Metodologia para resolução de problemas de fenômenos físicos com equações diferenciais ordinárias

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24116/emd25266136v2n52018a04

Palavras-chave:

Resolução de Problemas, Metodologia, Equações Diferenciais

Resumo

Este artigo apresenta uma metodologia para o estudo de Equações Diferenciais Ordinárias (EDO), a partir da Resolução de Problemas privilegiando diversas representações de modelos. Ilustra-se por completo uma resolução, com os passos presentes na proposta metodológica, que direcionaram a análise dos modelos de equações e gráficos dos fenômenos físicos. O referencial teórico parte da matematização de fenômeno físico com Equações Diferenciais pela resolução de problemas, com base nas representações semióticas, diversificação de representações de objetos matemáticos e análise de modelos. A matematização é dimensionada por leis de movimentos, parâmetros quantitativos e qualitativos. Esta metodologia é resultado de um estudo para suporte aos professores e estudantes dos cursos das áreas de Ciências Exatas, que possuem em seus currículos a disciplina de Equações Diferenciais Ordinárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANTON, Howard; BIVENS, Irl; DAVIS, Stephen. Cálculo. Tradução de Claus Ivo Doering. 8. ed. Artmed. 2007.

BASSANEZI, Rodney Carlos. Ensino-aprendizagem com Modelagem Matemática. São Paulo: Contexto, 2002.

DUVAL, Raymond. Semiósis e pensamento humano: registros semióticos e aprendizagens intelectuais. Tradução de Lênio Fernandes Levy e Marisa Rosâni Abreu da Silveira. São Paulo: Livraria da Física, 2009.

LAUDARES, João Bosco; MIRANDA, Dimas Felipe de; REIS, Júlio Paulo Cabral; FURLETTI, Saulo. Equações Diferenciais Ordinárias e Transformadas de Laplace. Belo Horizonte: Artesã. 2017.

ONUCHIC, Lourdes de la Rosa; ALLEVATO, Norma Suely Gomes. Ensino-aprendizagem-avaliação de Matemática: por que através da Resolução de Problemas? In: ONUCHIC, Lourdes de la Rosa et al. (Org.). Resolução de problemas: teoria e prática. Jundiai: Paco Editorial, 2014, p. 35-52.

POLYA, George. A arte de resolver problemas. Tradução de Heitor Lisboa de Araújo. Rio de Janeiro: Interciência, 1994.

POZO, Juan Ignacio. Aprendizes e mestres: a nova cultura da aprendizagem. Tradução de Ernani Rosa. Porto Alegre: Artmed, 2008.

STEWART, James. Cálculo. v. 2. Tradução de Antônio Carlos Moretti e Antônio Carlos Gilli Martins. São Paulo: Pioneira Thonson Learning, 2013.

ZUIN, Elenice de Souza Londron. Cálculo: uma abordagem histórica. In: LAUDARES, João Bosco. LACHINI, Jonas. (Org.). A prática educativa sob o olhar de professores de Cálculo. Belo Horizonte: Fumarc, 2001, p.13-38.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

01-07-2018

Edição

Seção

Artigos