Análise da compreensão de licenciandos em Matemática sobre o ensino via resolução de problemas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24116/emd.e202011

Resumo

O objetivo do artigo foi analisar a compreensão de licenciandos em Matemática para abordar, em sala de aula, o ensino-aprendizagem de Matemática via resolução de problemas. Realizamos um estudo descritivo, de natureza qualitativa, em que 18 licenciandos que estavam matriculados no quarto ano do curso de Licenciatura em Matemática de uma universidade pública do norte do Paraná participaram de um curso de formação composto por discussões promovidas a partir de aulas teóricas e do desenvolvimento de uma prática baseada nas ações de ensino propostas por Proença (2018). Os resultados mostram que os participantes, no início do curso, desconheciam o ensino via resolução de problemas, indicando apenas se tratar de uso de problemas do cotidiano. Após o curso, os resultados mostram que a ação de escolha do problema a ser introduzido nesse ensino foi considerada a mais importante, seguida da ação que implica o auxílio do professor aos alunos quando tentam resolver o problema.

Palavras-chave: Formação Inicial. Matemática. Ensino. Resolução de Problemas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABRIC, Jean-Claude. A abordagem estrutural das Representações Sociais. In: MOREIRA, Antonia Silva Paredes; OLIVEIRA, Denise Cristina. (Org). Estudos interdisciplinares de Representação Social. Goiânia: Cultura e Qualidade, 2000, p. 27-39.

ALLEVATO, Norma Suely Gomes; ONUCHIC, Lourdes de La Rosa. Ensino-Aprendizagem-Avaliação de Matemática: por que através da Resolução de Problemas? In: ONUCHIC, Lourdes de La Rosa; ALLEVATO, Norma Suely Gomes; NOGUTI, Fabiane Cristiane Höber; JUSTULIN, Andressa Maria. (Org.). Resolução de Problemas: teoria e prática. Jundiaí: Paco, 2014, p. 35-52.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Ensino Médio. Brasília: MEC/SEB, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília: MEC/SEB, 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRITO, Márcia Regina Ferreira de. Alguns aspectos teóricos e conceituais da solução de problemas matemáticos. In: BRITO, Márcia Regina Ferreira de. (Org.). Solução de problemas e a Matemática escolar. 2. ed. Campinas: Alínea, 2010, p. 13-53.

ECHEVERRÍA, María del Puy Pérez. A solução de problemas em Matemática. In: POZO, Juan Ignacio (Org.). A solução de problemas: aprender a resolver, resolver para aprender. Tradução de Beatriz Affonso Neves. Porto Alegre: ArtMed, 1998, p. 43-65.

FIORENTINI, Dario. Formação de professores a partir da vivência e da análise de práticas exploratório-investigativas e problematizadoras de ensinar e aprender Matemática. In: XIII CONFERÊNCIA INTERAMERICANA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 2011, Recife. Anais da XIII CIAEM. Recife: UFPE, 2011, p. 1-14.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2008.

JODELET, Denise. Representaciones sociales: contribucíon a un saber sociocultural sin fronteras. Revista Educação e Cultura Contemporânea, Rio de Janeiro, v.1, n. 2, p. 23-38, jul./dez. 2004.

MAYER, Richard Edward. Thinking, problem solving, cognition. 2. ed. New York: WH Freeman and Company, 1992.

MOÇO, Priscila Pedroso. Discussões sobre a resolução de problemas enquanto estratégia metodológica para o ensino de Matemática. 2013. 114f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências) — Centro de Educação Ambiental, Ensino de Ciências e Matemática. Universidade Federal do Rio Grande. Rio Grande.

PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Superintendência da Educação. Diretrizes Curriculares de Matemática para a Educação Básica. Curitiba: SEED, 2008.

POLYA, George. A arte de resolver problemas: um novo enfoque do método matemático. 2 ed. Tradução de Heitor Lisboa de Araújo. Rio de Janeiro: Interciência, 1994.

PROENÇA, Marcelo Carlos de. A compreensão de licenciandos em Matemática sobre o ensino via resolução de problemas: análise por meio de uma proposta de formação. Boletim GEPEM, Rio de Janeiro, n. 68, p. 19-35, jan./jun. 2016b.

PROENÇA, Marcelo Carlos de. Favorecendo a compreensão do ensino por meio da resolução de problemas: experiência da Prática como Componente Curricular. Educação Matemática em Revista, Brasília, v. 21, n. 49B, p. 52-60, 2016a.

PROENÇA, Marcelo Carlos de. Resolução de Problemas: encaminhamentos para o ensino e a aprendizagem de Matemática em sala de aula. Maringá: EdUEM, 2018.

PROENÇA, Marcelo Carlos de. Uma proposta de ensino-aprendizagem das operações aritméticas com frações via resolução de problemas. Educação Matemática em Revista, Brasília, v. 24, n. 63, p. 5-17, jul./set. 2019.

RAIVA, Vladimir Nassone Pedro. MORAES, Marcos Evandro Lisboa de. GUERRA, Renato Borges. Resolução de problemas na formação do professor de Matemática: desafios e possibilidades. In: XIV CONFERÊNCIA INTERAMERICANA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 2015, Chiapas. Anais da XIV CIAEM. México, 2015, p. 1-12.

SÁ, Celso Pereira. Núcleo das Representações Sociais. 2. ed. revista. Petrópolis: Vozes, 1996.

SCHROEDER, Thomas L.; LESTER JR, Frank K. Developing understanding in Mathematics via problem solving. In: TRAFTON, Paul R.; SHULTE, Albert P. (Org.). New directions for elementary school mathematics. Reston: NCTM, 1989, p. 31-42.

SERRAZINA, Lurdes. Resolução de Problemas e a Formação de Professores: um olhar sobre a situação em Portugal. In: ONUCHIC, Lourdes de la Rosa; JUNIOR LEAL, Luiz Carlos; PIRONEL, Márcio (Org.). Perspectivas para Resolução de Problemas. São Paulo: Livraria da Física, 2017, p. 55-83.

SOUZA, Kellcia Rezende; KERBAUY, Maria Teresa Miceli. Abordagem quanti-qualitativa: superação da dicotomia quantitativa-qualitativa na pesquisa em Educação. Revista Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 31, n. 61, p. 21-44, jan./abr. 2017.

STERNBERG, Robert. J. Psicologia cognitiva. Tradução de Maria Regina Borges Osório. Porto Alegre: ArtMed, 2000.

VALE, Isabel. Resolução de Problemas um tema em contínua discussão: vantagens das resoluções visuais. In: ONUCHIC, Lourdes de la Rosa; JUNIOR LEAL, Luiz Carlos; PIRONEL, Márcio (Org.). Perspectivas para Resolução de Problemas. São Paulo: Livraria da Física, 2017, p. 131-162.

Arquivos adicionais

Publicado

2020-04-09

Edição

Seção

Dossiê — Modelagem Matemática e Resolução de Problemas