A Teoria de P. Ya. Galperin nas pesquisas em Educação Matemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24116/emd25266136v1n32017a02

Resumo

Desde seu surgimento, a Educação Matemática vem se consolidando como uma área de pesquisa. Dada sua natureza multifacetada, estudos Estado da Arte são importantes para apontar tendências e lacunas de suas linhas investigativas. Destarte, esse artigo visa mapear e caracterizar trabalhos sob o aporte da Teoria de Galperin disponíveis em duas bibliotecas digitais. Sendo uma pesquisa Estado da Arte, selecionamos 15 estudos e os categorizamos em função de: curso, instituição, níveis e modalidades de ensino e conteúdos abordados. Verificamos nas investigações: a prevalência em mestrados profissionais, distribuição em todas as regiões brasileiras, do Ensino Fundamental ao Superior e nas modalidades Educação Especial e Educação a Distância, tratando de todas as subáreas da Matemática da Educação Básica. Assim, é fundamental que novas investigações sobre a Teoria de Galperin sejam empreendidas, visando contribuir para difusão de uma perspectiva de educação escolar voltada para o desenvolvimento integral dos estudantes

Palavras-chave: Educação Matemática. Estado da Arte. Métodos de Ensino. Teoria de Formação Planejada das Ações Mentais e dos Conceitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BEZERRA, Nilra Jane Filgueira. A organização do Ensino de Cálculo Diferencial e Integral na perspectiva da Teoria da Formação po¬r Etapas das Ações Mentais de Galperin. 2016. 261f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) – Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática. Universidade Federal de Mato Grosso. Cuiabá.

CHIRONE, Adriana Regina da Rocha. Aprendizagem de equações do 1º grau a partir da atividade de situações problema como metodologia de ensino, fundamentada na Teoria de Formação por Etapas das Ações Mentais e dos Conceitos de Galperin. 2016. 112f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências) – Universidade Estadual de Roraima. Boa Vista.

DUARTE, Daiana Matias. O ensino do conceito de função afim: uma proposição com base na Teoria de Galperin. 2011. 92f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Unidade Acadêmica de Humanidades, Ciências e Educação. Universidade do Extremo Sul Catarinense. Criciúma.

FARIAS, Severina Andréa Dantas de. Ensino-aprendizagem de triângulo: um estudo de caso no Curso de Licenciatura em Matemática a Distância. 2014. 213f. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Educação. Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa.

FEITOSA, Soraya de Araújo. A atividade de situação de problema como estratégia didática no tratamento da informação no 6º ano do ensino fundamental a partir da teoria de Galperin. 2014. 147f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências) – Universidade Estadual de Roraima. Roraima.

FERREIRA, Norma Sandra de Almeida. As pesquisas denominadas “Estado da Arte”. Educação & Sociedade, Campinas, a. 23, n. 79, p. 257-272, ago. 2002. DOI: 10.1590/S0101-73302002000300013.

FREIRE, Angelo Augusto Côelho. O uso da Geogebra na resolução de problemas matemáticos a partir da teoria de Galperin. 2015. 117f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências) – Universidade Estadual de Roraima. Roraima.

GALPERIN, Petr Yakovlevich. A direção do processo de aprendizagem. Tradução de Suely Aparecida do Nascimento Mascarenhas. AMAzônica, Humaitá, v. 11, n. 2, p. 478-484, jul./dez. 2013a.

GALPERIN, Petr Yakovlevich. A formação dos conceitos e das ações mentais. Tradução de Suely Aparecida do Nascimento Mascarenhas. AMAzônica, Humaitá, v. 11, n. 2, p. 440-450, jul./dez. 2013b.

GALPERIN, Petr Yakovlevich. Introduccíon a la psicologia: um enfoque dialéctico. Tradução de Angela Bustamante. Madrid: Pablo del Río Editor, 1979.

JESUS, Thamires Belo de. (Des)construção do pensamento geométrico: uma experiência compartilhada entre professores e uma aluna surda. 2014. 183f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) – Instituto Federal do Espírito Santo. Vitória.

MOREIRA, Marco Antonio. O mestrado (profissional) em ensino. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, n.1, jul., p.131-142, 2004. DOI: 10.21713/2358-2332.2004.v1.26.

NÓBREGA-THERRIEN, Sílvia Maria; THERRIEN, Jacques. Trabalhos científicos e o Estado da Questão: reflexões teórico-metodológicas. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 15, n. 30, jul./dez. 2004. DOI: 10.18222/eae153020042148.

