O pensamento geométrico na licenciatura em Matemática: uma análise à luz de Duval e Van-Hiele

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24116/emd.e202004

Resumo

Nesta pesquisa, analisamos o pensamento geométrico de estudantes da licenciatura em Matemática de uma universidade em Pernambuco. Fundamentamo-nos na Teoria dos Registros de Representação Semiótica de Duval (1995), que apresenta um modelo teórico sobre o funcionamento cognitivo no campo da Geometria e na teoria de desenvolvimento do pensamento geométrico de Van-Hiele (1957), que indica um modelo de níveis de compreensão dos conceitos geométricos. Participaram da pesquisa 34 acadêmicos que já tinham cursando disciplinas relacionadas à Geometria. Esses participantes responderam uma questão que abordou o conceito de quadriláteros notáveis. Os resultados indicaram que quase a metade desses participantes atuava na apreensão perceptiva de Duval (1995) e no primeiro nível de Van-Hiele (1957), caracterizados pela identificação das figuras geométricas em um plano ou espaço por meio da aparência física. Concluímos que a articulação entre as teorias de Duval (1995) e de Van-Hiele (1957) possibilitou uma melhor compreensão do pensamento geométrico dos estudantes.

Palavras-chave: Duval. Van-Hiele. Quadriláteros. Pensamento Geométrico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEB, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sistema de Avaliação da Educação Básica: Matemática. Brasília: INEP, 2015.

CÂMARA DOS SANTOS, Marcelo. Effets de l´utilisation du logiciel Cabri-Géomètre dans le

developpement de la pensée géométrique. In: CONGRÈS INTERNATIONAL SUR CABRI-GÉOMÉTRE, 2, 2001, Montreal. Annales CabriWorld 2001. Montreal: CICAG, 2001, p.1-12.

CÂMARA DOS SANTOS, Marcelo. Evoluindo nos níveis de Van-Hiele: o caso dos quadriláteros. In: CONGRESO IBEROAMERICANO DE CABRI GÉOMÈTRE, 1, 2002, Santiago. Actas del IberoCabri 2002. Santiago: Universidad Metropolitana de Ciencias de la Educación (UMCE) y Universidad Nacional Andrés Bello (UNAB), 2002, p. 1-10.

CÂMARA DOS SANTOS, Marcelo. O Cabri-Géomètre e o desenvolvimento do pensamento geométrico: o caso dos quadriláteros. In: BORBA, Rute; GUIMARÃES, Gilda. (Org.). A pesquisa em Educação Matemática: repercussões na sala de aula. São Paulo: Cortez, 2009, p. 177-211.

CONCEIÇÃO, Diego Aluísio; OLIVEIRA, Kalline Paula. Uma análise do nível do conhecimento geométrico dos professores de Matemática das escolas estaduais do município de São Vicente Ferrer. 2014. 45f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Matemática) — Universidade de Pernambuco. Nazaré da Mata.

DURVAL, Raymond. Sémiosis et pensée humaine: registres sémiotiques et apprentissages intellectuels. Berne: Peter Lang, 1995.

JEHIN, Monique Detheux; CHENU, Florent. Comment evaluer le raisonnement geometrique? Cahiers du Service de Pédagogie Expérimentale, v. 3, n. 4, p. 67-85, 2000.

MORETTI, Méricles Thadeu. Linguagem natural e formal na semioesfera da aprendizagem matemática: um exemplo em Geometria. Palestra realizada no VII Encontro Pernambucano de Educação Matemática. Garanhuns: SBEM-PE, 2017.

OECD. Programme for International Student Assessment. Pisa 2015 – Results in Focus. Organisation for Economic Co-operation and Development: OECD, 2015.

PEREIRA DA COSTA, André; COSTA, Cristina Marinho; VIEIRA, Maria Sônia Leitão Melo; ELOI, Quércia Carvalho; ANDRADE, Vladimir Lira Veras Xavier; REGNIER, Jean-Claude. Estudo Exploratório do pensamento geométrico de professores de Matemática: caso de um grupo na Paraíba (Brasil) a luz da A.S.I. In: RÉGNIER, Jean-Claude; GRAS, Régis; COUTURIER, Raphael; BODIN, Antonine. (Org.). Analyse Statistique Implicative: points de vue conceptuels, applicatifs et métaphoriques. Besançon: Université Bourgogne Franche-Comté, 2017, p. 209-228.

PEREIRA DA COSTA, André; ELOI, Quércia Carvalho; ANDRADE, Vladimir Lira Veras Xavier. O pensamento geométrico de professores de Matemática da educação básica: um estudo sob a luz da Análise de Similaridade. In: REGNIER, Jean-Claude; ANDRADE, Vladimir Lira Veras Xavier. (Org.). A Análise Estatística Implicativa nas pesquisas no ensino de Ciências e Matemática. Recife: Editora Universitária da UFRPE, 2017, p. 92-97.

PEREIRA DA COSTA, André. A construção de um modelo de níveis de desenvolvimento do pensamento geométrico: o caso dos quadriláteros notáveis. 2019. 401f. Tese (Doutorado em Educação Matemática e Tecnológica) — Centro de Educação. Universidade Federal de Pernambuco. Recife

PEREIRA DA COSTA, André. A construção do conceito de quadriláteros notáveis no 6º ano do Ensino Fundamental: um estudo sob a luz da teoria vanhieliana. 2016. 243f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática e Tecnológica) — Centro de Educação. Universidade Federal de Pernambuco. Recife

PEREIRA DA COSTA, André; CÂMARA DOS SANTOS, Marcelo. Aspectos do pensamento geométrico demonstrados por estudantes do Ensino Médio em um problema envolvendo o conceito de quadriláteros. In: CONFERÊNCIA INTERAMERICANA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 14, 2015, Tuxtla Gutiérrez. Anais da XIV CIAEM. CIAEM: Tuxtla Gutiérrez, 2015a, p. 1-9.

