Reflexões de professoras dos Anos Iniciais sobre um processo formativo em Estatística

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/emd.e202051

Palavras-chave:

Estatística, Formação de Professores, Desenvolvimento Profissional, Sequência de Ensino, Trabalho Colaborativo

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar as avaliações feitas pelas professoras dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental no projeto de pesquisa intitulado “Desenvolvimento Profissional de Professores que ensinam Matemática” (Projeto D-Estat), no ano de 2018. O Projeto tem como objetivo investigar as experiências de aprendizagens estatísticas de professores que ensinam Matemática no Ensino Fundamental, no âmbito de um grupo colaborativo, visando o desenvolvimento profissional durante o processo formativo. A pesquisa utiliza a metodologia qualitativa numa perspectiva de pesquisa-ação. O artigo apresenta reflexões teóricas sobre desenvolvimento profissional e formação de professores, considerações sobre Sequência de Ensino e Ciclo Investigativo. Como recurso metodológico foi utilizado a entrevista narrativa, no formato de roda de conversa. As análises dão indício de um caminhar das professoras rumo ao desenvolvimento profissional e uma melhor compreensão de como trabalhar o pensamento estatístico de seus alunos. As narrativas orais e escritas das professoras mostram a importância da participação em processos formativos para o desenvolvimento profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, Jonatas Henrique da Costa; BARBOSA, Jéssica Milena Nascimento. O Laboratório de Ensino de Matemática: um recurso potencialmente motivador no curso de Pedagogia. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) — Departamento de Educação. Universidade do Estado da Bahia. Teixeira de Feitas.

ANJO, Eliete Silva; NASCIMENTO, Sandra Paula Almeida; CAZORLA, Irene Maurício; SANTANA, Eurivalda Ribeiro dos Santos. O ensino de Estatística na formação para a cidadania nos anos iniciais. In: ENCONTRO BAIANO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 18, 2019, Ilhéus. Anais do XVIII EBEM: A sala de aula de Matemática e suas vertentes. Ilhéus: SBEM-BA, 2019, p. 1-12.

BOGDAN, Robert C.; BIKLEN, Sari Knopp. Investigação qualitativa em Educação. Tradução de Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto: Porto Editora, 1991.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEB, 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Brasília: MEC/SEF, 1997.

CAZORLA, Irene Maurício; SILVA JÚNIOR, Antônio Vital; SANTANA, Eurivalda Ribeiro dos Santos. Reflexões sobre o ensino de varáveis conceituais na Educação Básica. REnCiMa, São Paulo, v. 9, n. 2, p. 354-373, 2018.

CHENÉ, Adèle. A narrativa de formação e a formação de formadores. In. Nóvoa, Antônio; FINGER, Matthias. (Org.). O método (auto) biográfico e a formação. Lisboa: MS/DRHS/CFAP, 1988, p. 121-132.

DAY, Christopher. Desenvolvimento profissional de professores: os desafios da aprendizagem permanente. Porto: Porto Editora, 2001.

ERICKSON, Frederick D. Qualitative methods in research on teaching. In: WITTROCK, Merlin C. (Ed.). Handbook of research on teaching. 3rd ed. New York: MacMillan, 1986, p. 119-161.

FERREIRA, Ana Cristina. O trabalho colaborativo como ferramenta e contexto para o desenvolvimento profissional: compartilhando experiências. In: NACARATO, Adair Mendes; PAIVA, Maria Auxiliadora Vilela (Org.). A formação do professor que ensina Matemática: perspectivas e pesquisas. Belo Horizonte: Autêntica, 2006, p. 149-166.

FIORENTINI, Dario. Pesquisar práticas colaborativas ou pesquisar colaborativamente? In: BORBA, Marcelo Carvalho; ARAÚJO, Jussara Loyola. Pesquisa qualitativa em Educação Matemática. Belo Horizonte: Autêntica, 2004, p. 47-76.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

LÔBO, Wériton de Souza; CAZORLA, Irene Mauricio. A Estatística à serviço da saúde do adolescente: o cartão de vacinação. In: ENCONTRO BAIANO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 18, 2019, Ilhéus. Anais do XVIII EBEM: A sala de aula de Matemática e suas vertentes. Ilhéus: SBEM-BA, 2019b, p. 1-12.

LOPES, Paula Cristina; FERNANDES, Elza. Literacia. Raciocínio e pensamento estatístico com Robots. Quadrante, Lisboa, v. 23, n. 2, p. 69-94, jul./dez. 2014.

LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MAGINA, Sandra; SANTANA, Eurivalda Ribeiro dos Santos; SANTOS, Aparecido dos; MERLINI, Vera Lúcia. Espiral RePARe: um modelo metodológico de formação de professor centrado na sala de aula. REAMEC, Cuiabá, v. 6, n. 2, 2018, p. 238-258, jul./dez. 2018.

MARCELO GARCIA, Carlos. Formação de professores: para uma mudança educativa. Tradução de Isabel Narciso. Porto: Porto Editora, 1999.

MENDONÇA, Luzinete de Oliveira; LOPES, Celi Espasandin. As aprendizagens geradas num grupo colaborativo de professores durante um estudo sobre moldagem matemática na Educação Estatística. Quadrante, Lisboa, v. 26, n. 1, p. 93-118, 2017.

MIZUKAMI, Maria das Graças Nicoletti. Aprendizagem da docência: conhecimento específico, contatos e práticas pedagógicas. In: NACARATO, Adair Mendes; PAIVA, Maria Auxiliadora Vilela (Org.). A formação do professor que ensina Matemática: perspectivas e pesquisas. Belo Horizonte: Autêntica, 2006, p. 213-231.

MOURA, Jónata Ferreira de; NACARATO, Adair. A entrevista narrativa: dispositivo de produção e análise de dados sobre trajetórias de professoras. Cadernos de Pesquisa, São Luis, v. 24, n. 1, p. 15-30, jan./abr. 2017.

NCTM — National Council of Teachers of Mathematics. Principles and standards for school mathematics. Virgínia: NCTM, 2000.

PONTE, João Pedro da. Da formação do desenvolvimento profissional. In: ENCONTRO NACIONAL DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA, 1998, Guimarães. Actas do ProfMat1998. Lisboa: APM, 1998, p. 27-44.

PONTE, João Pedro. Formação do professor de Matemática: perspectivas atuais. In: PONTE, João Pedro (Org.). Práticas profissionais dos professores de Matemática. Lisboa: Projeto P3M, 2014, p. 343-358.

SANTANA, Eurivalda Ribeiro dos Santos; CAZORLA, Irene Maurício. Desenvolvimento profissional de professores que ensinam Matemática: D-Estat. Projeto de Pesquisa. Ilhéus: Universidade Estadula de Santa Cruz, 2018.

SANTANA, Eurivalda Ribeiro dos Santos; PONTE, João Pedro da; SERRAZINA, Lurdes. Conhecimento didático do professor de Matemática à luz de um processo formativo. Bolema, Rio Claro, v. 34, n. 66, p. 89-109, abr. 2020.

WILD, Chris J.; PFANNKUCH, Maxine. Statistical thinking in empirical enquiry. International Statistical Review, v. 67, n. 3, p. 223-248, dec. 1999.

Arquivos adicionais

Publicado

2020-10-21

Edição

Seção

Dossiê — Formação de professores que ensinam Matemática