Reaproveitamento de Óleos e Gorduras Residuais - OGR’s para produção de biodiesel e outros co-produtos: o projeto piloto no município de Montes Claros - MG

Autores

  • Marielle Jacinta Pereira Costa Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Anete Marília Pereira Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Palavras-chave:

Óleos e Gorduras Residuais. Biodiesel. Montes Claros. reaproveitamento.

Resumo

Tendo em vista que o reaproveitamento de Óleos e Gorduras residuais - OGRs para a produção de Biodiesel e outros co-produtos foi estabelecido em alguns municípios brasileiros desde os primeiros anos da década de 2000, este artigo tem por objetivo propor uma refl exão acerca desse reaproveitamento na cidade de Montes Claros. Nessa cidade existe um Projeto Piloto de Coleta e Reaproveitamento de resíduos em processo de implantação para fi ns de produção de Biodiesel na Usina de Biodiesel Darcy Ribeiro, bem como, ração animal e sabão vegetal. Como metodologia além da
pesquisa bibliográfi ca para fundamentação teórica, realizamos pesquisa secundária na Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP - e em demais programas de coleta de OGR já implementados em outros municípios, consulta a normas, informes técnicos e legislação específi ca sobre o descarte de OGRs. Por fim, buscamos acompanhar os primeiros passos da implantação do Projeto Piloto através de coleta de dados, registros iconográfi cos e realização de entrevistas tanto com a Petróleo Brasileiro S/A, segmento de Biocombustíveis-PBIO, como com a Associação de Catadores de Resíduos Sólidos e Líquidos Recicláveis Amigos dos Jovens e do Meio Ambiente-ASCAJOM. Avaliamos que os benefícios dessa coleta estarão diretamente ligados ao complemento na produção de Biodiesel, na minimização dos impactos ambientais e no incremento a renda dos catadores dos resíduos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marielle Jacinta Pereira Costa, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Pós Graduanda em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional- UNIMONTES.

Anete Marília Pereira, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Professora do Doutora do Departamento de Geociências e dos Programas de Pós-Graduação em Desenvolvimento Social e em História – UNIMONTES.

Referências

AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS--ANP- SUPERINTENDÊNCIA DE REFINO E PROCESSAMENTO DE GÁS NATURAL –SRP. Boletim Mensal de Biodiesel. Brasília: 2011. Disponível em:<http://www.anp.gov.br/?pg=56927&m=&t1=&t2=&t3=&t4=&ar=&ps=&cachebust=1312231379876.> (versão PDF). Acesso em: Julho de 2011.

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA - ANVISA. Informe Técnico nº 11, de 5 de outubro de 2004. Assunto: Óleos e Gorduras Utilizados em Frituras. Disponível em: <http://www.anvisa.gov.br/alimentos/informes/11_051004.htm>. Acesso setembro de 2010.

ARCHELA, Edison. et al. Considerações sobre a geração de efl uentes líquidos em centros urbanos. Revista de Geografi a Universidade Estadual de Londrina - Volume 12 - Número 1 - Jan/Jun. 2003. Disponível em < www.uel.br/revistas/uel/index.php/geografi a/article/download/.../605...> Acesso em: março de 2012.

BARCELOS, Thiago Gomide et. al. Reciclagem de óleo e gordura residual descartados na cidade de lavras – Mg. In: Anais do 5º Congresso Brasileiro de Óleos Gorduras e Biodiesel. Universidade Federal de Lavras- UFLA, Lavras- MG, 2008. Disponível em: <http://oleo.ufl a.br/anais_05/artigos/a5__556.pdf>. Acesso em fevereiro de 2010.

COSTA NETO, P.R.; ROSSI, L.F.S. Produção de Biocombustível alternativo ao Óleo Diesel através da transesterifi cação de óleos de soja usado em frituras. In: Revista Química Nova, n.23, ano 4. 2000.

FIESP- Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. Leis no Estado de São Paulo. São Paulo, 2007. Disponível em: . Acesso em: novembro de 2010.

HOCEVAR, Luciano. Biocombustível de Óleos e Gorduras Residuais – A realidade do sonho In: Anais do 2º Congresso Brasileiro de Óleos Gorduras e Biodiesel. Universidade Federal de Lavras - UFLA e Prefeitura Municipal de Varginha,

Varginha - MG, 2005. Disponível em: <http://oleo.ufl a.br/anais_02/artigos/t116. pdf>. Acesso em fevereiro de 2010.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA-IBGE. Primeiros dados do censo 2010. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/censo2010/primeiros_dados_divulgados/index.php?uf=31. Acesso em: dezembro de 2010.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA-IBGE. Censo Demográfico 2010: Características da População e dos Domicílios: Resultados do Universo Disponível em: http://www.ibge.gov.br/cidadesat/ Acesso em: abril de

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE/ CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA. Resolução nº 357, de 17 de março de 2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem

como estabelece as condições e padrões de lançamento de efl uentes, e dá outras providências. Disponível em: < http://www.mma.gov.br/port/conama/res/res05/res35705. pdf> . Acesso em outubro de 2010.

MIRANDA, Rosilene Aparecida de. Biodiesel: obtenção a partir de óleos residuais utilizados na cocção de alimentos. In: Anais do 3º Congresso Brasileiro de Óleos Gorduras e Biodiesel. Universidade Federal de Lavras - UFLA e Prefeitura

Municipal de Varginha, Varginha - MG, 2006. Disponível em: <http://oleo.ufla.br/anais_03/3o_congresso_anais_completo.pdf>. Acesso em fevereiro de 2010.

Downloads

Publicado

2013-12-31

Como Citar

COSTA, M. J. P.; PEREIRA, A. M. Reaproveitamento de Óleos e Gorduras Residuais - OGR’s para produção de biodiesel e outros co-produtos: o projeto piloto no município de Montes Claros - MG. Revista Cerrados, [S. l.], v. 11, n. 01, p. 141–152, 2013. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/cerrados/article/view/3032. Acesso em: 11 ago. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>