POLÍTICAS DE CULTURA E DIREITOS CULTURAIS NO BRASIL (UMA LEITURA DAS INTERFACES COM O NOVO CONSTITUCIONALISMO E COM O “GIRO DECOLONIAL” NA AMÉRICA LATINA)

  • Maria Dione Carvalho de Moraes
  • Catarina Nery da Cruz Monte
Palavras-chave: Políticas Culturais, Direitos Culturais, Novo Constitucionalismo Latino-Americano, Decolonialidade

Resumo

Abordamos o tema das politicas de cultura na relação com os movimentos do novo constitucionalismo latino-americano, e da mirada decolonial na America Latina. O pressuposto é que concepções de Estado-Nação presentes em novos modelos constitucionais latinoamericanos, assim como a visada decolonial, guardam interfaces importantes com as politicas de cultura contemporâneas. Com abordagem metodológica de natureza bibliográfica e documental, os resultados iniciais apontam para a compreensão de que politicas publicas de cultura incorporam estratégias de pensamento e ação com vistas à transformação social e a trazer à tona dimensões da vida social, aparentemente não culturais em um contexto de lutas pelo reconhecimento da diversidade, proteção e garantia de direitos fundamentais, incluindo direitos culturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-01-03
Como Citar
Dione Carvalho de MoraesM., & Nery da Cruz MonteC. (2020). POLÍTICAS DE CULTURA E DIREITOS CULTURAIS NO BRASIL (UMA LEITURA DAS INTERFACES COM O NOVO CONSTITUCIONALISMO E COM O “GIRO DECOLONIAL” NA AMÉRICA LATINA). Revista Desenvolvimento Social, 25(2), 1-19. Recuperado de //www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/144
Seção
Artigos