O PROCESSO DE TERRITORIALIZAÇÃO DA LUTA DOS NATIVOS DO ARAPUIM

Autores

  • Greiciele Soares da Silva
  • Rômulo Soares Barbosa

Palavras-chave:

Quilombola, Terra, Território

Resumo

O presente trabalho constitui-se como síntese dos dados obtidos em trabalhos de campo e levantamentos bibliográficos realizados para desenvolvimento da pesquisa de dissertação. Tem como objetivo discutir a territorialização da luta agrária dos Nativos do Arapuim, assim como o acionamento de sua identidade quilombola. Os Nativos do Arapuim é um grupo social, descendentes dos camponeses desterritorializados na década de 1960 na antiga Cachoeirinha, atual município de Verdelândia, localizado no Norte de Minas Gerais, e local de acontecimento do emblemático conflito denominado de Massacre de Cachoeirinha. Após o “Massacre” da antiga Cachoeirinha, ocorre a reconfiguração espacial e territorial do município, por meio da criação de acampamentos/assentamentos rurais de reforma agrária.Esse cenário de reestruturação agrária e de conflito adormecido é onde ocorre a reemergência da luta por terra dos Nativos do Arapuim que depois de vários acontecimentos no processo de luta pela terra, encontram um novo caminho em direção ao território quilombola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-01-06

Como Citar

SOARES DA SILVA, G. .; SOARES BARBOSA, R. . O PROCESSO DE TERRITORIALIZAÇÃO DA LUTA DOS NATIVOS DO ARAPUIM. Revista Desenvolvimento Social, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 1–20, 2020. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/174. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos