Impactos funcionais e psicossociais das desordens bucais entre adolescentes de uma cidade polo no norte de Minas Gerais, Brasil, 2019/2020

Functional and psychosocial impacts of oral disorders among adolescents in Montes Claros - MG, 2019/2020

Autores

  • Viviane Soares Fonseca Universidade Estadual de Montes Claros -Unimontes
  • Ana Tereza Silva e Diogo Universidade Estadual de Montes Claros
  • Ana Maria Rodrigues Santos Universidade Estadual de Montes Claros -Unimontes
  • Paula Karoline Soares Farias Universidade Estadual de Montes Claros -Unimontes
  • Maria Aparecida Barbosa de Sá Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE
  • Laiane Ferreira da Silva Universidade Estadual de Montes Claros -Unimontes
  • Fabíola Belkiss Santos de Oliveira Universidade Estadual de Montes Claros -Unimontes
  • Marinilza Soares de Mota Sales Universidade Estadual de Montes Claros -Unimontes
  • Michelle Pimenta Oliveira Universidade Estadual de Montes Claros -Unimontes
  • Andréa Maria Eleutério de Barros Lima Martins Universidade Estadual de Montes Claros -Unimontes

DOI:

https://doi.org/10.46551/ruc.v26n1a2

Palavras-chave:

Qualidade de vida, Adolescente, Saúde bucal, Epidemiologia, Avaliação dos impactos na saúde

Resumo

Objetivo: analisar o perfil dos impactos das desordens bucais em suas dimensões funcionais, sociais e psicológicas entre adolescentes. Métodos: recorte do projeto “Levantamento epidemiológico das condições de saúde bucal e qualidade da assistência odontológica entre escolares (2019/2020)”. Análise descritiva com amostra probabilística estratificada (12 e 15 anos) por conglomerados (95% de confiança; erro amostral de 5 e 10% e taxa de não resposta de 10%; distribuição média e desvio padrão prévios; deff=1,4; prevalências de desfecho de 50%) de adolescentes matriculados nas escolas públicas da zona urbana do município. Os exames foram conduzidos de 02/2019 a 02/2020 por dentistas calibrados (Kappa ≥ 0,61. Foram avaliados condições sociodemográficas e impactos das desordens bucais. Resultado: Participaram 654 adolescentes com predominância feminina (53,6%) e raça parda (63,5%). A maioria relatou nunca ter apresentado impactos em 13 itens com percentuais que variaram de 60,1% a 90,5%. A maioria (53,10%) relatou impacto quanto a dor. Conclusão: as desordens bucais apresentaram percentuais de impacto variados; dor foi a desordem que apresentou maior impacto na dimensão física. Há necessidade de adequar a assistência odontológica tendo em vista minimizar os impactos identificados, com ênfase especial para o alívio da dor, tendo em vista a qualidade de vida desses adolescentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

UZAREVIC, Zvonimir; BULJ, Ana. Oral health-related quality of life among croatian

university students. International Journal of Environmental Research and Public Health,

v. 18, n. 12, p. 6483, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.3390/ ijerph18126483

BICA, Isabel et al. Sociodemographic influence in health-related quality of life in

adolescents. Acta Paulista de Enfermagem, v. 33, 2020. Disponível em:

https://doi.org/10.37689/acta-ape/2020AO0054

BARNETCHE, Maria M.; CORNEJO, Lila S. Experiencia de caries y calidad de vida

de jóvenes en situación de encierro. Revista de Salud Pública, v. 18, p. 816-826, 2016.

Disponível em: https://doi.org/10.15446/rsap.v18n5.45565

GABARDO, Marilisa Carneiro Leão; MOYSÉS, Simone Tetu; MOYSÉS, Samuel

Jorge. Autopercepção de saúde bucal conforme o Perfil de Impacto da Saúde Bucal

(OHIP) e fatores associados: revisão sistemática. Revista Panamericana de Salud

Pública, v. 33, n. 6, p. 439-445, 2013. Disponível em:

https://www.scielosp.org/article/ssm/content/raw/?resource_ssm_path=/media/assets/r

psp/v33n6/09.pdf

MARTINS, Andréa Maria Eleutério de Barros Lima et al. Associação entre impactos

funcionais e psicossociais das desordens bucais e qualidade de vida entre

idosos. Ciência & Saúde Coletiva, v. 19, p. 3461-3478, 2014. Disponível em:

https://www.scielo.br/j/csc/a/jF4jLcr56P74LwCxLfHkmfK/?format=pdf&lang=pt

SUN, Ling; WONG, Hai Ming; MCGRATH, Colman PJ. The factors that influence oral

health-related quality of life in young adults. Health and quality of life outcomes, v. 16,

n. 1, p. 1-14, 2018. Disponível em:

https://hqlo.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12955-018-0847-5

ROQUE, Tatiany V. et al. Impact of oral conditions on the quality of life of adolescents

in a rural area of Brazil. Acta Odontológica Latinoamericana, v. 34, n. 1, p. 81-87, 2021.

Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Ingrid-

Meira/publication/349180961_Effect_of_treatment_time_on_performance_of_nano-

encapsulated_fluoride_dentifrices_for_remineralization_of_initial_carious_lesions_an

_in_vitro_study/links/60b424cb45851557baaec5b5/Effect-of-treatment-time-on-

performance-of-nano-encapsulated-fluoride-dentifrices-for-remineralization-of-initial-

carious-lesions-an-in-vitro-study.pdf#page=83

DOVIGO, Gabrielle et al. Avaliação da qualidade de vida relacionada a saúde bucal de

crianças e suas famílias e fatores associados. Revista de Odontologia da UNESP, v. 50,

p. e20210048, 2021. https://www.scielo.br/j/rounesp/a/hJwrgD6yqgywWcNS8JjRzbL/

OMARA, Maisa et al. Improving the measurement of oral health-related quality of life:

Rasch model of the oral health impact profile-14. Journal of Dentistry, v. 114, p.

, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.jdent.2021.103819

MIOTTO, Maria Helena Monteiro de Barros et al. Impact produced by oral disorders

on the quality of life of Brazilian adolescents. Pesquisa Brasileira em Odontopediatria

e Clínica Integrada, v. 19, 2020. Disponível em:

https://doi.org/10.4034/PBOCI.2019.191.140

SLADE, Gary D.; SPENCER, A. John. Development and evaluation of the oral health

impact profile. Community dental health, v. 11, n. 1, p. 3-11, 1994.

SLADE, Gary D. Derivation and validation of a short‐form oral health impact

profile. Community dentistry and oral epidemiology, v. 25, n. 4, p. 284-290, 1997.

Disponível em: https://doi.org/10.1111/j.1600-0528.1997.tb00941.x

SILVEIRA, Marise Fagundes; PINHO, Lucinéia de; BRITO, Maria Fernanda Santos

Figueiredo. Validity and reliability of the oral health impact profile instrument (OHIP-

in adolescents. Paidéia (Ribeirão Preto), v. 29, p. e2921, 2019. Disponível em:

https://www.scielo.br/j/paideia/a/XKbCqFvCWFzXH3R7NWnVRdq/

SILVEIRA, Marise Fagundes et al. Severity of malocclusion in adolescents:

populational-based study in the north of Minas Gerais, Brazil. Revista de saude publica, v. 50, p. 11, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1518-8787.2016050005861

BRASIL. Proteger e cuidar da saúde de adolescentes na atenção básica. 2018.

ANDRADE DE MELO, Kaarlye CP, M et al. Is the adolescent’s esthetic concern

associated with anterior occlusal conditions or the malocclusion severity level? Angle

orthod. v. 91, n. 4, p. 496-501, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.2319/062320-

1

BRASIL. Pesquisa Nacional de Saúde Bucal: resultados principais. Secretaria

de Atenção à Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Brasília: Ministério da Saúde.

SB Brasil 2010. 012.116 p. Disponível em:

https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/pesquisa_nacional_saude_bucal.pdf

ERCKMANN, Roberta Vedana et al. Autopercepção das condições de saúde bucal em

adultos do sul do Brasil. Iniciação Científica Cesumar, v. 19, n. 2, p. 119-125, 2017.

