, Ucides cordatus, Reserva extrativista, Marapanim/PA.

Resumo

O presente artigo visa descrever a prática de captura do caranguejo-uçá realizada através do gancho, uma ferramenta artesanal, utilizada no município de Marapanim/PA; e verificar as perspectivas socioambientais dos extrativistas acerca dessa atividade. O estudo possui abordagem socioantropológica, realizada através de entrevistas semiestruturadas e conversas informais, com campo realizado em 2021, em colaboração com especialistas na captura de moluscos e crustáceos nos manguezais marapanienses. O argumento central está voltado na perspectiva de um extrativista acerca da forma de captura do caranguejo-uçá. Como resultados, destacamos duas técnicas tradicionais de captura, a técnica do gancho e a técnica de captura no braço, práticas de subsistência que contribuem para a conservação, renovação dos estoques pesqueiros e a comercialização. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ewerton D. Tuma Martins, Universidade Federal do Pará (UFPA)

Mestrando em Antropologia PPGA-UFPA. Especialista em Docência no Ensino Superior pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci (UNIASSELVI). Especialista em História e Cultura Afro Brasileira pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci (UNIASSELVI). Licenciado Pleno em História pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA/CE), Licenciado em Pedagogia pela FABRAS - Faculdade Ibra de Brasília. Técnico em Administração e em Segurança do Trabalho. Músico Registrado na OMB, Compositor, Letrista, Intérprete com influências diversas. Trabalhou como docente de História e Estudos Amazônicos pela Prefeitura Municipal de Marapanim, trabalhou como docente no ensino superior na rede privada e em cursos técnicos na área de Segurança do Trabalho. Foi o Redator responsável pela disciplina de História e fez parte do grupo de trabalho (GT) de Estudos Amazônicos para implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), no município de Marapanim/PA. Desenvolveu os seguintes estudos: A Memória do Movimento Operário da Construção Civil em Belém (1984-1988); Reflexões Sobre o Processo de Interiorização do Ensino Superior no município de Marapanim/PA; e ainda estudos sobre as Barreiras Institucionais, de Formação Docente e de Produção de Material Didático Para a Inserção do Ensino de Cultura e História Afro-Brasileira nas Redes de Ensino. Atua nas áreas de História, Estudos Amazônicos e Segurança do Trabalho. Participa do projeto de pesquisa Sociedade, Saúde e Meio Ambiente na Pandemia de Covid-19, desenvolvido pelo Grupo de Pesquisa Sociedade, Saúde e Meio Ambiente - GPSSAM. Participa do Grupo de pesquisa Grupo de Estudo Territórios, Identidades, Gênero e Ambiente - GEPTIGAM. É integrante/colaborador do periódico científico Caderno 4 Campos, revista voltada a Antropologia.

Michelly Silva Machado, Universidade Federal do Pará (UFPA)

Doutoranda em Antropologia (PPGA) pela Universidade Federal do Pará (UFPA), no campo da Antropologia Linguística. Mestra em Diversidade Sociocultural pelo Programa de Pós-graduação em Diversidade Sociocultural (PPGDS), do Museu Paraense Emílio Goeldi (CCH/MPEG), vinculada à Linha de Pesquisa Povos Indígenas e Populações Tradicionais. Mestra em Linguagens e Saberes na Amazônia - (PPLSA-UFPA), vinculada à Linha de Pesquisa Leitura e tradução cultural na Amazônia. Graduação em Letras Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Graduação em História (Licenciatura) pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Tem atuado em estudos interdisciplinares nas áreas de Antropologia, Linguística e Educação. Dedica-se ao estudo das atitudes linguísticas e epistemologias dos povos originários na história da/na Amazônia, com ênfase nas agências linguísticas e culturais dos Mebêngôkre-Kayapó no ciberespaço. Tem experiência em práticas de letramentos, educação escolar bilíngue e diferenciada e etnografia digital. Faz parte dos grupos de pesquisa Etnologia Indígena (Ameríndia-UFPA) e Linguística Antropológica - Descrição, Sociedade e Inclusão (GPLA-DSI-UNIFESSPA). 