PEREIRA DA COSTA, André; CÂMARA DOS SANTOS, Marcelo. Estudo dos quadriláteros notáveis por meio do GeoGebra: um olhar para as estratégias dos estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental. Revista do Instituto GeoGebra Internacional de São Paulo, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 3-17, 2016c.

PEREIRA DA COSTA, André; CÂMARA DOS SANTOS, Marcelo. Investigando os níveis de pensamento geométrico de alunos do 6º ano do ensino médio: um estudo envolvendo os quadriláteros. SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 4, 2015, Ilhéus. Anais do 4º SIPEMAT: Educação Matemática no Contexto da Diversidade Cultural. Ilhéus: UESC, 2015b, p. 998-1009.

PEREIRA DA COSTA, André; CÂMARA DOS SANTOS, Marcelo. Níveis de pensamento geométrico de alunos do Ensino Médio no Estado de Pernambuco: um estudo sob o olhar vanhieliano. Em Teia, Recife, v. 7, n. 3, p.1-19, 2016a.

PEREIRA DA COSTA, André; CÂMARA DOS SANTOS, Marcelo. O desenvolvimento do pensamento geométrico no estudo dos quadriláteros notáveis sob a ótica vanhieliana. Educação Matemática em Foco, Campina Grande, v. 6, n. 2, p. 1-31, jul./dez. 2017b.

PEREIRA DA COSTA, André; CÂMARA DOS SANTOS, Marcelo. O pensamento geométrico de professores de Matemática do ensino básico: um estudo sobre os quadriláteros notáveis. Educação Online, Rio de Janeiro, n. 22, p.108-126, maio/ago. 2016b.

PEREIRA DA COSTA, André; CÂMARA DOS SANTOS, Marcelo. O uso do GeoGebra no ensino de quadriláteros notáveis: um estudo com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental. Revista do Instituto GeoGebra Internacional de São Paulo, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 10-24, 2017a.

PEREIRA DA COSTA, André; ROSA DOS SANTOS, Marilene. O pensamento geométrico de professores de Matemática em formação inicial. Educação Matemática em Revista – RS, Porto Alegre, v. 2, n. 18, p. 18-32, 2017b.

PEREIRA DA COSTA, André; ROSA DOS SANTOS, Marilene. Os níveis de desenvolvimento do pensamento geométrico de estudantes de uma Licenciatura em Matemática no Estado de Pernambuco: um estudo sob a ótica da teoria de Van-Hiele. Educação Online, Rio de Janeiro, n. 25, p.1-23, maio/ago. 2017a.

PEREIRA DA COSTA, André; ROSA DOS SANTOS, Marilene. O estudo de quadriláteros notáveis no livro didático de Matemática: um olhar para a organização matemática. Revemop, Ouro Preto, v. 1, n. 2, p. 229-247, maio/ago. 2019.

PEREIRA DA COSTA, André; ROSA DOS SANTOS, Marilene. Um estudo sobre o pensamento geométrico de estudantes de Licenciatura em Matemática no Estado de Pernambuco. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, XII, 2016, São Paulo. Anais do XII ENEM: Educação Matemática na Contemporaneidade: desafios e possibilidades. São Paulo: SBEM, 2016, p. 1-12.

PERNAMBUCO. Secretaria de Estado da Educação. Parâmetros para a Educação Básica do Estado de Pernambuco: Parâmetros Curriculares de Matemática para o Ensino Fundamental e Médio. Recife; Juiz de Fora: SEE; UFJF, 2012.

PERNAMBUCO. Secretaria de Estado da Educação de Pernambuco. Sistema de Avaliação da Educação Básica de Pernambuco: Matemática. Revista da Gestão Escolar, Juiz de Fora, 2015.

PIROLA, Daiane Lodete. Aprendizagem em Geometria nas séries iniciais: uma possibilidade pela integração entre as apreensões em Geometria e as capacidades de percepção visual. 2012. 158f. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Tecnológica) – Centro de Ciências da Educação. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis.

REZENDE, Dayselane Pimenta Lopes. Ensino e aprendizagem de Geometria: uma proposta para o estudo de polígonos nos anos finais do Ensino Fundamental. In: ENCONTRO BRASILEIRO DE ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 19, 2015, Juiz de Fora. Anais do XIX EBRAPEM. Juiz de Fora: UFJF, 2015, p. 1-12.

SENA, Rebeca Moreira; DORNELES, Beatriz Vargas. Ensino de Geometria: rumos da pesquisa (1991 - 2011). Revemat, Florianópolis, v. 8, n. 1, p. 138-155, 2013.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em Ciências Sociais: a pesquisa qualitativa em Educação. São Paulo: Atlas, 1987.

VAN-HIELE, Pierre Marie. El problema de la comprensión: en conexión con la comprensión de los escolares em el aprendizaje de la Geometria. 1957. 151f. Tesis (Doctorado en Matemáticas y Ciencias Naturales) — Universidad Real de Utrecht. Utrecht.

Arquivos adicionais

Publicado

2020-02-29