Grandezas e Medidas no contexto da inclusão: a Educação Matemática na formação do professor

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/emd.e202113

Palavras-chave:

Educação Matemática, Educação Matemática Inclusiva, Grandezas e Medidas, Formação Inicial de Professores

Resumo

Analisamos a aplicação de uma oficina pedagógica em um curso de Licenciatura em Pedagogia de uma universidade pública. A oficina propiciou, durante a formação inicial, discussão acerca da Educação Matemática e a experimentação de situações de inclusão de estudantes com deficiência física, visual e altas habilidades/superdotação. Foram utilizadas como ações pedagógicas o trabalho em grupo, atividades lúdicas e avaliação da oficina. Os resultados apontaram a importância do trabalho sobre o conhecimento matemático na formação inicial dos professores e as possibilidades da Educação Matemática Inclusiva na perspectiva dos Direitos Humanos. Por isso, a necessidade de se desenvolver e praticar estratégias e metodologias inovadoras que possibilitem a inclusão dos estudantes com deficiência em aulas de Matemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALLEVATO, Norma Suely Gomes; MASOLA, Wilson de Jesus. Dificuldades de aprendizagem matemática: algumas reflexões. Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 3, n. 7, p. 52-67, jan./abr. 2019.

ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos; ALVES, Leonir Pessate (Org.). Processos de ensinagem na universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. 10. ed. Joinville: EdUnivelle, 2015.

BRASIL. Decreto n. 5.296, de 2 de dezembro de 2004. Regulamenta as Leis nos 10.048, de 8 de novembro de 2000, que dá prioridade de atendimento às pessoas que especifica, e 10.098, de 19 de dezembro de 2000, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências. Brasília: Diário Oficial da União, 3 dez. 2004.

BRASIL. Lei 13.146, de 6 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Brasília: Diário Oficial da União, 6 jul. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Declaração de Salamanca e linha de ação sobre necessidades educativas especiais. Brasília: MEC/UNESCO, 1994.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília: MEC/SEE, 2008.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEB, 2018.

CUNHA, Cézar Pessoa. A importância da Matemática no cotidiano. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, São Paulo, v. 2, v. 1. p. 641-650, jul. 2017.

DISTRITO FEDERAL. Secretaria de Estado de Educação. Currículo em Movimento da Educação Básica: Educação Infantil. Brasília: SEEDF, 2018.

GALVÃO FILHO, Teófilo Alves. A construção do conceito de Tecnologia Assistiva: alguns novos interrogantes e desafios. Entreideias, Salvador, v. 2, n. 1, p. 25-42, jan./jun. 2013.

GATTI, Bernardete Angelina. Formação de professores, complexidade e trabalho docente. Diálogo Educacional, Curitiba, v. 17, n. 53, p. 721-737, 2017.

IBGE — INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo Demográfico 2010: resultados gerais da amostra. Rio de Janeiro: IBGE, 2012.

LIMA, Carlos Augusto Rodrigues. Formação de professores ante a questão da inclusão. In: MANRIQUE, Ana Lúcia; MARANHÃO, Maria Cristina Souza Albuquerque; MOREIRA, Geraldo Eustáquio (Org.). Desafios da Educação Matemática Inclusiva: formação de professores. São Paulo: LF Editora, 2016, p. 49-71.

LIMA, Válter Ubirani de Andrade. Análise da inserção do planejamento de oficinas pedagógicas interdisciplinares na formação inicial de professores de Química. 2007. 161f. Dissertação (Mestrado em Ensino das Ciências) — Departamento de Educação. Universidade Rural de Pernambuco. Recife.

MANRIQUE, Ana Lúcia; MARANHÃO, Maria Cristina Souza Albuquerque; MOREIRA, Geraldo Eustáquio (Org.). Desafios da Educação Matemática Inclusiva: Práticas. São Paulo: Livraria da Física, 2016.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér. Inclusão escolar: O que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

MARTINHO, Maria Helena. Prefácio. In: MANRIQUE, Ana Lúcia; MARANHÃO, Maria Cristina Souza Albuquerque; MOREIRA, Geraldo Eustáquio (Org.). Desafios da Educação Matemática Inclusiva: Práticas. São Paulo: Livraria da Física, 2016, p. 7-8.