Referências

ADAMS, Cristina. “As populações caiçaras e o mito do bom selvagem: a necessidade de uma nova abordagem interdisciplinar”. Revista de Antropologia, v. 43, n. 2, São Paulo, AP, 2000.

ALENCAR, Edna Ferreira. Mesa-Redonda: Gestão Social de atividades agroecológicas e pesqueiras. XII Encontro Nacional de Pesquisadores em Gestão Social (ENAPEGS), 26 de maio a 01 de junho de 2023. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=PVWLOwl0G0k>. Acesso em: 31 de maio. 2023.

CANTO, Otávio do. Documentário Luiz Gutemberg: Uma História de Luta na RESEX Mestre Lucindo. YouTube, 13 de junho de 2022. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=0a_OM7Yo2GY>. Acesso em: 04 de agosto de 2022.

CARNEIRO, Diogo Borges; BARBOZA, Myrian Sá Leitão; MENEZES, Moirah Paula. Plantas nativas úteis na vila dos pescadores da reserva extrativista marinha Caeté-Taperaçu, Pará, Brasil. Acta Botanica Brasilica, v. 24, p. 1027-1033, 2010.

CARNEIRO DA CUNHA, Manuela. O futuro da questão indígena. Estudos Avançados, 8(20): 121-136. 1994. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/ea/v8n20/v8n20a16.pdf>. Acesso em: 16 de dezembro de 2022.

COUTO, Renata Louzada do. Aspectos socioecômicos da produção e percepção ambiental dos catadores de Caranguejo-Uçá Ucides Cordatus (Linnaeus, 1763) da comunidade do Treme, Bragança-PA. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

DSN 14010. Decreto 10 de outubro de 2014. Cria a Reserva Extrativista Marinha Mestre Lucindo, localizada no Município de Marapanim, Estado do Pará. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/dsn/Dsn14010.htm>. Acesso em: 16 de dezembro de 2022.

DURAN, Ricardo Santos. Caranguejeiros e caranguejos: a captura do caranguejo-uçá, Ucides cordatus (LINNAEUS, 1763) (Brachyura, Ucididae), no município de Cananéia (SP). Trabalho de conclusão de curso - Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2011.

ESCOBAR, Arturo. Encontering development: the making and the unmaking of the third world. Princeton: Princeton University Press, 1995.

ESTERCI, Neide; SANT'ANA JÚNIOR, Horácio Antunes de; TEISSERENC, Maria José da Silva Aquino (orgs.). Territórios socioambientais em construção na Amazônia brasileira. Rio de Janeiro, RJ: 7 Letras, 2014.

FREITAS, Ádria de Carvalho. et al. Análise socioeconômica e esforço de pesca na captura do caranguejo-uçá – Ucides cordatus (Crustacea: Ucididae) – na Reserva Extrativista Maracanã – costa amazônica do Brasil. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v. 10, n. 3, p. 711–722, out. 2015.

FURTADO, Lourdes Gonçalves. “Aspectos Históricos e econômicos de Marapanim – Nordeste Paraense”. Boletim do Museu Paraense Emilio Goeldi, Nova Série, Belém-Pará-Brasil, Antropologia, n. 67, março. 1978.

FURTADO, Lourdes Gonçalves. “Origens pluritécnicas no cotidiano da pesca na Amazônia: contribuições para projeto de estudo pluridisciplinar”. Boletim do Museu Paraense Emilio Goeldi, Belém/PA, v. 1, n. 2, 159-172, maio-agosto, 2006.

GOW, Peter. “Da etnografia à história”. Cadernos de campo, 2006.

ICMBIO. Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Ministério do Meio Ambiente. Estudo socioambiental referente à proposta de criação de reserva extrativista marinha no município de Marapanim, Estado do Pará. Brasília: ICMBIO, 2014.

