A espetacularização dos corpos whein protein: as propagandas de suplementos e o fenômeno de objetificação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/ees.e202003

Resumo

Em tempos contemporâneos de (re)construção dos corpos por meio do exercício físico em que a mídia pauta as performances de corpo e os projeta como sendo grandes e espetaculosos, nos leva a pensar qual imagem de corpo nos representa e nos é representado. Nesse sentido, foi desenvolvido uma pesquisa bibliográfica para fins de fundamentar a temática, juntamente com uma busca em sites por imagens de suplementos que projetam corpos em suas propagandas. Realizamos uma análise do fenômeno de objetificação na cultura corporal dos corpos que transitam pelas mídias de propagandas de suplemento e suas objetificações de corpos midiáticos. Enfim sinalizamos que o corpo exposto é objetificado.

Palavras-chave: Corpo whein protein. Objetificação. Cultural(ilidade).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAUJO, Leandro Rodrigues; ANDREOLO, Jesuíno; SILVA, Maria Sebastiana. Utilização de suplemento alimentar e anabolizante por praticantes de musculação nas academias de Goiânia-GO. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 10, n. 3, p. 13-18, jul. 2002.

BRANDÃO, Helena. Introdução à análise do discurso. Campinas: Editora da Unicamp, 2002.

LE BRETON, David. A sociologia do corpo: 6. ed. Petrópolis: Vozes, 2012.

CARMO, Everton Crivoi; BUENO JUNIOR, Carlos Roberto; FERNANDES, Tiago; BARRETTI, Diego; SOARES, Stéphano Freitas; SILVA JUNIOR, Natan Daniel; UCHIDA, Marco Carlos; BRUM, Patrícia Chakur; OLIVEIRA, Edilamar Menezes. O papel do esteroide anabolizante sobre a hipertrofia e força muscular em treinamentos de resistência aeróbia e de força. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v. 17, n. 3, p. 212-217, maio/jun. 2011.

CHAMPE, Pamela C.; HARVERY, Richard A.; FERRIER, Denise. Bioquímica ilustrada. Tradução de Carla Dalmaz et al. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 1996.

COUTINHO, Angela Maria Scalabrin. O corpo dos bebês como lugar do verbo. In: ARROYO, Miguel Gonzalez; SILVA, Maurício Roberto. (Org). Corpo infância: exercícios tensos de ser criança – por outras pedagogias dos corpos. Petrópolis: Vozes, 2016, p. 240-278.

COYLES, Adrian. Análise do discurso. In: BREAKWELL, Glynis M.; HAMMOND, Sean; FIFE-SCHAW, Chris; SMITH, Jonathan. (Org.). Métodos de pesquisa em psicologia. Tradução de Felipe Rangel Elizalde. Porto Alegre: Artmed, 2010, p. 362-381.

HELDMAN, Caroline. Sexual Objectification. Part 1: What is it? 2012.

IRIART, Jorge Alberto Bernstein; ANDRADE, Tarcísio Matos. Musculação, uso de esteroides anabolizantes e percepção de risco entre jovens fisiculturistas de um bairro popular de Salvador, Bahia, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 18, n. 5, p. 1379-1387, set./out. 2002.

LENHARO, Mariana. Cai número de plásticas no Brasil, mas país ainda é 2º no ranking, diz estudo. São Paulo: G1, 27 ago. 2016.

LIMA, Durval Stockler. Nutrição orientada e os remédios de natureza. 3. ed. São Paulo: Casa Publicitária Brasileira, 1985.

MACEDO, Roberto Sidnei. Etnopesquisa crítica, etnopesquisa-formação. Brasília: Liber, 2010.

MARZZOCO, Anita; TORRES, Bayardo Baptista. Bioquímica básica. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1999.

MENOM, Daiane; SANTOS, Jaqueline Schaurich. Consumo de proteína por praticantes de musculação que objetivam hipertrofia muscular. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v. 18, n. 1, p. 8-12, jan./fev. 2012.

OLIVEIRA, Romário Araujo. Efeitos de uma dieta rica em carboidratos na hipertrofia muscular em praticantes de treinamento de força. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício, São Paulo, v. 8, n. 47, p. 435-444, 2014.

ROCHA, Damião; MAIA, Marcos. A pesquisa implicada de inspiração fenomenológica para estudo in situ de/com sujeitos sociais da diversidade sexual e de gênero. Revista Ensino de Ciências e Humanidades, Humaitá, v. 1. n. 1, p. 220-237, jul./dez. 2017.

SANTAELLA, Lúcia. Corpo e comunicação: sintoma da cultura. São Paulo: Paulos, 2004.

SANTANA, Diogo Souto; LIMA, Fabrício Ferreira; CANÇADO, Igor Valeriano; WOODS, Bruno Braga; OLIVEIRA, Alexandre Barbosa; MAYRINK, Claudio Alvarenga Campos; CARVALHO, Cássio Mendes; FERNANDES, Fernando. Mitos e verdades sobre o uso de esteroides anabolizantes: um artigo de revisão. Revista Médica de Minas Gerais, Belo Horizonte, v. 20, p. 51-54, 2010.

SILVA, Tomaz Tadeu. O currículo como fetiche: a poética e a política do texto curricular. 1. ed. 4. reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

SOARES, Felipe Alves; SOUZA, Matheus Ornelas. Obesidade na adolescência e suas implicações futuras. Revista Digital, Buenos Aires, v. 13, n. 121, jun. 2008.

SOARES, João Paulo; MOURÃO, Ludmila; LOUVISI, Ayra; NOVAIS, Mariana. Performatividades de gênero e a abjeção dos corpos de mulheres no levantamento de peso. Movimento, Porto Alegre, v. 24, n. 1, p. 107-118, jan./mar. 2018.

VEIGA NETO, Alfredo. As idades do corpo: (material)idades, (divers)idades, (corporal)idades, (ident)idades. In: GARCIA, Regina Leite. (Org.). O corpo que fala dentro e fora da escola. Rio de Janeiro: DP&A, 2002, p. 35-64.

VIELLA, Maria Anjos Lopes; VENDRAMINI, Célia Regina. Consumindo corpos infantis e juvenis, o intricado fenômeno da exploração sexual comercial de crianças e jovens. In: ARROYO, Miguel Gonzalez; SILVA, Maurício Roberto. (Org). Corpo infância: exercícios tensos de ser criança – por outras pedagogias dos corpos. Petrópolis: Vozes, 2016, p. 81-102.

Arquivos adicionais

Publicado

2020-03-01