Permanência na Educação Superior Pública: um olhar de licenciandos em Matemática de duas universidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/emd.e202050

Palavras-chave:

Permanência de estudantes na Educação Superior, Formação de Professores, Licenciatura em Matemática

Resumo

A permanência de estudantes nas universidades públicas brasileiras continua sendo um dos grandes desafios da Educação Superior no país. Esta pesquisa visa identificar fatores que, na percepção de licenciandos em Matemática, são importantes para sua permanência nos cursos de graduação. Para tanto, realizamos um estudo qualitativo com estudantes de primeiro ano de cursos de Licenciatura em Matemática em duas universidades federais do Rio de Janeiro. Empregamos o software Iramuteq e a técnica de análise de conteúdo para analisar os dados. Três categorias principais emergiram dessa análise: acolhimento; aprendizado; estratégias de ensino. Nossos resultados sugerem que os licenciandos atribuem às atividades acadêmicas promovidas pelas instituições e às práticas dos formadores em sala de aula um papel fundamental para sua permanência nos cursos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALKIMIN, Maria Eva Freire; LEITE, Neila M. Gualberto. Motivos da evasão no curso de licenciatura em Matemática no IFNMG — campus Januária. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 11, 2013, Curitiba. Anais do XI ENEM — Educação Matemática: retrospectiva e perspectivas. Curitiba: SBEM, 2013, p. 1-8.

ARRUDA, Sergio de Mello; UENO, Michele Hidemi. Sobre o ingresso, desistência e permanência no curso de Física da Universidade Estadual de Londrina: algumas reflexões. Ciência & Educação, Bauru, v. 9, n. 2, p. 159-175, 2003.

ASTIN, Alexander W. Student involvement: A developmental theory for Higher Education. Journal of College Student Development, p. 518-529, jul. 1984.

BARDAGI, Marúcia Patta. Evasão e comportamento vocacional de universitários: estudos sobre o desenvolvimento de carreira na graduação. 2007. 242f. Tese (Doutorado em Psicologia) — Instituto de Psicologia. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRASIL. Decreto nº 7.234, de 19 de julho de 2010. Dispõe sobre o Programa Nacional de Assistência Estudantil — PNAES. Brasília: Diário Oficial da União, 20 jul. 2010.

CAMARGO, Brigido; JUSTO Ana Maria. Iramuteq: um software gratuito para análise de dados textuais. Temas em Psicologia, Ribeirão Preto, v. 21, n. 2, p. 513-518, dez. 2013.

CISLAGHI, Renato. Um modelo de sistema de gestão do conhecimento em um framework para a promoção da permanência discente no ensino de graduação. 2008. 273f. Tese (Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento) — Centro Tecnológico. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis.

ENDO, Jean J.; HARPEL, Richard L. The effect of student-faculty interaction on students' educational outcomes. Research in Higher Education, v. 16, n. 2, p. 115-138, jun. 1982.

FELICETTI, Vera Lucia; MOROSINI, Marília Costa. Equidade e iniquidade no Ensino Superior: uma reflexão. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 17, n. 62, p. 9-24, jan./mar. 2009.

FIORENTINI, Dario. Erros e acertos no ensino-aprendizagem da Matemática: problematizando uma tradição cultural. In: I JORNADA NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA e XIV JORNADA REGIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 2006, Passo Fundo. Anais da I JNEM e XIV JREM. Passo Fundo: UPF, 2006, p. 1-14.

GATTI, Bernardete Angelina. Formação de professores e carreira: problemas e movimentos de renovação. Campinas: Autores Associados, 1997.

GEMAQUE, Licia Santos Buhaten; SOUZA, Lúcio Gemaque. Diplomação, retenção e evasão: estudo com enfoque na evasão dos cursos de graduação na Universidade Federal do Maranhão no período de 2008 a 2010. Ensino & Multidisciplinaridade, São Luís, v. 2, n. 1, p. 84-105, jan./jun. 2016.

GIRALDO, Victor; MENEZES, Fábio; MATOS, Diego; MELO, Lucas; MANO, Vinícius; QUINTANEIRO, Wellerson; RANGEL, Letícia; DIAS, Ulisses; COSTA-NETO, Cleber; MOUSTAPHA-CORRÊA, Bruna; ARAUJO, Jefferson; CAVALCANTE, Adriana. Shared teaching practices: Integrating experiential knowledge into pre-service mathematics teachers. Revista Internacional de Pesquisa em Educação Matemática, Brasília, v. 7, n. 2, p. 4-23, 2017.

HACKMAN, Richard; DYSINGER, Wendell S. Commitment to College as a Factor in Student Attrition. Sociology of Education. v. 43, n. 3, p. 311-324, 1970.

LIMA, Edileusa; MACHADO, Lucília. A evasão discente nos cursos de licenciatura da Universidade Federal de Minas Gerais. Educação Unisinos, São Leopoldo, v. 18, n. 2, p. 121-129, maio/ago. 2014.

MACIEL, Carina Elizabeth; LIMA, Elizeth Gonzaga dos Santos; GIMENEZ, Felipe Vieira. Políticas e permanência para estudantes na educação superior. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, Brasília, v. 32, n. 3, p. 759-781, set./dez. 2016.

NEUMANN, Yoram; NEUMANN, Edith Finaly. Predicting juniors' and seniors' persistence and attrition: A quality of learning experience approach. The Journal of Experimental Education, v. 57, n. 2, p. 129-140, 1989.

NÓVOA, António. Para uma formação de professores construída dentro da profissão. Revista de Educación, Madrid, n. 350, p. 203-218, 2009.

OLIVEIRA, Luis Felipe Rosa de. Tutorial (básico) de utilização do Iramuteq. Goiânia: UFG, 2015.

PRIMÃO, Juliana Cristina Magnani. Permanência na educação superior pública: o curso de Enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso, campus universitário de Sinop. 2015. 188f. Dissertação (Mestrado em Educação) — Instituto de Educação. Universidade Federal de Mato Grosso. Cuiabá.

RIOS, Terezinha Azerêdo. A dimensão ética da aula ou O que nós fazemos com eles. In: VEIGA, Ilma Passos Alencastro. (Org.). Aula: Gênese, dimensões, princípios e práticas. Campinas: Papirus, 2003, p. 73-93.

RODRIGUEZ, Alexandre. Fatores de permanência e evasão de estudantes do ensino superior privado brasileiro — um estudo de caso, Caderno de Administração, São Paulo, v. 5, n. 11, 2011.

SACRISTÁN, José Gimeno. Poderes instáveis em Educação. Tradução de Beatriz Affonso Neves. Porto Alegre: Artmed, 1999.

TINTO, Vicent. Classrooms as communities exploring the educational character of student persistence. The Journal of Higher Education, v. 68, n. 6, p. 599-623, nov./dec. 1997.

TINTO, Vicent. Enhancing student persistence: connecting the dots. Prepared for presentation at Optimizing the Nation’s Investment: Persistence and Success in Postsecondary Education. Madison, Wisconsin. 2002.

TINTO, Vicent. Research and practice of student retention: what next? Journal of College Student Retention: Research, Theory & Practice, v. 8, n. 1, p. 1-19, may. 2006.

VASCONCELOS, Rosa M.; ALMEIDA, Leandro S.; MONTEIRO, Silvia Correia. O insucesso e o abandono acadêmico na universidade: uma análise sobre os cursos de Engenharia. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON ENGINEERING AND COMPUTER EDUCATION, 6, 2009. Buenos Aires. Proceedings ICEGE 2009. Buenos Aires: COPEC, 2009, p. 457-461.

Arquivos adicionais

Publicado

2020-10-17

Edição

Seção

Dossiê — Formação de professores que ensinam Matemática