Roda terapêutica das pretas

Uma proposta de escuta clínico-ético-política para mulheres negras periféricas

Autores

  • Ana Carolina Barros Silva Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.46551/issn2179-6807v26n2p70-80

Palavras-chave:

Clínica. Política. Racismo. Adoecimento. Saúde Mental. População Negra.

Resumo

A Roda Terapêutica das Pretas, desde a sua fundação, no ano de 2016, carrega em sua existência e resistência uma denúncia: o adoecimento psíquico do povo negro, pobre e periférico é um projeto político. Escolhemos escutar, cuidar e acolher mulheres negras moradoras de bairros periféricos da cidade de São Paulo como um posicionamento clínico, ético e político. O mesmo posicionamento perpassa também as decisões acerca da composição do nosso corpo clínico: somos psicólogas negras implicadas na luta antirracista que compreendem o afeto, o cuidado e a atenção à saúde mental como questões políticas, pautas de luta e militância diária, além de ferramentas de produção de novos horizontes possíveis para o nosso povo. Nesse sentido, a Roda Terapêutica das Pretas acredita que para construir outros sentidos e lógicas de dinâmicas sociais, precisamos estar, ao mesmo tempo, comprometidas com a clínica, bem como com a luta política por transformação social e igualdade radical.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina Barros Silva, Universidade de São Paulo

Psicóloga, psicanalista, especialista em psicanálise com crianças pelo Instituto SEDES Sapientiae. Mestre em Educação pela Universidade de São Paulo. Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo e pela Université Paris VIII. Coordenadora-geral da Casa de Marias. Integrante da Roda Terapêutica das Pretas. E-mail: anacarolinabarrossilva@gmail.com

Referências

HOOKS, bell. All about love: New visions. Harper Perennial, 2001.

HOOKS, bell. Salvation: Black people and love. Harper Perennial, 2001

HOOKS, bell. Love as the practice of freedom. In: Outlaw Culture. Resisting Representations. Nova Iorque: Routledge, 2006, p. 243–250.

SILVA, Ana Carolina Barros. Por uma utopia para as crianças africanas: a incidência do desejo do outro na posição do sujeito na escola. 2019. 249 f. Tese (Doutorado) - Curso de Educação, Linguagem e Psicologia, Universidade de São Paulo / Université Paris VIII, São Paulo, 2019.

Downloads

Publicado

2021-04-15

Como Citar

Carolina Barros Silva, A. (2021). Roda terapêutica das pretas: Uma proposta de escuta clínico-ético-política para mulheres negras periféricas. Revista Desenvolvimento Social, 26(2), 70-80. https://doi.org/10.46551/issn2179-6807v26n2p70-80