RELATOS DE EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM SERVIÇO SOCIAL

UMA ANÁLISE DO SERVIÇO SOCIAL NA ÁREA SOCIOAMBIENTAL

Autores

  • Deidra Frazão Marinho Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Juiane de Lima Leite Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Sarah Thays Nascimento Andrade Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Shirley Vitória Teixeira Menezes Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

DOI:

https://doi.org/10.46551/rssp.202021

Palavras-chave:

Estágio Supervisionado. Formação. Área Socioambiental.

Resumo

O presente trabalho se trata de relatos de experiências vivenciadas durante o estágio supervisionado em Serviço Social no Grupo Interdisciplinar de Estudos Socioambientais e Desenvolvimento de Tecnologias Sociais na Amazônia – Grupo INTER-AÇÃO com contribuição de quatro discentes de Serviço Social, no período de 2016 à 2019. O objetivo geral do estudo foi analisar o estágio supervisionado em Serviço Social na área socioambiental e dentre os específicos estavam: contextualizar o estágio supervisionado em Serviço Social na área socioambiental; descrever as experiências vivenciadas durante o estágio supervisionado em Serviço Social na área socioambiental e pontuar a contribuição do estágio supervisionado na área socioambiental para o processo de ensino e aprendizagem dos discentes em Serviço Social. Quanto aos procedimentos metodológicos do estudo são de natureza: bibliográfica, documental e de campo, se utiliza do método materialismo histórico e de abordagem qualitativa. Para a coleta de informações foram utilizadas técnicas e instrumentais como: caderno de campo e observação participante. O trabalho resulta na ideia de que o estágio supervisionado em Serviço Social na área socioambiental apresenta desafios, seja no que se refere ao financiamento dos projetos que são elaborados e executados pelos profissionais, seja nas dificuldades envolvendo o processo de supervisão dos discentes. Desse modo, conclui-se que ainda que existam as contribuições significativas, fica claro que o processo de precarização nas instituições de ensino e pesquisa, faz-se necessário fortalecer esses espaços para não os perdermos e deixarmos de contribuir serviços de qualidade para a população usuária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Deidra Frazão Marinho, Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Bacharel em Serviço Social e Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Sustentabilidade na Amazônia - PPGSS pela Universidade Federal do Amazonas.

Juiane de Lima Leite, Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Assistente Social formada pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Atualmente Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Sustentabilidade na Amazônia - PPGSS na Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Pesquisadora no Grupo Interdisciplinar de Estudos Socioambientais e Desenvolvimento de Tecnologias Sociais na Amazônia (Grupo Inter-Ação).

Sarah Thays Nascimento Andrade, Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Bacharel em Serviço Social e Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Sustentabilidade na Amazônia - PPGSS pela Universidade Federal do Amazonas.

Shirley Vitória Teixeira Menezes, Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Assistente Social, Especialista em Assistência Social e Família e Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Sustentabilidade na Amazônia - PPGSS pela Universidade Federal do Amazonas.

Referências

ABEPSS. Política de Estágio da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social. Disponível em: <http://www.abepss.org.br/arquivos/textos/documento_201603311145368198230.pdf> Acesso em: 25 de Abril de 2020.

ABRAMIDES, Maria Beatriz C. O Ensino do Trabalho Profissional: O estágio na formação profissional. Palestra proferida na oficina da Região Sul II – Gestão 2003-2004 ABEPSS. São Paulo, 2003.

BRASIL. Lei de Regulamentação do Estágio Lei N° 11.788, de 25 de dezembro de 2008. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11788.htm> Acesso em: 25 de Abril de 2020.

CUZZUOL, et al. A Perspectiva da Responsabilidade Socioambiental nas Instituições de Ensino Superior. Rev. Elet. em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental. v. 7, n. 7, p.1527-1539, mar/ago, 2012.

NUNES, Letícia S. A Questão Socioambiental e a Atuação do Assistente Social. Textos & Contextos, Porto Alegre, v. 12, n. 1, p. 196-212, jan./jun. 2013.

OLIVEIRA, Cirlene A. H. da S. Formação Profissional em Serviço Social: “velhos” e novos tempos, constantes desafios. Revista Serviço Social e Realidade, v.13, n.2. Franca: UNESP, 2004.

SALGADO, Maria F. M. A; CANTARINO, Anderson A. A. O Papel das Instituições de Ensino Superior na Formação Socioambiental dos Futuros Profissionais. Artigo. XXVI ENEGEP - Fortaleza, 2006.

Downloads

Publicado

2020-09-22

Como Citar

Frazão Marinho, D., de Lima Leite, J., Nascimento Andrade, S. T., & Teixeira Menezes, S. V. (2020). RELATOS DE EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM SERVIÇO SOCIAL: UMA ANÁLISE DO SERVIÇO SOCIAL NA ÁREA SOCIOAMBIENTAL . Revista Serviço Social Em Perspectiva, 4(2), 164-180. https://doi.org/10.46551/rssp.202021