OS ESTUDOS SOBRE TRABALHO E EDUCAÇÃO NO BRASIL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS

Autores

  • Viviane Nascimento Silva Universidade Estadual de Montes Claros
  • Christine Veloso Barbosa Araújo Universidade Estadual de Montes Claros

Palavras-chave:

Trabalho, Educação, Estado da Arte

Resumo

A complexidade das pesquisas referentes às categorias Trabalho e Educação indicam rumos diferentes aos estudos. Primeiramente, o grau de relevância destas investigações pauta-se no aspecto amplo e no caráter específico que as relações entre Trabalho e Educação podem assumir. De forma geral, ambas representam categorias inerentes ao processo de evolução e desenvolvimento da humanidade. Tanto o Trabalho, em seu sentido mais puro de transformação da natureza em virtude da sobrevivência, quanto a Educação entendida como a capacidade de ensinar e aprender o conhecimento sobre algo acompanham os homens em diferentes momentos históricos. Especificamente, estas mesmas categorias teóricas carregam consigo particularidades em torno de questões econômicas, políticas, culturais e sociais etc. A categoria Trabalho e a categoria Educação são apresentadas e discutidas desde o pensamento clássico até à contemporaneidade. Sobretudo com o surgimento e a consolidação do Capitalismo enquanto modo de produção e, para além disto, como modo de vida estas duas categorias aparecem a todo instante relacionadas à economia, à moral, ao direito, à sociologia. A separação e/ou a junção dos termos Trabalho e Educação já representa alternativas de partida para a análise. Isso significa que quando o estudo parte do Trabalho para entender a Educação, teremos aí uma perspectiva; e quando a questão central parte da Educação para compreender as relações do Trabalho, o direcionamento da investigação é outro. Esta escolha pode envolver diferentes posicionamentos teórico-epistemológico, metodológicos e até mesmo políticos. Ao observar alguns dos estudos que abordam Trabalho e Educação, é possível notar algumas diferenças no trato da questão que implicam no direcionamento da crítica, na condução dos estudos e, inclusive, na finalidade destas reflexões. Este artigo tem como objetivo problematizar alguns aspectos em torno das investigações acerca das categorias Trabalho e Educação. Busca elucidar as principais tendências de abordagem do tema que atrai pensadores da Economia, Filosofia, Psicologia e Sociologia. Procura identificar como as áreas de conhecimento estudam o Trabalho e a Educação e suas relações. Aponta alguns dos mais expressivos desafios teórico-epistemológicos que implicam as pesquisas. O texto foi produzido no sentido de contextualizar as principais reflexões da área e autores relevantes ao estudo no Brasil, desde a década de 50 até os dias atuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-04-08

Como Citar

NASCIMENTO SILVA, V. .; VELOSO BARBOSA ARAÚJO, C. . OS ESTUDOS SOBRE TRABALHO E EDUCAÇÃO NO BRASIL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS. Revista Desenvolvimento Social, [S. l.], v. 19, n. 1, p. 113–123, 2020. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/1894. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos