Residência Pedagógica Geografia/UNIMONTES: relato de experiência em tempo de pandemia do COVID-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/rvg26752395202212437

Palavras-chave:

Ensino remoto, Ensino de Geografia, Residência Pedagógica

Resumo

Diante das mudanças ocorridas na sociedade, sobretudo no ano de 2020, na qual a humanidade foi pega de surpresa pela pandemia do Coronavírus, é fundamental o desenvolvimento de novas práticas educacionais. O objetivo deste artigo é relatar experiências vivenciadas através de práticas aplicadas no ensino remoto, atividades desenvolvidas através do Residência Pedagógica (RP) de Geografia. A prática foi desenvolvida com alunos do 6º ano do ensino fundamental, na Escola Estadual Carlos Versiani, na qual incentivamos a participação dos alunos em ter em vista as dificuldades vivenciadas no ensino remoto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanessa Tamiris Rodrigues Rocha, Universidade Estadual de Montes Claros

Acadêmica do curso de Licenciatura em Geografia – Universidade Estadual de Montes Claros

Maria Júlia de Souza Leite, Universidade Estadual de Montes Claros

Egressa do curso de Licenciatura em Geografia – Universidade Estadual de Montes Claros.

Jessica Lorrany Santana Rodrigues, Universidade Estadual de Montes Claros

Egressa do curso de Licenciatura em Geografia – Universidade Estadual de Montes Claros.

Dulce Pereira dos Santos, Universidade Estadual de Montes Claros

Doutora em Geografia – Professora da Universidade Estadual de Montes Claros.

Rahyan de Carvalho Alves, Universidade Estadual de Montes Claros

Doutor em Geografia – Professor da Universidade Estadual de Montes Claros.

Referências

BENEDITO, S. V. C.; DE CASTRO FILHO, P. J. A educação básica cearense em época de pandemia de Coronavírus (COVID-19): perspectivas e desafios no cenário educacional brasileiro. Revista Nova Paideia-Revista Interdisciplinar em Educação e Pesquisa, v.2, n.3, p. 58-71, 2020.

BIESTA, G. J. J. The beautiful risk of education. United States: Paradigman Publishers, 2013.

BOZKURT, Aras; SHARMA, Ramesh C. Emergency remote teaching in a time of global crisis due to CoronaVirus pandemic. Asian Journal of Distance Education, v. 15, n. 1, p. i-vi, 2020.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

CURY, Carlos Roberto Jamil. Educação escolar e pandemia. Pedagogia em Ação, v. 13, n. 1, p. 8-16, 2020.

BRIGHOUSE, H. Sobre educação. São Paulo: Editora Unesp, 2016.

CORDEIRO, Karolina Maria de Araújo. O Impacto da Pandemia na Educação: A Utilização da Tecnologia como Ferramenta de Ensino, 2020.

DOMICÍLIOS, T. I. C. Pesquisas e Indicadores-2019. Domicílios com acesso à internet, 2019. Disponível em: <https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/17270-pnad continua.html?edicao=23205&t=destaques>. Acesso em: 22 fev. 2021.

CARVALHO FILHO, Odair Ribeiro de; GENGNAGEL, Claudionei Lucimar. Ensino de geografia em tempos da covid-19: tecnologias e uso de plataformas de educação para o ensino remoto em Ribeirão Preto/SP e em Passo Fundo/RS. Revista Ensaios de Geografia, Niterói, vol. 5, nº 10, p. 88-94, julho de 2020.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. 15. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1981.

GONÇALVES, Sheila Maria Santos; SILVA, João Felix da; BENTO, Maria das Graças. Relato sobre o Programa de Residência Pedagógica: Um olhar sobre a Formação Docente. Id on Line Rev. Mult. Psic., Dezembro/2019, vol.13, n.48, p. 670-683. ISSN: 1981-1179.

INSTITUTO PENÍNSULA. Sentimento e percepção dos professores brasileiros nos diferentes estágios do Coronavírus no Brasil. Disponível em: <https://www.institutopeninsula.org.br/pesquisa-sentimento-e-percepcao-dosprofessores-nos-diferentes-estagios-do-coronavirus-no-brasil/>. Acesso em: 20 fev. 2021.

INSTITUTO PENÍNSULA. Pesquisa do Instituto Península aponta: 60% dos professores acreditam que os alunos não evoluíram no aprendizado em 2020. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2021.

PASINI, C. G. D., CARVALHO, E. de, ALMEIDA, L. H. C. A educação híbrida em tempos de pandemia: algumas considerações. Disponível em: <://www.ufsm.br/app/uploads/sites/820/2020/06/Textos-para-Discussao-09-Educacao-Hibrida-em-Tempos-de-Pandemia>. Acesso em: 25 de jan. 2021.

RODRIGUES, G. da S.. Análise do uso da metodologia ativa problem based learning (pbl) na educação profissional. Periódico Científico outras palavras, v. 12, n. 2, 2016, p. 24-34.

SANTOS, M. (2004). A Natureza do Espaço – Técnica, Tempo, Razão e Emoção. 4ª ed. São Paulo: Edusp

SANTOS, Júlio César Furtado. Aprendizagem significativa: modalidades de aprendizagem e o papel do professor. 1ª Ed. Porto Alegre: Mediação, 2008.

SILVA, Jorge Luiz Barcellos da. Quais saberes constituem um bom professor de Geografia? In: TONINI, Ivaine Maria et al (Orgs.). O ensino de Geografia e suas composições curriculares. Porto Alegre, RS: UFRGS, 2011. p. 221-231.

YOUNG, M. O futuro da educação em uma sociedade do conhecimento: o argumento radical em defesa de um currículo centrado em disciplinas. Revista Brasileira de Educação, v. 16, n. 48, p. 609-633, 2011.

Downloads

Publicado

2022-02-21

Como Citar

Rodrigues Rocha, V. T. ., de Souza Leite, M. J. ., Santana Rodrigues, J. L., Pereira dos Santos, D. ., & Alves, R. de C. . (2022). Residência Pedagógica Geografia/UNIMONTES: relato de experiência em tempo de pandemia do COVID-19. Revista Verde Grande: Geografia E Interdisciplinaridade, 4(01), 24–37. https://doi.org/10.46551/rvg26752395202212437

Edição

Seção

Dossiê - Ensino de Geografia