INGOLD, Tim. Culture, nature, environment. Steps to an ecology of life. In T. Ingold, Perceptions of the environment. Routledge, 2002. Disponível em: <https://leiaarqueologia.files.wordpress.com/2017/08/the-perception-of-the-environment-tim-ingold.pdf>. Acesso em: 20 de agosto de 2021.

ISA, Instituto Socioambiental. Reserva Extrativista Marinha Mestre Lucindo Disponível em: <https://uc.socioambiental.org/pt-br/arp/5402>. Publicado em: 2014. Acesso em: 30 de agosto de 2023.

LITTLE, Paul E. Etnoecologia e direitos dos povos: elementos de uma nova ação indigenista. In: A.C. Souza Lima; M. Barroso-Hoffmann. (Org.) Etnodesenvolvimento e políticas públicas: bases para uma nova política indigenista. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2002.

MACHADO, Denise. Catadoras de caranguejo e saberes tradicionais na conservação de manguezais da Amazônia brasileira. Revista Estudos Feministas, v. 15, p. 485-490, 2007.

MACHADO, Michelly Silva. Processo de formação de novas categorias conceituais e as agências linguísticas dos Mẽbêngôkre Kayapó (Família Jê). (Dissertação de mestrado). Programa de Pós-graduação em Diversidade Sociocultural, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, PA, Brasil, 2022.

SANTOS, Karina Pimentel dos. COSTA, Sandra Maria Fonseca da. As articulações regionais das cidades de maré na microrregião do salgado (PA). Anais do XIV ENANPEGE - XV Encontro Nacional de Pós-Graduação e pesquisa em geografia. Campina Grande: Realize Editora, 2021. Disponível em: <https://www.editorarealize.com.br/index.php/artigo/visualizar/77889>. Acesso em: 01 de fevereiro de 2023.

SILVA, Flávio José Rocha da. O conceito de desenvolvimento no pensamento de Arturo Escobar. Revista Pegada – vol. 17 n.2 170. publicada em: dez. de 2016. Disponível em: <https://revista.fct.unesp.br/index.php/pegada/article/download/4671/3585/16572>. Acesso em: 29 de agosto de 2023.

SILVA JÚNIOR, Roberto Donato da. Etnoconservação e o conceito de relações de poder: apontamentos teórico-metodológicos. Cadernos de Campo (UNESP), v. 1, p. 89-106, 2009. Disponível em: <https://periodicos.fclar.unesp.br/cadernos/article/view/5260>. Acesso em: 29 de agosto de 2023.

SOUZA, Renata Sauerbronn de. Projeto PNUB BRA/07/G32 Manguezais no Brasil. Publicado em 2016. Disponível em: <http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:aKsobzFO9xEJ:www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/o-que fazemos/consultas_publicas/criacao_e_conservacao_resex_itapetininga.pdf+&cd=2&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br>. Acesso em: 13 de outubro de 2022.

TANAKA, Marcelo Neves. Vírus isolado de culicoides (díptera: ceratopogonidae) na amazônia: Estudos ultraestruturais do virus, hospedeiro invertebrado e suas interações. 1 Encontro Técnico Científico. Instituto Evandro Chagas. Centro Nacional de Primatas. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/aa/a/jXKQTbnFVK9Ks7Kw7DxVGRn/?format=pdf&lang=pt>. Acesso em: 13 de novembro de 2022.

Downloads

Publicado

2023-09-19

Como Citar

TUMA MARTINS, E. D.; MACHADO, M. S. Perspectivas sobre a captura do caranguejo-uçá (Ucides cordatus) em Marapanim/PA: Técnica do gancho: Perspectives on the capture of the uçá crab (Ucides cordatus) in Marapanim/PA: Hook technique. Revista Desenvolvimento Social, [S. l.], v. 29, n. 1, p. 104–125, 2023. DOI: 10.46551/issn2179-6807v29n1p104-125. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/6844. Acesso em: 28 fev. 2024.