A INTER-RELAÇÃO ENTRE PLANTAS MEDICINAIS E AS PAISAGENS CULTURAIS DO CERRADO SEGUNDO A POPULAÇÃO LOCAL NO MUNICÍPIO DE MIRABELA.

Autores

  • Amanda Maria Soares Silva Professora na Rede pública de Ensino do Estado de Minas Gerais

Palavras-chave:

Geografia Cultural, Modo de Vida, Cerrado, Paisagem Cultural

Resumo

Este trabalho busca compreender a inter-relação entre plantas medicinais e as paisagens
culturais segundo a população local no município de Mirabela. As particularidades de
cada território manifestam-se no conhecimento popular, diálogo e na estima com a
natureza, assim como, nas relações mútuas baseadas na coletividade. Por conseguinte,
esse estudo considera a seguinte questão: a população local do município de Mirabela,
ainda estabelece inter-relação entre as plantas medicinais e as paisagens culturais do
Cerrado? Para respondermos essa pergunta foi feita uma vinculação sobre a população
local e o bioma Cerrado e, posteriormente, uma descrição/análise das paisagens
culturais- tabuleiro, chapada e terra de cultura exibindo em cada uma delas a
diversidade de espécies nativas conhecidas e suas possibilidades de uso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AB’SABER, A.N. Espaços ocupados pela expansão dos climas secos na América do
Sul, por ocasião dos períodos glaciais quaternários. Paleoclimas, São Paulo, v.3,
1997.
ALMEIDA, S. P.; SANO, S. M.; RIBEIRO, J. F. Cerrado: espécies vegetais úteis.
Planaltina: EMBRAPA - CPAC, 1998.
BARBOSA et al. Processos culturais associados à vegetação. In: Pinto M.N (ORG).
Cerrado: caracterização, ocupação e perspectivas -Brasília: Editora UNB, 1990.
p.147-162,
CORRÊA, R. L. Territorialidade e corporação: um exemplo. In: SANTOS, M.;
SOUZA, M. A. A. De.; SILVEIRA, M. L. (Org.). Território – Globalização e
Fragmentação. São Paulo: Hucitec, 1996, 332p. P.251 – 256.
CORRÊA, Roberto Lobato e ROSENDAHL, (Org.). Introdução à Geografia
Cultural. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.
CLAVAL, P., As Abordagens da Geografia Cultural. In: CASTRO, E. I., GOMES, P.
C. C. da.CORRÊA, R. L. (Org.). Explorações Geográficas -percursos no fim do
século. Rio de Janeiro, BertrandBrasil, 1997. p. 89-117.
______. As abordagens da Geografia Cultural. In: CASTRO, I. E. de; et. al. (orgs.).
Explorações geográficas: percursos no fim do século. 2. ed. Rio de Janeiro: Bertrand
Brasil, 2006. p. 89-117.
DAMIANI, A. L. O Lugar e a Produção do Cotidiano. In: CARLOS, A. F. A (Org.).
Novos Caminhos da Geografia. São Paulo: Contexto, 1999. 204 p. P.161-172.
DAYRELL, Carlos Alberto. Os Geraizeiros descem a serra: ou a agricultura do
agrobusiness que não aparece nos relatórios.In: Cerrado e desenvolvimento: Tradição
e atualidade. Montes Claros, Centro de Agricultura Alternativa (CAA); Goiânia
Agência ambiental de Goiás, 2000.
DIEGUES, Antônio Carlos. Etnoconservação: novos rumos para a proteção à
natureza nos trópicos. São Paulo: Hucitec, 2000.
IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia Estatística. Disponível
em:<http://cod.ibge.gov.br/2982.htm> . Acesso em: 09 de setem. 2015.
LEWINSOHN, T. M.; PRADO, P. I. Quantas espécies há no Brasil? Megadiversidade,
v.1, p.36-42, 2005.
LORENZI, H. Plantas daninhas do Brasil: terrestres, aquáticas, parasitas e tóxicas.
4.ed. Nova Odessa: Plantarum, 2008.
MÉO, Guy di; SAUVAITRE, Claire; SOUFFLET, Fabrice. Les paysages de l’identité
(le cas du Piémont béarnais, à l’est de Pau).Geoccarrefour, v. 79, n. 2, 2004.
NASCIMENTO, Flávia Brito; SCIFONI, Simone. A paisagem cultural como novo
paradigma para a proteção: a experiência do Vale do Ribeira - S.P. Revista CPC,
São Paulo, n.10, maio/out.2010. Disponível em: . Acesso em: 6 ago. 2014.
NAVES, R.V.;CHAVES, L. J. Uso e conservação de espécies frutíferas do Cerrado.
Jornal Gazeta Technológica, maio/ 2001.
PIRES, M. O.; SANTOS, I.M. (Orgs) REDE CERRADO – Construindo o Cerrado
Sustentável.Experiências e Contribuições das ONG’s –Brasília: Gráfica Nacional,
2000.
RIBEIRO, Ricardo Ferreira. História ecológica do Sertão Mineiro e a formação do
patrimônio cultural sertanejo. In: Cerrado e desenvolvimento. Tradição e atualidade.
DAYRELL, Carlos et al. Montes Claros, CAA-NM. 2000. P. 47 a 99.
RIBEIRO, R. W. Paisagem cultural e patrimônio. Brasília: Iphan, 2007.
RIBEIRO, J. F.; WALTER, B.M.T. Fitofisionomias do Bioma Cerrado. In: SANO S.
M. ALMEIDA, S.P. ed. Cerrado: ambiente e flora. Planaltina: EMBRAPA-CPAC,
1997.
UNESCO. Declaração mundial sobre educação para todos. Plano de ação para
satisfazer as necessidades básicas de aprendizagem. Tailândia: CEPAL/UNESCO,
1990.
VERDUM, Roberto; FONTOURA, Luis Mazini. Temáticas rurais: do local ao
regional. Porto Alegre: Editora da UFRGS. Universidade Aberta do Brasil –
UAB/UFRGS e Curso de Graduação Tecnológica – Planejamento e Gestão para o
Desenvolvimento Rural da SEAD/UFRGS. 2009.

Downloads

Publicado

2020-04-22

Como Citar

Maria Soares Silva, A. . (2020). A INTER-RELAÇÃO ENTRE PLANTAS MEDICINAIS E AS PAISAGENS CULTURAIS DO CERRADO SEGUNDO A POPULAÇÃO LOCAL NO MUNICÍPIO DE MIRABELA. Revista Desenvolvimento Social, 16(1), 65–76. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/2096

Edição

Seção

Artigos