Que narrativas elaboram Professores de Matemática sobre o contexto da pandemia da Covid-19?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/emd.v6n12a10

Palavras-chave:

Formação de Professores de Matemática, Educação Matemática, Narrativas Autobiográficas, Reflexão

Resumo

Este artigo traz um recorte de uma pesquisa de mestrado, tendo como objetivo apresentar a discussão produzida a partir da unidade temática Contexto de Pandemia e o Trabalho Docente. Como aportes teóricos, debruçamo-nos, principalmente, sobre autores que tematizam o cenário educacional durante esse período, recorrendo às discussões sobre as especificidades do trabalho docente nesse contexto. Como metodologia, optamos pela pesquisa (auto)biográfica. Dessa forma, os dados foram produzidos com seis professores egressos, inspirados na técnica das entrevistas narrativas autobiográficas e analisados sob a perspectiva da análise compreensiva-interpretativa. Em destaque ao período de pandemia, os depoimentos dos professores apontam para a complexidade em atuar frente a um contexto para o qual eles não foram preparados. Por isso, enfrentaram (e seguem enfrentando) desafios com relação ao ensino de Matemática, à formação de professores, à precarização e desvalorização do trabalho docente no Brasil e às desigualdades sociais refletidas nas condições de acesso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. A aventura (auto) biográfica: teoria e empiria. Edipucrs, 2004.

CATANANTE, Flávia; DANTAS, Iraneia Loiola; CAMPOS, Rogério Cláudio de. Aulas On-Line durante a pandemia: Condições de acesso asseguram a participação do aluno? Revista Científica Educ@ção, Miracatu. v. 4, n. 8, p. 977-988, out. 2020.

DUARTE, Rosália. Pesquisa qualitativa: reflexões sobre o trabalho de campo. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 115 p. 139-154, mar. 2002.

GATTI, Bernardete. Possível reconfiguração dos modelos educacionais pós-pandemia. Estudos Avançados, São Paulo, v. 34, n. 100, p. 29-41, 2020.

GATTI, Bernardete; BARRETO, Elba Siqueira de Sá; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de; ALMEIDA, Patrícia Cristina Albieri de. Professores do Brasil: novos cenários de formação. Brasília: UNESCO, 2019.

JOVCHELOVITCH, Sandra; BAUER, Martin W. Entrevista narrativa. In: BAUER, Martin W.; GASKEEL, George (Org). Pesquisa qualitativa com texto: imagem e som: um manual prático. Tradução de Pedrinho Arcides Guareschi. 11. ed. Petrópolis: Vozes, 2013, p. 90-113.

MERLI, Angélica de Almeida. Apresentação do Dossiê: Educação em Tempos de Covid-19. Revista Científica Educ@ção, Miracatu, v. 4, n. 8, p. 902-904, out. 2020.

NÓVOA, António; ALVIM, Yara Cristina. Os professores depois da pandemia. Educação & Sociedade, Campinas, v. 42, p. 1-16, 2021.

PASSEGGI, Maria da Conceição. Enfoques narrativos en la investigación educativa brasileña. Paradigma, Maracay, v. 41, p. 57-79, jun. 2020.

PASSEGGI, Maria da Conceição; NASCIMENTO, Gilcilene; OLIVEIRA, Roberta de. As narrativas autobiográficas como fonte e método de pesquisa qualitativa em Educação. Revista Lusófona de Educação, Campo Grande, n. 33, p. 111-125, 2016.

PASSEGGI, Maria da Conceição; SOUZA, Elizeu Clementino de. O movimento (auto)biográfico no Brasil: esboço de suas configurações no campo educacional. Investigación Cualitativa, v. 2, n. 1, p. 6-26, jul./dez. 2017.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A cruel pedagogia do vírus. Coimbra: Edições Almedina, 2020.

SAVIANI, Dermeval. Formação de professores no Brasil: dilemas e perspectivas. Poíesis Pedagógica, Catalão, v. 9, n. 1, p. 7-19, 2011.

SCHÜTZE, Fritz. Pesquisa biográfica e entrevista narrativa. In: WELLER, Wivian; PFAFF, Nicolle (Org). Metodologias da pesquisa qualitativa em Educação: teoria e prática. 3. ed. 6. reimpr. Petrópolis: Vozes, 2013, p. 210-222.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Acompanhar e formar — mediar e iniciar: pesquisa (auto)biográfica e formação de formadores. In: PASSEGGI, Maria da Conceição; SILVA, Vivian Batista da. (Org). Invenções de vidas, compreensão de itinerários e alternativas de formação. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010, p. 157-179.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Diálogos cruzados sobre pesquisa (auto)biográfica: análise compreensiva-interpretativa e política de sentido. Educação, Santa Maria, v. 39, n. 1, p. 39-50, 2014.

SOUZA, Elizeu Clementino de. O conhecimento de si: estágio e narrativas de formação de professores. Rio De Janeiro: Dp&A, 2006.

SOUZA, Elizeu Clementino de; SOUSA, Rosiane Costa de. Pesquisa (auto)biográfica, Educação e saúde docente: escritas de formação e refiguração identitária. Cadernos CERU, São Paulo, v. 32, n. 1, p. 99-126, jan./jun. 2021.

UFMS — Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Projeto Político Pedagógico do Curso de Matemática – Licenciatura. Três Lagoas: CPTL, 2019.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

01-08-2022

Edição

Seção

Dossiê — Implicações da pandemia à pesquisa em Educação Matemática