Análise de uma situação-problema: competências socioemocionais e estimulação de funções executivas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24116/emd25266136v2n52018a02

Palavras-chave:

Educação Matemática, Aprendizagem Socioemocional, Resolução de Problemas, Funções Executivas

Resumo

O presente estudo busca analisar a vivência de uma situação-problema em aulas de Matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental de uma escola pública da cidade de São Paulo, atrelada às competências socioemocionais e à resolução de problemas, que contou com a participação de três professores que ensinam Matemática nessa etapa escolar. A pesquisa foi organizada em três partes: a discussão de uma situação-problema, o seu desenvolvimento em sala de aula, e explicitação das percepções sobre a experiência vivida. As considerações finais apontam que a prática pedagógica adotada oportunizou a aprendizagem socioemocional e a habilitação e estimulação de funções executivas, tais como o controle inibitório, a flexibilidade cognitiva e a memória de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sara. Investigação qualitativa em Educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Tradução de Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto: Porto Editora, 1994.

CACHEIRO, Cristina Maria; MARTINS, Maria José D. Promoção de competências sócio-emocionais em crianças do ensino básico. Revista Galego-Portuguesa de Psicoloxia e Educación, Coruña, v. 20, n. 1, p. 155-168, out. 2012.

CARNEIRO, Reginaldo Fernando. Formulação e resolução de problemas em aulas de Matemática de um 6o ano do Ensino Fundamental. Revista Paranaense de Educação Matemática, Campo Mourão, v. 4, n. 7, p. 188-205, jul. 2015.

CASEL [Collaborative for Academic, Social, and Emotional Learning]. (Org.). 2013 CASEL Guide Effective social and emotional learning programs: preschool and elementary school edition. Chicago: Ksa-Plus Communications, Inc., 2012.

ELIAS, Maurice J. et al. Promoting social and emotional learning: guidelines for educators. Alexandria: Association for Supervision and Curriculum Development, 1997.

FERNÁNDEZ-BERROCAL, Pablo; ARANDA, Desiree Ruiz. La inteligencia emocional en la Educación. Revista Electrónica de Investigación Psicoeducativa, v. 6, n. 15, p. 421-436, fev. 2008.

GOLEMAN, Daniel. Inteligência emocional: a teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

GONDIM, Sônia Maria Guedes; MORAES, Franciane Andrade de; BRANTES, Carolina dos Anjos Almeida. Competências socioemocionais: fator-chave no desenvolvimento de competências para o trabalho. Revista Psicologia Organizações e Trabalho, Florianópolis, v. 14, n. 4, p. 394-406, dez. 2014.

LIMA, Carlos Augusto Rodrigues; MANRIQUE, Ana Lúcia. O caráter investigativo dos problemas de Matemática propostos para crianças de 3 a 6 anos. Educação Marista, Curitiba, v. 10, n. 21, p. 163-171, jul. 2010.

ONUCHIC, Lurdes de La Rosa; ALLEVATO, Norma Suely Gomes. Novas reflexões sobre o ensino-aprendiagem de Matemática através da resolução de problemas. In: BICUDO, Maria Aparecida Viggiani; BORBA, Marcelo de Carvalho. (Org.). Educação Matemática: pesquisa em movimento. São Paulo: Cortez, 2004. p. 213-231.

REITER, Astrid; TUCHA, Oliver; LANGE, Klaus W. Executive functions in children with dyslexia. Dyslexia, v. 11, n. 2, p. 116-131, dec. 2004. DOI: 10.1002/dys.289.

RODRIGUES, Marisa Cosenza; DIAS, Jaqueline Pereira; FREITAS, Márcia de Fátima Rabelo Lovisi de. Resolução de problemas interpessoais: promovendo o desenvolvimento sociocognitivo na escola. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 15, n. 4, p. 831-839, out./dez. 2010. DOI: 10.1590/S1413-73722010000400019.

ROMANATTO, Mauro Carlos. Resolução de problemas nas aulas de Matemática. Reveduc, São Carlos, v. 6, n. 1, p. 299-311, maio 2012. DOI: 10.14244/19827199413.

SANTOS, Jair de Oliveira. Educação emocional na escola: a emoção na sala de aula. 2. ed. Salvador: Faculdade Castro Alves, 2000.

SILVA, Izabella Brito; NAKANO, Tatiana de Cássia. Modelo dos cinco grandes fatores da personalidade: análise de pesquisas. Avaliação Psicológica, Porto Alegre, v. 10, n. 1, p. 51-62, abr. 2011.

SILVA, Renata Saldanha et al. Replicabilidade do modelo dos cinco grandes fatores em medidas da personalidade. Mosaico: estudos em Psicologia, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 37-49, jul. 2007.

VALE, Vera do. Do tecer ao remendar: os fios da competências sócio-emocionais. Exedra, Coimbra, n. 2, p. 129-146, nov. 2009.

WEARE, Katherine. Mental health and social and emotional learning: evidence, principles, tensions, balances. Advances In School Mental Health Promotion, v. 3, n. 1, p. 5-17, jan. 2010. DOI: 10.1080/1754730x.2010.9715670.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

01-07-2018

Edição

Seção

Artigos