Disponível em: https://doi.org/10.17765/1518-1243.2017v19n2p119-125

MARCENES, Wagner et al. Global burden of oral conditions in 1990-2010: a

systematic analysis. Journal of dental research, v. 92, n. 7, p. 592-597, 2013. Disponível

em: https://doi.org/10.1177/0022034513490168

SISCHO, Lacey; BRODER, HL3318061. Oral health-related quality of life: what, why,

how, and future implications. Journal of dental research, v. 90, n. 11, p. 1264-1270,

Disponível em: https://doi.org/10.1177/0022034511399918

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Cidades e

Estados. 2021. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/mg/montes-

claros.html

DE BARROS LIMA, Andréa Maria Eleutério et al. Aspectos metodológicos do

levantamento epidemiológico das condições de saúde bucal e qualidade da assistência

odontológica entre escolares. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 13, n. 2, p. e6023-

e6023, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.25248/reas.e6023.2021

DE BARROS LIMA, Andréa Maria Eleutério et al. Sampling of oral conditions survey

during COVID-19 pandemic: methodologic study. Soc Dev, v. 11, n. 1, p. e961112489,

Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/24896

ALVARENGA, Fábio Augusto de Santi et al. Oral health impact profile in the quality

of life of patients over 50 years old of two public institutions of Araraquara city, SP,

Brazil. Revista de Odontologia da UNESP, v. 40, n. 3, p. 118-124, 2013. Disponível

em: https://revodontolunesp.com.br/journal/rou/article/588018d37f8c9d0a098b4e36

HONGXING, Li et al. Validity and reliability of OIDP and OHIP-14: a survey of

Chinese high school students. BMC oral health, v. 14, n. 1, p. 1-10, 2014. Disponível

em: https://doi.org/10.1186/1472-6831-14-158

COSTA-JÚNIOR, Florêncio Mariano da; COUTO, Márcia Thereza; MAIA, Ana

Cláudia Bortolozzi. Gênero e cuidados em saúde: Concepções de profissionais que

atuam no contexto ambulatorial e hospitalar. Sexualidad, Salud y Sociedad (Rio de

Janeiro), p. 97-117, 2016. Disponível em:

https://www.scielo.br/j/sess/a/sDWmnkgySt7jMsbXWfx36bv/?format=html

MENEZES, Cássia Goretti P. et al. Avaliação das ações de odontohebiatria

desenvolvidas pelo programa de atenção à saúde do adolescente em Jaboatão dos

Guararapes. 2008. Disponível em: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/29679

GRANVILLE-GARCIA, Ana Flávia et al. Importância da saúde bucal entre

adolescentes de escolas públicas de Campina Grande/PB, Brasil. Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada, v. 11, n. 3, p. 425-431, 2011. Disponível em:

https://www.redalyc.org/pdf/637/63722164018.pdf

OLIVEIRA, Rodrigo Caldeira Nunes et al. Acesso a informações sobre como evitar

problemas bucais entre escolares da Rede Pública de Ensino. Ciência & Saúde Coletiva,

v. 20, p. 85-94, 2015. Disponível em:

https://www.scielo.br/j/csc/a/pMf8cwLpJDGSJtdghgYDscD/?lang=pt&format=html

BIAZEVIC, Maria Gabriela Haye et al. Relationship between oral health and its impact

on quality of life among adolescents. Brazilian oral research, v. 22, p. 36-42, 2008.

Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1806-83242008000100007

FREIRE, Maria do Carmo Matias et al. Dor dentária e fatores associados em

adolescentes brasileiros: a Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), Brasil,

Cadernos de Saúde Pública, v. 28, n. suppl, p. s133-s145, 2012. Disponível em:

https://www.scielosp.org/pdf/csp/v28s0/14.pdf

SILVA, Ana Tereza et al. EDUCAÇÃO E HÁBITOS DE HIGIENE: ONDE E COMO

INTERVIR? Intervention Of Educational And Hygiene Habits: Where And

How?. Revista Unimontes Científica, v. 24, n. 2, p. 1-15, 2022. Disponível em:

https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/unicientifica/article/view/5433

Downloads

Publicado

2023-10-17

Como Citar

SOARES FONSECA, V.; SILVA E DIOGO, A. T.; RODRIGUES SANTOS, A. M.; SOARES FARIAS, P. K.; BARBOSA DE SÁ, M. A.; FERREIRA DA SILVA, L.; SANTOS DE OLIVEIRA, F. B.; SOARES DE MOTA SALES, M.; PIMENTA OLIVEIRA, M.; ELEUTÉRIO DE BARROS LIMA MARTINS, A. M. Impactos funcionais e psicossociais das desordens bucais entre adolescentes de uma cidade polo no norte de Minas Gerais, Brasil, 2019/2020: Functional and psychosocial impacts of oral disorders among adolescents in Montes Claros - MG, 2019/2020. Revista Unimontes Científica, [S. l.], v. 26, n. 1, p. 1–18, 2023. DOI: 10.46551/ruc.v26n1a2. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/unicientifica/article/view/6183. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>