ADOÇÃO HOMOAFETIVA E A ACEITAÇÃO SOCIAL DO NOVO MODELO DE FAMÍLIA

Autores

  • Desirrê Cristina de Souza Faculdades Integradas do Norte de Minas – FUNORTE
  • Ronilson Ferreira Freitas Faculdade Verde Norte - FAVENORTE

Resumo

A proposta do presente estudo concentrou-se na discussão do novo modelo de família, a aceitação da sociedade perante a união homoafetiva e na adoção de crianças e adolescentes. Com o reconhecimento da união estável entre casais homoafetivos pelo Supremo Tribunal Federal oficializou-se na sociedade brasileira um novo modelo de família, inovando o modelo tradicional e, em decorrência disso, surgiram questionamentos no âmbito jurídico sobre os direitos decorrentes dessa união. Nesse sentido, o objetivo do estudo foi analisar o instituto da adoção por casais homoafetivos e apresentar os posicionamentos dos tribunais, tendo em vista que o ordenamento jurídico brasileiro ainda carece de legislação que trate desse tema. A trajetória metodológica do estudo baseou- se em uma revisão bibliográfica com abordagem qualitativa, a partir de doutrinas e estudos que abordem a temática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-04-07

Como Citar

de Souza, D. C. ., & Ferreira Freitas, R. . (2020). ADOÇÃO HOMOAFETIVA E A ACEITAÇÃO SOCIAL DO NOVO MODELO DE FAMÍLIA. Revista Desenvolvimento Social, 20(1), 161-176. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/1869

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)