Escolha pela docência: estudo com egressos de uma Licenciatura em Matemática do interior do Ceará

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/emd.e202114

Palavras-chave:

Escolha pela Docência, Docência em Matemática, Licenciados em Matemática

Resumo

O ensino da Matemática passa por transformações significativas quanto à formação docente, mesmo que ainda não suficientes para suprir a carência de professores habilitados para essa função, sendo a atual LDB um marco para mudanças nesse cenário, ao exigir formação a nível superior para a docência. A partir das demandas dessa lei, em 2002 foi implantado o curso de Licenciatura em Matemática da Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central da Universidade Estadual do Ceará (FECLESC/UECE), a fim de reduzir a carência de docentes nessa região do interior do Ceará, tendo o referido curso mais de 15 anos de atuação e formado 91 professores. Nesse contexto, discutindo a docência e elementos relacionados à sua escolha enquanto profissão, esta pesquisa, configurada como um estudo de caso qualitativo, objetivou investigar se os egressos desse curso estão, de fato, atuando como docentes e, mais especialmente, o que os levou a optar ou não pela docência. Por meio da aplicação de um questionário junto a 50 ex-alunos do curso, obtivemos que 29 estão atuando na docência e 7 em cargos de gestão escolar; dentre os que não exercem a profissão, 14 não optaram pela carreira e apenas 1 está desempregado. Para nossos sujeitos, o ingresso na profissão docente foi pautado, principalmente, no gosto pela profissão. A pesquisa contribuiu para sabermos quais aspectos estão relacionados à escolha pela docência, permitindo refletir sobre a inserção no magistério e os desafios da educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70, 2011.

FIORENTINI, Dario; LORENZATO, Sergio. Investigação em Educação Matemática: percursos teóricos e metodológicos.2. ed. Campinas: Autores Associados, 2007.

FREITAS, Maria Tereza Menezes; NACARATO, Adair Mendes; PASSOS, Carmen Lúcia Brancaglion; FIORENTINI, Dario; ROCHA, Luciana Parente; MISKULIN, Rosana Giaretta Sguerra. O desafio de ser professor de matemática hoje no Brasil. In: FIORENTINI, Dario; NACARATO, Adair Mendes. (Org.). Cultura, formação e desenvolvimento profissional de professores que ensinam matemática: investigando e teorizando a partir da prática. São Paulo: MUSA, 2010, p. 89-105.

GATTI, Bernadete Angelina. A atratividade da carreira docente no Brasil. São Paulo: Fundação Victor Civita, 2009.

GATTI, Bernadete Angelina. Formação de professores: licenciaturas, currículos e políticas. Movimento: Revista de Educação, Niterói, v. 2, n. 2, p. 1-18, 2015.

GATTI, Bernadete Angelina; BARRETO, Elba Siqueira de Sá. Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília: UNESCO, 2009.

GATTI, Bernardete Angelina. A formação inicial de professores para a Educação Básica: as licenciaturas. Revista USP, n. 100, p. 33-46, 2014.

GATTI, Bernardete Angelina; Barreto, Elba Siqueira de Sá; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de; ALMEIDA, Patrícia Cristina Albieri de. Professores do Brasil: novos cenários de formação. Brasília: UNESCO, 2019.

GONÇALVES, Tadeu Oliver; FIORENTINI, Dario. Formação e desenvolvimento profissional de docentes que formam matematicamente futuros professores. In: FIORENTINI, Dario; NACARATO, Adair Mendes (Org.). Cultura, formação e desenvolvimento profissional de professores que ensinam Matemática: investigando e teorizando a partir da prática. São Paulo: MUSA, 2005, p. 68-88.

ISAIA, Silvia Maria de Aguiar. Desafios à docência superior: pressupostos a considerar. In: RISTOFF, Dilvo; SEVEGNANI, Palmira (Org.). Docência na educação superior. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2006.

KOZELSKI, Adriana Cristina. Professor: uma carreira em extinção ou falta de motivação? Revista Intersaberes, Curitiba, v. 9, n. 17, p. 178-188, jan. 2014.

LIMA, Ivoneide Pinheiro de; SANTOS, Maria José Costa dos; BORGES NETO, Hermínio. O matemático, o licenciado em Matemática e o pedagogo: três concepções diferentes na abordagem matemática. Revista de Matemática, Ensino e Cultura, Belém, v. 5, n. 6, p. 42-52, jan. 2010.

LIMA, Maria Socorro Lima. Estágio e aprendizagem da profissão docente. Brasília: Liber Livro, 2012.

MAZOLA, Wilson de Jesus; ALLEVATO, Norma Suely Gomes. Dificuldades de aprendizagem matemática: algumas reflexões. Educação Matemática Debate, Montes Claros. v. 3, n. 7, p. 52-67, jan./abr. 2019.

NÓVOA, Antonio. O passado e o presente dos professores. In: NÓVOA, Antonio (Org.). Profissão professor. 2. ed. Portugal: Porto Editora, 1995, p. 13-34.

OLIVEIRA, Cristiane Coppe de; SOUZA, Anderson. Planejamento escolar na concepção docente: uma reflexão sobre a práxis pedagógica. Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 1, n. 2, maio/ago. 2017.

PEREIRA, Júlio Emílio Diniz. As licenciaturas e as novas políticas educacionais para a formação docente. Educação & Sociedade, Campinas, v. 20, n. 68, p. 109-125, dez. 1999.

PEREZ, Geraldo. Formação de professores de Matemática sob a perspectiva do desenvolvimento profissional. In: BICUDO, Maria Aparecida Viggiani. Pesquisa em Educação Matemática: concepções & perspectivas. São Paulo: EdUNESP, 1999, p. 263-282.

RIOS, Terezinha Azeredo. Compreender e ensinar: por uma docência da melhor qualidade. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

SANTOS, Mariana dos; TAVARES, Diego; FREITAS, Denise. A escolha da profissão professor: uma história envolvendo o passado. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 9, 2013, Águas de Lindóia. Anais do IX ENPEC. Águas de Lindóia: ABRAPEC, 2013, p. 1-8.

SOUZA, Jobeane França de. Identidade profissional no ensino superior: a escolha do magistério como profissão. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE, 6, 2012, São Cristóvão. Anais do VI EDUCON. São Cristóvão: UFS, 2012, p. 1-12

STAMBERG, Cristiane da Silva; NEHRING, Cátia Maria. A escolha pela docência: influências do professor formador. In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 24, 2016, Ijuí. Anais do XXIV SIC. Ijuí: Unijuí, 2016, p. 1-6.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. Tradução de João Batista Kreuch. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2005.

VIEIRA, Maria do Socorro Tavares Cavalcante. A escolha pela docência: decisão para a vida inteira. Revista Semiárido de Visu, Pernambuco, v. 4, n. 3, p. 123-131, jan. 2016.

Arquivos adicionais

Publicado

21-05-2021