NUNES NETO, Ronaldo. A atividade de situações problema na aprendizagem do conteúdo de fração fundamentada na teoria de formação por etapas das ações mentais de Galperin com estudantes do 5º ano da Escola Municipal Laucides Inácio de Oliveira. 2015. 182f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências) – Universidade Estadual de Roraima. Roraima. 2015.

NÚÑEZ, Isauro Beltrán. Vygosky, Leontiev e Galperin: formação de conceitos e princípios didáticos. Brasília: Liber Livro, 2009.

NÚÑEZ, Isauro Beltrán; FARIA, Tereza Cristina Leandro de. O enfoque sócio-histórico-cultural da aprendizagem: os aportes de L. S. Vygotsky, A. N. Leontiev e P. Ya Galperin. In: NÚÑEZ, Isauro Beltrán; RAMALHO, Betania Leite. (Org.). Fundamentos do Ensino-Aprendizagem das Ciências Naturais e da Matemática: o Novo Ensino Médio. Porto Alegre: Sulina, 2004, p. 51- 68.

NÚÑEZ, Isauro Beltrán; PACHECO, Otmara Gonzalez. Formação de conceitos segundo a teoria de assimilação de Galperin. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 105, p. 92-109, 1998.

NÚÑEZ, Isauro Beltrán; RAMALHO, Betania Leite. A teoria da Formação Planejada das Ações Mentais e dos Conceitos de P. Ya. Galperin: contribuições para a Didática Desenvolvimental. Obutchénie, Uberlândia, v.1, n.1, p.1-29, jan./jun. 2017. DOI: 10.010101/XXXXX2017-4.

NÚÑEZ, Isauro Beltrán; RAMALHO, Betania Leite. A Teoria de P. Ya. Galperin como fundamento para a formação de habilidades gerais nas aulas de Química. Redequim, Recife, v.1, n.1, p.5-19, out. 2015.

RESENDE, Allana Cristini Borges de. Aprendizagem em Ciências e Matemática de uma criança com Trissomia 8: discussões a partir da Teoria das Ações Mentais por Etapas. 2016. 133f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) – Instituto Federal do Espírito Santo. Vitória.

ROMANOWSKI, Joana Paulin. As licenciaturas no Brasil: um balanço das teses e dissertações dos anos 90. 2002. 142f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação. Universidade de São Paulo. São Paulo.

SAMPAIO, Priscila Feitoza Bezerra. A Atividade de situações problema e a formação por etapas mentais de Galperin na aprendizagem de derivadas parciais do curso de Licenciatura em Matemática, modalidade a distância, da Universidade Federal de Roraima. 2015. 256f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências) – Universidade Estadual de Roraima. Boa Vista.

SANTOS, Flávio Lopes dos. Aprendizagem matemática de um aluno com baixa visão: uma experiência a partir do uso da Teoria de Galperin. 2015. 179f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) – Instituto Federal do Espírito Santo. Vitória.

SANTOS, Solange Almeida. Estudo da aprendizagem na Atividade de Situações Problema em limite de funções de uma variável, fundamentado na Teoria de Formação por Etapas das Ações Mentais de Galperin na licenciatura em matemática no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Roraima. 2014. 199f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências) – Universidade Estadual de Roraima. Boa Vista.

SILVA, Viviane Pereira. Formação dos conceitos relativos aos números racionais no 6º ano do Ensino Fundamental: uma proposta experimental. 2016. 108f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Uberaba. Uberaba.

SINDEAUX, Eduardo Ribeiro. Formação do conceito de função a partir da lógica matemática fundamentada na Teoria de Formação por Etapas das Ações Mentais de Galperin nos estudantes do 1º ano do Ensino Médio. 2015. 73f. Dissertação (Mestrado em Matemática) – Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional. Universidade Federal de Roraima. Boa Vista.

TALIZINA, Nina Fiódorovna. La teoría de la actividad aplicada a la enseñanza. Puebla: Benemérita Universidad Autónoma de Puebla, 2009.

TALIZINA, Nina Fiódorovna. Manual de Psicología Pedagógica. México: Universidad Autónoma de San Luís Potosí, 2000.

VIGINHESKI, Lúcia Virginia Mamcasz. Uma abordagem para o ensino de produtos notáveis em uma classe inclusiva: o caso de uma aluna com deficiência visual. 2014. 156f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciência e Tecnologia) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Ponta Grossa.

Arquivos adicionais

Publicado

01-12-2017

Como Citar

GONÇALVES, P.; NÚÑEZ, I. A Teoria de P. Ya. Galperin nas pesquisas em Educação Matemática. Educação Matemática Debate, Montes Claros, v. 1, n. 3, p. 277–295, 2017. DOI: 10.24116/emd25266136v1n32017a02. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/emd/article/view/50. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos