Aplicação do Sensoriamento Remoto e do SIG no mapeamento do uso do solo na bacia hidrográfica do rio São Lamberto, no município de Claro dos Poções/MG

Autores

  • Fabricio leite Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Marcos Esdras Leite Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Palavras-chave:

Sensoriamento Remoto, Bacias Hidrográficas, Rio São Lamberto e Claros dos Poções.

Resumo

O avanço tecnológico, com a disponibilidade de imagens de satélites tem propiciado uma melhor precisão no levantamento de dados referentes à superfície terrestre. O sensoriamento remoto e o SIG são instrumentos úteis para auxiliar no estudo do espaço geográfico, uma vez que possibilitam obter dados precisos e associa-los de diversas formas para gerar informações que retrate de maneira, mais fiel possível, a organização do espaço estudado. Essa vantagem fez com que essas geotecnologias se destacassem no estudo das bacias hidrográficas. Diante disso, este trabalhou aplicou o sensoriamento remoto e o SIG para analisar as mudanças no uso do solo da bacia do Rio São Lamberto no município de Claro dos Poções, no norte de Minas Gerais, entre 1999 e 2009. As imagens utilizadas nesta pesquisa são oriundas do satélite LANDSAT 5, nas bandas 3, 4 e 5. As imagens, associadas ao trabalho de campo, permitiram extrair dados sobre o uso do solo nessa bacia. Os resultados denunciaram que a vegetação natural vem reduzindo drasticamente, em função da expansão das atividades econômicas primárias, que se destacam como base econômica do município analisado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabricio leite, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Acadêmico da Pós-Graduação “Lato Sensu” em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional – Unimontes. Graduada em Geografia – Unimontes.

Marcos Esdras Leite, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Professor do Departamento de Geociências Unimontes.

Referências

BRASOL. Brasil Ação Solidária. Plano Diretor Participativo do Município de Claro dos Poções. 2009, 245 p.

MARTINS, M. de S. Geologia dos diamantes e carbonatos aluvionares da Bacia do Rio Macaúbas (MG). Tese de doutorado- UFMG, Instituto de Geociências, 2006. 248 p.

ROSA, R. Introdução ao Sensoriamento Remoto. 5ª edição. Uberlândia. Ed. Da UFU, 2003.

SCIAVETTI, A.; CAMARGO F. M. A. Conceitos de bacias hidrográficas: teorias e aplicações. Ilhéus: Editus, 2002. 293 p.

Sites consultados

www.datasus.gov.br/ acesso: 13/08/10.

www.engesat.com.br/ acesso: 10/08/10.

WWW.ibge.gov.br/ acesso: 06/08/10.

Downloads

Publicado

2010-12-31

Como Citar

LEITE, Fabricio; LEITE, Marcos Esdras. Aplicação do Sensoriamento Remoto e do SIG no mapeamento do uso do solo na bacia hidrográfica do rio São Lamberto, no município de Claro dos Poções/MG. Revista Cerrados, [s. l.], v. 8, n. 01, p. 157–178, 2010. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/cerrados/article/view/2967. Acesso em: 23 jul. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>