MATOS FERREIRA, Jane Aparecida. A escola como lócus de formação continuada de professores dos Anos Iniciais: uma experiência por meio de oficinas pedagógicas de Matemática. 2020. 179f. Dissertação (Mestrado em Educação) — Faculdade de Educação. Universidade de Brasília, Brasília.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.). Pesquisa Social: Teoria, método e criatividade. 18 ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

MORAES, Mara Sueli Simão. Grandezas e medidas. In: Pró-Letramento: Programa de Formação Continuada de Professores dos Anos/Séries Iniciais do Ensino Fundamental: Matemática. Brasília: MEC/SEB, 2008, p. 8-51.

MOREIRA, Geraldo Eustáquio, MANRIQUE, Ana Lúcia; MARANHÃO, Maria Cristina Souza Albuquerque. As práticas de sala de aula e as práticas de formação de professores que ensinam Matemática em contextos inclusivos: as contribuições do OBEDUC. In: MANRIQUE, Ana Lúcia; MARANHÃO, Maria Cristina Souza Albuquerque; MOREIRA, Geraldo Eustáquio (Org.). Desafios da Educação Matemática Inclusiva: Práticas. São Paulo: Livraria da Física, 2016, p. 13-20.

MOREIRA, Geraldo Eustáquio, VIEIRA, Lygianne Batista, FRAZ, Joeanne Neves; FERREIRA, Weberson Campos; TEIXEIRA, Cristina de Jesus. Formação inicial e continuada de professores que ensinam Matemática: socializando experiências exitosas do DIEM. Revista Prática Docente, Confresa, v. 6, n. 1, p. 1-25, jan./abr. 2021.

MOREIRA, Geraldo Eustáquio. O ensino de Matemática para alunos surdos: dentro e fora do texto em contexto. In: SEMINÁRIO DO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO. São Paulo: PUC/SP, 2015.

MOREIRA, Geraldo Eustáquio; MANRIQUE, Ana Lúcia. Educação Matemática Inclusiva: diálogos com as teorias da atividade, da aprendizagem significativa e das situações didáticas. São Paulo: Livraria da Física, 2019.

MOREIRA, Geraldo Eustáquio; MANRIQUE, Ana Lúcia; MARTINS, Ana Paula Loução. Formação de professores que ensinam Matemática na perspectiva inclusiva. In: MANRIQUE, Ana Lúcia; MARANHÃO, Maria Cristina Souza Albuquerque; MOREIRA, Geraldo Eustáquio (Org.). Desafios da Educação Matemática Inclusiva: Práticas. São Paulo: Livraria da Física, 2016, p. 69-82.

MOREIRA, Geraldo Eustáquio; MANRIQUE, Ana Lúcia; MARTINS, Ana Paula Loução; CRUZ-SANTOS, Anabela; HATTUN, Natascha Janssen Van; AREZES, Pedro Martinho; MARTINHO, Maria Helena. Validação da Escala Multidimensional de Inclusão de alunos com NEE em aulas de Matemática. In: MANRIQUE, Ana Lúcia; MARANHÃO, Maria Cristina Souza Albuquerque; MOREIRA, Geraldo Eustáquio (Org.). Desafios da Educação Matemática Inclusiva: formação de professores. São Paulo: LF Editora, 2016, p. 83-100.

MOURA, Ellen Michelle Barbosa; FRAZ, Joeanne Neves; SANTOS, Karla Vanessa Gomes dos. Educação Matemática na Educação Infantil: situações cotidianas na formação de professores. In: MOREIRA, Geraldo Eustáquio (Org.). Práticas de ensino de Matemática em cursos de Licenciatura em Pedagogia: oficinas como instrumentos de aprendizagem. São Paulo: Livraria da Física, 2020, p. 20-35.

OMS — ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Relatório Mundial sobre a visão. Light for the World International, 2021.

PASSOS, Angela Meneghello; PASSOS, Marinez Meneghello; ARRUDA, Sergio de Mello. A Educação Matemática Inclusiva no Brasil: uma análise baseada em artigos publicados em revistas de Educação Matemática. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, Curitiba, v. 6, n. 2, p. 1-22, maio/ago. 2013.

