Modelos Educacionais Não Críticos e Críticos aplicados à Educação em Saúde

Autores

  • Maria Fernanda Santos Figueiredo Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Maisa Tavares de Souza Leite Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • João Felício Rodrigues Neto Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Tatiana Carvalho Reis Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Palavras-chave:

Educação, Educação em Saúde, Aprendizagem

Resumo

Objetivou-se compreender os modelos educacionais
aplicados às atividades de Educação em Saúde: Modelo Não
Crítico e Modelo Crítico, nas bases de dados MEDLINE, SciELO
e LILACS no período de 2004 a 2008. Realizou-se uma revisão
integrativa, utilizando o descritor Educação em Saúde.
Selecionou-se 27 estudos que tiveram como objetivo primário
o modelo educacional, sendo 17 encontrados na MEDLINE,
dez na SciELO e nenhum na LILACS. Entre esses, observou-se
que 12 descreveram práticas educativas críticas e seis, não
críticas. Verificou-se que o Modelo Não Crítico objetiva
transmitir à população conhecimento científico. Tem-se
atitude paternalista, estilo de pensamento curativista e
relação assimétrica. O Modelo Crítico baseia-se no diálogo e
problematização. Busca construção de conhecimentos e troca
de experiências. Estimula o exercício da autonomia e
responsabilização pela própria saúde. A aplicação desses
modelos deve ser feita conforme o contexto de trabalho, não
sendo excludentes, mas com atitude progressista e dialógica
do educador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

1- Libâneo JC. Didática. São Paulo: Cortez; 1994.
2- Ruiz-Moreno L. Trabalho em grupo: Experiências inovadoras na área da Educação em Saúde. In: Batista NA; Batista SH. Docência em Saúde: temas e experiências. São Paulo: Editora Senac; 2004
3- Nietsche EA. As teorias da educação e o ensino da enfermagem no Brasil. In: Saupe R. Educação em Enfermagem: da realidade construída às possibilidades em construção. Florianópolis: Ed. da UFSC; 1998.
4- Libâneo JC. Democratização da escola pública: a pedagogia crítico-social dos conteúdos. São Paulo: Loyola; 1986.
5- Saviani D. Escola e Democracia. 19. ed. São Paulo: Cortez; 1987.
6- Freire P. Pedagogia do oprimido. 46.. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra; 2005.
7- Bordenave JD, Pereira AM. Estratégias ensino-aprendizagem. 28. ed. Petrópolis: Vozes; 2007.
8- Reis DC. Educação em Saúde. Aspectos históricos e conceituais. In: Gazzinelli MF, Reis DC, Marques RC. Educação em Saúde: Teoria, Método Imaginação. Belo Horizonte: Editora UFMG; 2006.
9- Uchôa CM, Serra CM, Magalhães C de M, Silva RM, Figliuolo LP, Leal CA, et al. Educação em saúde: ensinando sobre a leishmaniose tegumentar americana. Cad Saúde Pública 2004; 20(4): 935-941.
10- Gracioto A, Gomes CJ, Echer IC, Lorenzi PDC. Grupo de orientação de cuidados aos familiares de pacientes dependentes. Rev Bras Enferm. 2006; 59(1): 105-108.
11- Benzaken AS, Galbán GE, Sardinha JC, Pedrosa VL, Paiva V. Intervenção de base comunitária para a prevenção das DST/Aids na região amazônica, Brasil. Rev Saúde Pública. 2007; 41(Suppl 2):118-126.
12- Murakami JK, Petrilli Filho JF, Telles Filho PC. Talking about sexuality, STI and AIDS with poor adolescents. Rev Lat Am Enferm. 2007; 15: 864-866.
13- Machado MF, Monteiro EM, Queiroz DT, Vieira NF, Barroso MG. Integralidade, formação de saúde, educação em saúde e as propostas do SUS: uma revisão conceitual. Ciên Saúde Colet. 2007; 12(2): 335-342.
14- Silvério MR, Patrício ZM. O processo qualitativo de pesquisa mediando a transformação da realidade: uma contribuição para o trabalho de equipe em educação em saúde. Ciên Saúde Colet. 2007; 12(1): 239-246.
15- Costa MS, Santos MC, Martinho NJ, Barroso MG, Vieira NF. Família em situação de risco: modelo de cuidado focalizando educação em saúde. Rev Gaucha Enferm. 2007; 28(1): 45-51.
16- Pereira EG, Soares CB, Campos CM. Proposal to construct the operational base of the educative work process in collective health. Rev Lat Am Enferm. 2007; 15(6): 1072-1079.
17- Vidal ECF, Saraiva KRO, Dodt RCM; Vieira NFC, Barroso MGT. Democracia e participação cidadã: um debate sobre as praticas de educação em saúde. Rev Gaucha Enferm. 2008; 29(3): 475-480.
18- Carvalho VL, Clementino VQ, Pinho LM. Educação em saúde nas páginas da REBEn no período de 1995 a 2005. Rev Bras Enferm. 2008; 61(2): 243-248.
19- Schmitz BA, Recine E, Cardoso GT, Silva JR, Amorim NF, Bernardon R, et al. A escola promovendo hábitos alimentares saudáveis: uma proposta metodológica de capacitação para educadores e donos de cantina escolar. Cad Saúde Pública. 2008; 24 (Suppl 2): S312-22.
20-Rozemberg B. O saber local e os dilemas relacionados à validação e aplicabilidade do conhecimento científico em áreas rurais. Cad Saúde Pública. 2007; 23 (Suppl 1): S97-105.
21- Martins AP. "Vamos criar seu filho": os médicos puericultores e a pedagogia materna no século XX. Hist Ciênc Saúde Manguinhos. 2008; 15(1): 135-154.
22- Oliveira DL. A 'nova' saúde pública e a promoção da saúde via educação: entre a tradição e a inovação. Rev Lat Am Enferm. 2005; 13(3): 423-431.
23- Gazzinelli MF, Reis DC, Kloos H, Velásquez-Melendez G, Dutra IR, Gazzinelli A. The impact of two education methods on knowledge of schistosomiasis transmission and prevention among schoolchildren in a rural community in northern Minas Gerais, Brazil. Mem Inst Oswaldo Cruz. 2006; 101 (Suppl 1):45-53.
24- Vila AC; Vila VS. Trends of knowledge production in health education in Brazil. Rev Lat Am Enferm. 2007; 15(6):1177-1183.
25- Dall´Agnol CM, Resta DG, Zanatta E, Schrank G, Maffacciolli R. O trabalho com grupos como instância de aprendizagem em saúde. Rev Gaucha Enferm. 2007; 28(1): 21-26.
26- Costa R, Monticelli M. O Método Mãe-Canguru sob o olhar problematizador de uma equipe neonatal. Rev Bras Enferm. 2006; 59(4): 578-582.
27- Rodrigues EM, Boog MC. Problematização como estratégia de educação nutricional com adolescentes obesos. Cad Saúde Pública. 2006; 22(5): 923-931.
28- Souza MM, Brunini S, Almeida NA, Munari DB. Programa educativo sobre sexualidade e DST: relato de experiência com grupo adolescentes. Rev Bras Enferm. 2007; 60(1): 102-105.
29- Nazima TJ, Codo CR, Paes IA, Bassinello GA. Orientação em saúde por meio do teatro: relato de experiência. Rev Gaucha Enferm. 2008 Mar; 29(1): 147-151.
30- Fontana RT. A vigilância sanitária no contexto escolar: um relato de experiência. Rev Bras Enferm. 2008; 61(1): 131-134.
31- Acioli S. A prática educativa como expressão do cuidado em Saúde Pública. Rev Bras Enferm. 2008; 61(1): 117-121.
32- Rios CT, Vieira NF. Ações educativas no pré-natal: reflexão sobre a consulta de enfermagem como um espaço para educação em saúde. Ciên Saúde Colet. 2007; 12(2): 477-486.
33- Trapé CA, Soares CB. Educative practice of community health agents analyzed through the category of praxis. Rev Lat Am Enferm. 2007; 15(1): 142-149.
34- Pimenta DN, Leandro A, Schall VT. A estética do grotesco e a produção audiovisual para a educação em saúde: segregação ou empatia? O caso das leishmanioses no Brasil. Cad. Saúde Pública. 2007; 23(5): 1161-1171.
