RIO DE JANEIRO E MEIO AMBIENTE: RELAÇÕES ENTRE CIDADE E NATUREZA NO INÍCIO DO SÉCULO XX

Autores

  • Ivan Souza Vieira

Palavras-chave:

Rio de Janeiro, Cidade, Sociedade, Meio ambiente

Resumo

Este artigo analisa o urbano e o meio ambiente na cidade do Rio de Janeiro no início do século XX. Neste período a orla adquire centralidade no âmbito urbano, num contexto em que os banhos de mar se popularizam e a imagem da praia enquanto local de residência e lazer é progressivamente valorizado. As áreas verdes da cidade, de modo análogo, também são exaltadas, apesar destas já receberem atenção desde finais do século XVIII. Durante o processo histórico se observa que a relação entre meio ambiente, cidade e sociedade paulatinamente se modifica, levando a construção de uma atratividade dos elementos naturais no contexto urbano – tanto entre moradores, como entre visitantes. Assim, o objetivo é compreender de que forma este processo ocorreu a partir da análise do conteúdo de guias de viagem elaborados na primeira década do século XX. Inicialmente, contudo, se faz uma reconstituição histórica dos processos relacionados à formação da orla e das áreas verdes da cidade, como base para se entender o porquê destes espaços aparecerem nos referidos guias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-01-06

Como Citar

SOUZA VIEIRA, I. . RIO DE JANEIRO E MEIO AMBIENTE: RELAÇÕES ENTRE CIDADE E NATUREZA NO INÍCIO DO SÉCULO XX. Revista Desenvolvimento Social, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 21–38, 2020. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/175. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.