Educação Matemática Debate https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/emd <p style="text-align: justify;"><em>Educação Matemática Debate</em>, eISSN 2526-6136, é editada pelo Grupo de Pesquisa em Educação Matemática (GPEMat) e pelo Grupo de Pesquisa Currículos em Educação Matemática (GPCEEM). Objetiva contribuir com a reflexão e a socialização de conhecimento sobre os processos de ensino e de aprendizagem da Matemática, sobre diferentes elementos do desenvolvimento profissional docente e sobre aspectos epistemológicos, filosóficos, didáticos, metodológicos e conceituais da Matemática e da Educação Matemática. Tem como propósito, ainda, divulgar processos e resultados de pesquisas e de experiências de práticas pedagógicas que tem como foco de análise as teorizações do campo da Educação Matemática.</p> Editora Unimontes pt-BR Educação Matemática Debate 2526-6136 Elaboração/Formulação/Proposição de Problemas em Matemática: percepções a partir de pesquisas envolvendo práticas de ensino https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/emd/article/view/4726 <p>O presente artigo refere-se à apresentação de um metaestudo que tem como objetivo verificar e analisar como são realizadas as práticas educativas que tratam da criação de problemas matemáticos, pelos estudantes, disseminadas na produção científica brasileira. Para tanto, foi realizado um estudo bibliográfico na modalidade de revisão sistemática, a fim de constituir novas compreensões acerca do objeto de estudo. Os resultados indicam que existem diversos pontos de partida e diferentes finalidades educativas para as atividades de elaboração, formulação e proposição de problemas pelos estudantes, realizadas em distintos momentos pedagógicos, conforme relatado nas pesquisas que analisamos. Cabe ressaltar, ainda, que este metaestudo revela fragilidades na constituição de um corpo teórico pelas pesquisas analisadas. Tal corpo teórico permitiria orientar um caminho metodológico mais consistente para implementação de práticas de criação de problemas em aulas de Matemática</p> Janaína Poffo Possamai Norma Suely Gomes Allevato Copyright (c) 2022 https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/deed.pt_BR 2022-02-22 2022-02-22 6 12 1 28 10.46551/emd.v6n12a01 Uma revisão sobre pesquisas brasileiras que abordam o ensino de Estatística no Ensino Fundamental https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/emd/article/view/4753 <p>Este artigo tem como objetivo analisar o que é investigado nas produções científicas brasileiras sobre o ensino de Estatística no Ensino Fundamental publicadas entre os anos de 2015 e 2020. Os procedimentos metodológicos seguiram os pressupostos de uma revisão bibliográfica. Identificaram-se 15 teses e 24 dissertações. Foram apresentadas e descritas cada uma das produções organizadas por temas, ressaltando os objetivos de cada conjunto de pesquisas e discutindo os principais resultados e contribuições para o campo de conhecimento. Notou-se a preocupação na formação de professores, principalmente na formação inicial, tendo em vista que os autores ressaltam a existência de uma lacuna no que se refere à Educação Estatística em cursos de licenciatura e de formação continuada. Percebe-se que há uma crescente tendência de trabalhos que versam sobre o uso de tecnologias, sobretudo computacionais, assim como a necessidade de ampliar estudos sobre os documentos oficiais e Educação Especial</p> Loise Tarouquela Medeiros Edda Curi Copyright (c) 2022 https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/deed.pt_BR 2022-04-12 2022-04-12 6 12 1 24 10.46551/emd.v6n12a03 Professores/as que ensinam Matemática e o trabalho docente remoto: a experiência do presente e o olhar para o futuro https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/emd/article/view/4920 <p>Investigamos o que representa/significa o ensino remoto para os/as professores/as que ensinam Matemática no Distrito Federal (DF). O estudo qualitativo, de cunho exploratório, teve como participantes 42 professores/as que atuam em escolas públicas do DF. Os dados foram coletados por meio de um questionário aberto cujas respostas foram submetidas à análise de conteúdo. Os resultados mostraram que a maior parte dos/as professores/as lidou com dedicação e empenho no ensino remoto, acreditam que este é um momento de possibilidades de ressignificação e mudanças do/no processo de ensino-aprendizagem e reconhecem limitações no atendimento aos estudantes, na mesma proporção em que reconhecem, também, as potencialidades do uso de recursos tecnológicos para o ensino da Matemática, além de uma pequena parcela que se mostrou menos confiante sobre as possíveis contribuições que o ensino remoto pode oferecer quanto ao uso de tais recursos.