A Verdade da Técnica e o Problema da Verdade

Autores

  • Joedson Silva dos Santos Universidade Federal do Espírito Santo

Palavras-chave:

Essência. Wesen. Técnica. Gestell. Verdade.

Resumo

Este artigo está tematicamente circunscrito a análise da verdade da técnica e o problema da verdade a partir da conferência “A questão da técnica” do filósofo alemão Martim Heidegger. O procedimento ou caminho percorrido por Heidegger, nesta conferência, é um esforço para retornar a origem, por isso concentra seu questionamento em três momentos: da essência para Wesen, da técnica para a essência da técnica e do correto para o verdadeiro. O tema central desta conferência não é somente o questionar a técnica, mas também sobre a verdade da técnica. Para o filósofo alemão, questionar a técnica é questionar um mistério infinito da verdade, no qual acontece o desencobrimento e o encobrimento, ou seja, a vigência da verdade. Portanto, o termo desencobrimento é tomado como referência nas principais definições dos termos empregados nesta conferência. É por meio da etimologia do termo grego άλήθεια e do seu sentido originário, desencobrimento, que Heidegger se orienta no caminho para a busca filosófica do ser da técnica e devolver o sentido da pergunta do ser, ao mesmo tempo, contrapõe o sentido da etimologia latina, por essa encobrir o sentido que se desencobriu com os gregos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

FLÓREZ RESTREPO, Jorge Alejandro. La etimología de la verdad y la verdad de la etimología. El retorno de Heidegger a los Orígenes del lenguaje filosófico em Grecia. Foro de Educación, [S.l.], v. 3, n. 5-6, p. 110-119, sep. 2005. ISSN 1698-7802. Disponible en: <http://www.forodeeducacion.com/ojs/index.php/fde/article/view/234>. Acesso: 20 de julho de 2017.

HEIDEGGER M. A caminho da linguagem. Tradução de Márcia Schuback. Petrópolis: Editora Vozes, 2003.

HEIDEGGER, M. Alétheia. In: Ensaios e conferências. Petrópolis: Vozes, 2012c,

p.227-249.

HEIDEGGER, Martin. A questão da técnica. In: Ensaios e Conferências. Petrópolis: Vozes, 8. ed., p. 11-38, 2012a.

HEIDEGGER, Martin. Língua de Tradição e língua técnica. Tradução Mário Botas. Veiga, 1° edição, 1995.

HEIDEGGER M. O fim da filosofia e a tarefa do pensamento. In: Os pensadores. Tradução E. Stein. São Paulo: Nova Cultural, 1999.

HEIDEGGER M. Os conceitos fundamentais da metafísica: mundo, finitude, solidão. Tradução de Marco Antônio Casanova. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006.

HEIDEGGER, Martin. Ser e verdade: 1. A questão fundamental da filosofia; 2. Da essência da verdade. Tradução de Emmanuel Carneiro Leão. Petrópolis: Vozes; Bragança Paulista: Editora Universitária São Francisco, 2007.

HEIDEGGER M. Ser e Tempo. Trad. de Fausto Castilho. Editora da Unicamp; Vozes, 2012b.

HEIDEGGER M. Qu’est-ce que la philosophie?. O que é isto a Filosofia? Conferências e escritos filosóficos. Tradução E. Stein. São Paulo: Nova Cultural, 1991. Coleção Os Pensadores.

HEIDEGGER M. Sobre o humanismo. Tradução: Emmanuel Carneiro Leão. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 3. ed., 2009.

HENRIQUES, Rafael Paes. Tecnologia, objetividade e superação da metafísica. Vitória: EDUFES, 2014.

PINHEIRO, P. Sobre a noção de άλήθεια em Platão (a tradução heideggeriana). In: O que nos faz pensar. RJ: PUC, 1º Semestre, 1997.

RICOEUR, Paul. Ser, esencia y sustância em Platón y Aristóteles. Traducción de Adolfo Castañon, D. F., México, Siglo XXI, 2013.

Downloads

Publicado

2020-10-22

Como Citar

Joedson Silva dos Santos. (2020). A Verdade da Técnica e o Problema da Verdade. Revista Poiesis, 17(2), 3-16. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/poiesis/article/view/3446