PEREIRA, Cátia Maria Machado da Costa; TEIXEIRA, Cristina de Jesus. Formulação de item de Matemática com resolução de problemas: uma experiência com os estudantes do curso de Pedagogia da UnB. In: MOREIRA, Geraldo Eustáquio (Org.). Formulação de item de Matemática com resolução de problemas: uma experiência com os estudantes do curso de Pedagogia da UnB. São Paulo: Livraria de Física, 2020, p. 165-187.

PONTE, João Pedro da; OLIVEIRA, Hélia Margarida. Remar contra a maré: a construção do conhecimento e da identidade profissional na formação inicial. Revista de Educação, Lisboa, v. 11, n. 2, p. 145-163, 2002.

SAITO, Fumikazu. Número e grandeza: discutindo sobre a noção de medida por meio de um instrumento matemático do século XVI. Ciência & Educação, Bauru, v. 23, n. 4, p. 917-940, out./dez. 2017.

SANDES, Joana Pereira; MOREIRA, Geraldo Eustáquio. Educação Matemática e a formação de professores para uma prática docente significativa. @mbienteeducação. São Paulo, v. 11, n. 1, p. 99-109, jan./abr. 2018.

SANTOS, Karla Vanessa Gomes dos. Práticas pedagógicas de professores das salas de recursos de Altas Habilidades/Superdotação do Distrito Federal segundo a Teoria de Joseph Renzulli. 2020. 152f. Dissertação (Mestrado em Educação) — Faculdade de Educação. Universidade de Brasília. Brasília.

SANTOS, Karla Vanessa Gomes dos; FERREIRA, Weberson Campos; MOREIRA, Geraldo Eustáquio. Formação de professores que ensinam Matemática e o contexto de Altas Habilidades/Superdotação: explicando o Tangram. In: MOREIRA, Geraldo Eustáquio (Org.). Práticas de Ensino de Matemática em cursos de Licenciatura em Pedagogia: oficinas como instrumentos de aprendizagem. São Paulo: Livraria da Física, 2020, p. 107-124.

SANTOS, Luciana Dalla Nora dos; FLORIANO, Anajara dos Santos. Formação inicial de professores: relato de uma experiência com oficinas pedagógicas. In: XII CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO, 12, 2015, Curitiba. Anais do XII EDUCERE. Curitiba: PUC/PR, 2015, p. 2372-2383.

SILVA, Américo Junior Nunes da; SOUZA, Ilvanete dos Santos de; CRUZ, Idelma Souza da. O ensino de Matemática nos Anos Finais e a ludicidade: o que pensam professora e alunos? Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 4, n. 10, p. 1-19, 2020.

SILVA, Irineu da. A história dos pesos e medidas. 2 ed. São Carlos: EdUFSCar, 2014.

SOUZA, Luzia Aparecida de; GARNICA, Antonio Vicente Marafioti. Formação de professores de Matemática: um estudo sobre a influência da formação pedagógica prévia em um curso de licenciatura. Ciência & Educação, Bauru, v. 10, n. 1, p. 23-39, jan./abr. 2004.

TIJIBOY, Ana Vilma; MAÇADA, Débora Laurindo; SANTAROSA, Lucila Maria Costa; FAGUNDES, Léa da Cruz. Aprendizagem cooperativa em ambientes telemáticos. Informática na Educação: Teoria & Prática, v. 1, n. 2, jul./dez. 1998.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em Ciências Sociais: a pesquisa qualitativa em Educação. São Paulo: Atlas, 1987.

VIEIRA, Lygianne Batista; MOREIRA, Geraldo Eustáquio. Direitos Humanos e Educação: o professor de Matemática como agente sociocultural e político. Revista de Educação Matemática, São Paulo, v. 15, p. 548-564, set./dez. 2018.

VIEIRA, Lygianne Batista; MOREIRA, Geraldo Eustáquio. O estudante imigrante e o papel do professor de Matemática como agente sociocultural e político. Dialogia, São Paulo, n. 34, p. 185-199, 2020.

Arquivos adicionais

Publicado

2021-05-13

Edição

Seção

Dossiê — Educación Matemática Inclusiva: atendiendo las necesidades