</p> Cristina de Jesus Teixeira Weberson Campos Ferreira Joeanne Neves Fraz Geraldo Eustáquio Moreira Copyright (c) 2022 https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/deed.pt_BR 2022-05-23 2022-05-23 6 12 1 17 10.46551/emd.v6n12a06 Possibility of using Information Literacy, Mathematical Literacy and Problem-Solving methodology to teach mathematical concepts related to the contents of Spatial Geometry and Matrices to High School students https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/emd/article/view/4754 <p>This research aimed to investigate methodological possibilities for teaching Mathematics, in High School, based on the triad Informationl Literacy, Mathematical Literacy and Problem-Solving methodology. To this end, it was carried out bibliographic and field research, with predominantly qualitative results. The suggested methodological proposal was validated with 2nd year high school classes of a public school in Alexânia (GO). In the proposed approach, the teacher acted as a mediator of the teaching and learning process, and it was noticed that the research practice in the classroom served as a foundation for the construction of new concepts. The proposed problems were starting points, that is, introductory to the contents covered in the didactic sequences and did not aim at fixing or finalizing a content. We emphasize that Information Literacy directly influences the achievement of Mathematical Literacy, which is about giving students subsidies to understand mathematics in the modern world.</p> Mayckon Dimas Cardoso Silva Roberto Barcelos Souza Sabrina do Couto de Miranda Copyright (c) 2022 https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/deed.pt_BR 2022-05-23 2022-05-23 6 12 1 24 10.46551/emd.v6n12a07 Processo formativo envolvendo professoras dos Anos Iniciais que ensinam Matemática e uma coordenadora pedagógica no contexto da pandemia da Covid-19 https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/emd/article/view/4863 <p>Este artigo apresenta a potencialidade de um processo formativo e suas reflexões, envolvendo quatro professoras dos Anos Iniciais e uma coordenadora pedagógica da Rede Estadual de Ensino de São Paulo, com base nas ações iniciadas em junho de 2021. Faz parte de uma pesquisa em nível de Pós-Doutoramento. Utilizamos a abordagem qualitativa, com análise documental permeada pelo estudo de dois volumes de materiais curriculares de Matemática da Rede produzidos para o momento pandêmico. Considera que a formação proporcionou contribuições para o conhecimento curricular docente e o ensino de Matemática. Identifica, ainda, a necessidade de um aprofundamento nas discussões em algumas escolas sobre os materiais de Matemática produzidos pela Rede. Além disso, foi apontado pelas participantes que o uso das ferramentas tecnológicas nas escolas e nas formações pós-pandemia é importante, desafiador e contribui na rotina entre o trabalho e as horas de estudo.</p> <p> </p> Grace Zaggia Utimura Edda Curi Copyright (c) 2022 https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/deed.pt_BR 2022-03-25 2022-03-25 6 12 1 19 10.46551/emd.v6n12a02 Formação de professores da Educação Básica no contexto da pandemia da Covid-19: as vulnerabilidades da Educação Especial https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/emd/article/view/4713 <p>A Covid-19 foi especificada como uma pandemia com grande poder de disseminação que agregou grandes obstáculos. No âmbito educacional, professores, gestores e a sociedade convivem com um verdadeiro impasse ocasionado pelo ensino remoto. Professores e estudantes foram desafiados a adentrar em um novo campo mediado por tecnologias necessitando de uma formação, sobretudo para os que atuam com a Educação Especial. Este trabalho visa analisar as concepções