35- Sales FM. Ações de educação em saúde para prevenção e controle da dengue: um estudo em Icarai, Caucaia, Ceará. Ciên Saúde Colet. 2008; 13(1): 175-184.
36- Villas Boas LM; Araujo MB; Timoteo RP. A prática gerencial do enfermeiro no PSF na perspectiva da sua ação pedagógica educativa: uma breve reflexão. Ciên Saúde Colet. 2008; 13(4):1355-1360.
37- Backes VMS, Lino MM, Prado ML, Reibnitz KS, Canave BP. Competência dos enfermeiros na atuação como educador em saúde. Rev Bras Enferm. 2008; 61(6): 858-865.
38- Colome JS, Oliveira DL. A educação em saúde na perspectiva de graduandos de enfermagem. Rev Gaucha Enferm. 2008; 29(3): 347-353.
39- Ribeiro PJ, Aguiar LAK, Toledo CF, Barros SMO, Borges DR. Programa educativo em esquistossomose: modelo de abordagem metodológica. Rev Saúde Pública 2004; 38(3): 415-421.
40- Santos ZMSA, Frota MA, Cruz DM, Holanda SDO. Adesão do cliente hipertenso ao tratamento: análise com abordagem interdisciplinar. Texto Contexto Enferm. 2005; 14(3): 332-340.
41- Gazzinelli MF, Gazzinelli A, Reis DC, Pena CMM. Educação em saúde: conhecimentos, representações sociais e experiências da doença. Cad Saúde Pública. 2005; 21(1): 200-6.
42- Maffacciolli R, Lopes MJM. Educação em saúde: a orientação alimentar através de atividades de grupo. Acta Paul Enferm. 2005; 18(4): 439-445.
43- Ruiz-Moreno L, Romana MA, Batista SL, Martins MA. Jornal Vivo: relato de uma experiência de ensino-aprendizagem na área da saúde. Interface. 2005; 9(16): 195-204.
44- Alves VS; Nunes MO. Educação em saúde na atenção médica ao paciente com hipertensão arterial no Programa Saúde da Família. Interface. 2006; 10 (19): 131-147.
45- Frota MA, Albuquerque CM, Linard AG. Educação popular em saúde no cuidado à criança desnutrida. Texto Contexto Enferm. 2007; 16 (2): 246-253.
46- Toledo MM, Rodrigues SC, Chiesa AM. Educação em saúde no enfrentamento da hipertensão arterial: uma nova ótica para um velho problema. Texto Contexto Enferm. 2007; 16(2): 233-238.
47- Barbosa MARS, Teixeira NZF, Pereira WR. Consulta de enfermagem - um diálogo entre os saberes técnicos e populares em saúde. Acta Paul Enferm. 2007; 20(2): 226-229.
48- Besen CB, Souza Netto M, Da Ros MA, Silva FW, Silva CG, Pires MF. A Estratégia Saúde da Família como Objeto de Educação em Saúde. Saúde e Sociedade. 2007; 16(1): 57-68.
49- Gimeniz-Paschoal SR, Nascimento EM, Pereira DM, Carvalho FF. Ação educativa sobre queimaduras infantis para familiares de crianças hospitalizadas. Rev Paul Pediatr. 2007; 25(4): 331-336.
50- Toscani NV, Santos AJDS, Silva LLM, Tonial CT, Chazan M, Wiebbelling AMP, et al. Desenvolvimento e análise de jogo educativo para crianças visando à prevenção de doenças parasitológicas. Interface. 2007; 11(22): 281-294.
51- Queiroz MVO, Dantas MCQ, Ramos IC, Jorge MSB. Tecnologia do cuidado ao paciente renal crônico: enfoque educativo-terapêutico a partir das necessidades dos sujeitos. Texto Contexto Enferm. 2008; 17(1): 55-63.
52- Andrade, RD, Melo DF, Scochi CGS, Fonseca LMM. Educational games: training of community healthcare agents on children's respiratory diseases. Acta Paul Enferm. 2008; 21(3): 444-448.
53- Fujimori M, Morais TC, França EL, Toledo OR, Honorário-França AC. Percepção de estudantes do ensino fundamental quanto ao aleitamento materno e a influência da realização de palestras de educação em saúde. J Pediatr. 2008; 84(3): 224-231.
54- Alvim NAT, Ferreira MA. Perspectiva problematizadora da educação popular em Saúde e a enfermagem. Texto Contexto Enferm. 2007; 16(2): 315-319.
55- Boesh AE, Monticelli M, Wosny AM, Heidmann IBS, Grisoti M. A interface necessária entre enfermagem, educação em Saúde e o conceito de cultura. Texto Contexto Enferm. 2007; 16(2): 307-314.
56- Miranda KC, Barroso MGT, Silva LMS, Silva MRF. Reflexões sobre o aconselhamento em HIV/AIDS em uma perspectiva freireana. Rev Bras Enferm. 2008; 61(6): 899-903.
57- Fonseca LMN; Scochi CGS; Rocha SMM; Leite AM. Cartilha educativa para orientação materna sobre os cuidados com o bebê prematuro. Rev Latino Am Enferm. 2004; 12(1): 65-75.
58- Gonçalves LHT, Schier J. "Grupo aqui e agora" uma tecnologia leve de ação sócio-educativa de enfermagem. Texto Contexto Enferm. 2005; 14(2): 271-279.
59- Cucolo DF, Faria JIL, Cesarino CB. Avaliação emancipatória de um Programa Educativo do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar. Acta Paul Enferm. 2007; 20(1): 49-54.
60- Trezza MCSF, Santos RM, Santos JM. Trabalhando educação popular em saúde com a arte construída no cotidiano da enfermagem: um relato de experiência. Texto Contexto Enferm. 2007; 16(2): 326-334.
61- Pereira QL, Silva CBDCA, Pelzer MT, Lunard VL, Siqueira HCH. Processo de (re)construção de um grupo de planejamento familiar: uma proposta de educação popular em saúde. Texto Contexto Enferm. 2007; 16(2): 320-325.
62- Alencar RA, Silvia L, Silva FA, Diniz RES. Desenvolvimento de uma proposta de educação sexual para adolescentes. Ciênc Educ. 2008; 14(1):159-168.

Downloads

Publicado

2020-05-12

Como Citar

Fernanda Santos Figueiredo, M., Tavares de Souza Leite, M., Felício Rodrigues Neto, J. ., & Carvalho Reis , T. . (2020). Modelos Educacionais Não Críticos e Críticos aplicados à Educação em Saúde. Revista Renome, 1(1), 79–90. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/renome/article/view/2368

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.