A Matemática por trás da escala das cordas contida no Setor de John Worgan (1697)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/emd.v6n12a15

Palavras-chave:

Escala das Cordas, Conceitos Geométricos, Setor de Worgan, Instrumentos Matemáticos

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar a Matemática envolvida na construção da escala das cordas inscrita no instrumento matemático Setor, exposto no tratado A short treatise of the description of the sector, de John Worgan, de 1697. O Setor de Worgan possui nove escalas, a saber: das linhas iguais, dos senos, das tangentes, das secantes, dos polígonos, dos números artificiais, dos senos artificiais, das tangentes artificiais e das cordas. A última é utilizada para a resolução de problemas de natureza geométrica, principalmente, para encontrar ângulos e dividir a circunferência em partes iguais. Como metodologia de pesquisa, fez-se uso de uma abordagem qualitativa descritiva, utilizando documentos históricos como fonte principal de consulta. Sua construção possibilita o desenvolvimento de alguns conhecimentos geométricos, que podem auxiliar na compreensão de conceitos, tais como raio, diâmetro, arco de circunferência, ângulo e corda, entre outros, para alunos da Educação Básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Verusca Batista. Um estudo sobre os conhecimentos matemáticos mobilizados no manuseio do instrumento círculos de proporção de William Oughtred. 2019. 156f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Fortaleza.

ALVES, Verusca Batista; BATISTA, Antonia Naiara de Sousa. Uma breve discussão teórica acerca do uso de instrumentos matemáticos históricos no ensino da Matemática. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, Fortaleza, v. 3, n. 8, p. 48-59, maio/ago. 2016.

BARBOSA, João Lucas Marques. Geometria Euclidiana Plana. 6. ed. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Matemática, 2012.

BATISTA, Antonia Naiara de Sousa. Um estudo sobre os conhecimentos matemáticos incorporados e mobilizados na construção e no uso da balhestilha, inserida no documento Chronographia, Reportorio dos Tempos..., aplicado na formação de professores. 2018. 114f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Fortaleza.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília: MEC/SEB, 2017.

CARVALHO, Benjamin de Araujo. Desenho Geométrico. 26. ed. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 2006.

DOLCE, Osvaldo; POMPEU, José Nicolau. Fundamentos de Matemática Elementar: Geometria Plana. São Paulo: Atual, 2013.

EUCLIDES. Elementos de Euclides. Tradução de Irineu Bicudo. São Paulo: EdUNESP, 2009.

GUNTER, Edmund. The description and use of the sector: the crosse-staffe and other instruments, for such as are studious of Mathematicall practise. London: William Jones, 1624.

KRIPKA, Rosana Maria Luvezute; SCHELLER, Morgana; BONOTTO, Danusa de Lara. Pesquisa documental: considerações sobre conceitos e características na Pesquisa Qualitativa. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA, 4, 2015, Aracaju. Anais do CIAIQ2015: Investigação Qualitativa em Educação. v. 2. Aracaju: Unit, 2015, p. 243-247.

LORENZATO, Sérgio. Para aprender Matemática. 3.ed. rev. Campinas: Autores Associados, 2010.

PEREIRA, Ana Carolina Costa; SAITO, Fumikazu. Os instrumentos matemáticos na interface entre história e ensino de Matemática: compreendendo o cenário nacional nos últimos 10 anos. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, Fortaleza, v. 5, n. 14, p. 109-122, 2018.

PEREIRA. Ana Carolina Costa. Um levantamento de pesquisas brasileiras envolvendo instrumentos matemáticos a partir de estudos publicados no SNHM. Tangram, Dourados, (no prelo), 2022.

SANTOS, Andressa Gomes dos. Os aspectos matemáticos relacionados à média geométrica que emergem a partir da manipulação da escala dos números (1623) elaborada por Edmund Gunter com licenciandos em Matemática. 2022. 222f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Fortaleza.

SANTOS, Andressa Gomes dos; PEREIRA, Ana Carolina Costa. Questões didáticas envolvendo as escalas do Cross-staff (1623) elaborado por Edmund Gunter. Revista de Produção Discente em Educação Matemática, São Paulo, v. 10, n. 1/2, p. 105-118, 2021.

TAYLOR, Eva Germaine Rimington. The mathematical practitioners of Tudor and Stuart England. Cambridge: The University Press, 1968.

WILLIAMS, Michael R.; TOMASH, Erwin. The Sector: its history, scales, and uses. Ieee Annals of the History of Computing, v. 25, n. 1, p. 34-47, feb. 2003.

WORGAN, John. A short treatise of the description of the sector wherein is also shown the great use of that excellent instrument, in the solution of several mathematical problems. London: John Worgan, 1697.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

16-09-2022