de professores que atuam no ensino remoto no que diz respeito ao seu trabalho com estudantes com Necessidades Educativas Específicas (NEE). Realizamos uma pesquisa por intermédio de um questionário com 174 professores de diferentes estados brasileiros a fim de compreender sua formação para atuar no contexto remoto com os estudantes da Educação Especial. Os resultados apontaram para a necessidade de formação dos professores que atuam com estudantes com Necessidades Educativas Específicas; repensar na formação continuada e que seja capaz de romper o olhar de incapacidade frente ao trabalho com estudantes com NEE, bem como repensar a educação inclusiva no contexto do ensino remoto de modo a incluir todos os estudantes</p> Paulo Vinícius Pereira de Lima Luciane Alves Rodrigues de Sousa Geraldo Eustáquio Moreira Copyright (c) 2022 https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/deed.pt_BR 2022-04-20 2022-04-20 6 12 1 25 10.46551/emd.v6n12a04 Movimentos de integração de tecnologias digitais em tempos de pandemia: diálogos com professores que ensinam Matemática https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/emd/article/view/4921 <p>Este artigo tem como objetivo analisar movimentos de integração de tecnologias digitais ao currículo de Matemática de um grupo de professores do Ensino Fundamental em um processo de formação continuada, a partir de ações realizadas durante o período da pandemia, em aulas remotas. A pesquisa utilizou-se do modelo <em>Formação, Ação e Reflexão — F@R</em>. A análise é apresentada em formato de narrativa, para contextualizar os diálogos realizados com os professores durante a formação. Os resultados evidenciaram que o processo de integração foi vivenciado a partir da (des)construção de modos de uso das tecnologias digitais para o ensino. Dessa forma, é essencial que os professores estejam em constante formação e dispostos a dialogar e refletir sobre suas práticas pedagógicas.</p> Stelamara Souza Pereira Suely Scherer Copyright (c) 2022 https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/deed.pt_BR 2022-04-27 2022-04-27 6 12 1 21 10.46551/emd.v6n12a05 Metodologia WebQuest nas aulas de Matemática em contexto de pandemia da Covid-19 https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/emd/article/view/5045 <p>O ensino de Matemática no cenário de aulas remotas, em virtude da pandemia da Covid-19, tem implicado em “arranjos” nos fazeres docentes, desde o “como ensinar” ao “como avaliar” as aprendizagens dos alunos. Este trabalho trata-se de uma investigação qualitativa do tipo exploratória, que definiu por objetivo investigar como o uso da metodologia WebQuest pode auxiliar o professor de Matemática. Os resultados indicam, por um lado, que fazer uso da metodologia WebQuest contribui no processo de aprendizagem dos alunos. Por outro lado, possibilita a comunicação deles com o professor e desenvolve a capacidade de aprendizado a partir da investigação e colaboração com outros alunos.</p> Vítor Marinho Silva Carloney Alves de Oliveira Copyright (c) 2022 https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/deed.pt_BR 2022-05-24 2022-05-24 6 12 1 16 10.46551/emd.v6n12a08 Análise de perfil de futuros docentes de Matemática em face das implicações da Pandemia https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/emd/article/view/4916 <p>A pandemia do coronavírus causou a interrupção de períodos letivos e o ensino remoto emergencial tornou-se um método adotado por instituições para dar continuidade aos currículos escolares. O tema gerou debate quanto à preparação de docentes para atuar nesse novo formato, trazendo implicações para o modo de ensinar e aprender. Nesse sentido, propõe-se verificar os perfis de futuros professores de Matemática que estão em formação inicial; para tanto, foi aplicado um questionário elaborado em escala Likert. Após análise fatorial no <em>software</em> PSPP, efoi realizado o agrupamento, localizando seis perfis que mostram o bom suporte institucional e a motivação para discutir Matemática independentemente do formato de ensino.</p> Otávio Paulino Lavor Elrismar Auxiliadora Gomes Oliveira Copyright (c) 2022 https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/deed.pt_BR 2022-05-25 2022-05-25 6 12 1 15 10.46551/emd.v6n12a09