SUPERVISÃO DE ESTÁGIO EM SERVIÇO SOCIAL

ENFOQUE DAS NORMATIVAS E LEGISLAÇÕES

Autores

  • Maicow Lucas Santos Walhers UNESP/Franca
  • Laura Cristina Gomes Lima UNESP/Franca
  • Gabrielle Stéphany Nascimento Sgarbi UNESP/Franca
  • Cirlene Aparecida Hilário da Silva Oliveira UNESP/Franca

DOI:

https://doi.org/10.46551/rssp.202015

Palavras-chave:

Supervisão de Estágio. Diretrizes Curriculares. Política Nacional de Estágio. Legislações.

Resumo

Refletimos sobre o estágio supervisionado em Serviço Social enquanto um dos elementos centrais do processo da formação profissional, compreendido como atividade curricular obrigatória pelas Diretrizes Curriculares de 1996. A articulação na supervisão de estágio, de campo e acadêmica é fundamental e contribui para que o estágio seja espaço de desenvolvimento de autonomia, aprendizado e de construção do conhecimento mediante a análise crítica da realidade social, fundamentado nos aportes teórico-metodológicos e numa postura ético-política, instrumentalizada na dimensão técnico-operativa do trabalho profissional. Os estudos realizados se baseiam na compreensão de formação profissional e na concepção de estágio supervisionado alicerçadas nas Diretrizes Curriculares e na literatura da área, que norteia o desenvolvimento de um processo formativo crítico, criativo e com competências e habilidades que estejam alicerçadas no projeto ético-político profissional, apresentando os avanços e acúmulos construídos pela categoria a partir da década de 1980. Partindo dessas considerações, objetivamos trazer alguns elementos para a reflexão em relação a supervisão de estágio a partir de suas contribuições das pesquisas realizadas no programa de Pós-Graduação em Serviço Social da UNESP/Franca, apresentando os avanços e formas de resistência a partir da sua legislações e os desafios (im)postos na cena contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maicow Lucas Santos Walhers, UNESP/Franca

Doutorando em Serviço Social pelo do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais UNESP – Campus de Franca. Graduado e Mestre em Serviço Social pela UNESP – Campus de Franca. Especialista em Gestão de Organização Pública de Saúde – CEAD/UNIRIO. Membro pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Formação Profissional em Serviço Social - GEFORMSS e do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre a Dimensão Educativa no Trabalho Social – GEDUCAS. Bolsista CAPES/DS.

Laura Cristina Gomes Lima, UNESP/Franca

Laura Cristina Gomes Lima. E-mail: laura.ssgomes@yahoo.com.br, URL http://lattes.cnpq.br/3112356770334865 Instituição: Universidade Estadual Paulista - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - UNESP Campus Franca - Vínculo: Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social - Titulação: Mestre em Serviço Social.

Gabrielle Stéphany Nascimento Sgarbi, UNESP/Franca

 Doutoranda em Serviço Social do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais – UNESP/Franca. Graduada e Mestre em Serviço Social pela UNESP/Franca. Membro pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Formação Profissional em Serviço Social (GEFORMSS). E-mail: <gabriellesgarbi@gmail.com>.

Cirlene Aparecida Hilário da Silva Oliveira, UNESP/Franca

Assistente social. Mestra e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social pela Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, campus de Franca/SP. Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Formação Profissional em Serviço Social (GEFORMSS). E-mail: gabriellesgarbi@gmail.com.

Referências

ABRAMIDES, M. B. C.. O ensino do trabalho profissional: o estágio na formação profissional. Palestra proferida pela Prof° Maria Beatriz Costa Abramides – Vice Presidente da ABEPSS – Região Sul II – Gestão 2003-2004. Florianópolis, 2004. Disponível em: <http://d.yimg.com/kq/groups/14216906/896963811/name/Palestra+Prof+Bia+Abramides+Est%C3%A1gio.doc>. Acesso em: 23 maio 2020.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO E PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL. Política Nacional de Estágio da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social - ABEPSS. Brasília, DF, 2010.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO E PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL. Diretrizes Gerais para o Curso de Serviço Social – ABEPSS. In: CRESS 9ª REGIÃO (Org.). Legislação brasileira para o serviço social: coletânea de leis, decretos, e regulamentos para a instrumentação da(o) assistente social. 3. ed. rev., atual., até dez. 2007. São Paulo, 2007.

BENATTI, L. P. dos S.. Trabalho docente em tempos de mundialização do capital – um estudo no âmbito do Serviço Social: microrregional de São José do Rio Preto – ABEPSS Sul II – 2012/2014. 2014. Tese (Doutorado em Serviço Social) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.

CAPUTI, L.. Supervisão de estágio em Serviço Social: tempo de mundialização do capital – desafios cotidianos e (re) significados! 2014. 228f. Tese (Doutorado em Serviço Social) – Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Franca, 2014.

CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. Resolução CFESS n° 533, de 29 de setembro de 2008. Regulamenta a supervisão direta de estágio no Serviço Social.

Downloads

Publicado

2020-09-22

Como Citar

Lucas Santos Walhers, M., Gomes Lima, L. C., Nascimento Sgarbi, G. S., & Aparecida Hilário da Silva Oliveira, C. (2020). SUPERVISÃO DE ESTÁGIO EM SERVIÇO SOCIAL: ENFOQUE DAS NORMATIVAS E LEGISLAÇÕES. Revista Serviço Social Em Perspectiva, 4(2), 45-63. https://doi.org/10.46551/rssp.202015