APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA E A INTELIGÊNCIA ESPACIAL: UMA POSSIBILIDADE DE ATUAÇÃO NA CARTOGRAFIA ESCOLAR

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/rvg267523952020290104

Palavras-chave:

Aprendizagem Significativa, Inteligências Múltiplas, Cartografia Escolar

Resumo

O presente trabalho constitui-se de uma revisão bibliográfica da correlação entre a teoria das múltiplas inteligências, elaborada por Howard Gardner, e a teoria da aprendizagem significativa, proposta por David Ausubel, em uma atuação conjunta entre elas no ensino da cartografia escolar. Partindo da compreensão de que os conteúdos abordados dentro da Geografia Escolar seguem uma evolução teórica conceitual, bem como cognitiva, sendo o ensino sequencial e basilar para os demais anos da vida escolar. Portanto, inicialmente, o estudo aborda a importância da cartografia para a Ciência Geográfica, até sua evolução e reconstrução no ensino, mediante uma cartografia escolar. A posteriori, relacionando esta linguagem com a perspectiva de Gardner sob a inteligência espacial, tendo em vista que a Geografia explora a espacialidade dos fenômenos, conectando os estudos de Ausubel sobre a aprendizagem significativa. Consequentemente, o professor de geografia poderá apropriar-se dos elementos teóricos e metodológicos a sua práxis no ensino da cartografia escolar, por intermédio de uma linguagem espacial dos conteúdos relevantes e significativos para os alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giovana Oliveira do Nasicmento, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Mestranda PPG/GEOPROF – Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN

Anderson de Almeida Morato, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte

Licenciado em Geografia – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN

Referências

ALMEIDA, R. D. Cartografia escolar. 2. ed. São Paulo: Editora Contexto, 2010.

ANTUNES, C. Inteliências Múltiplas e seus Jogos: inteligência espacial. Petrópolis: Vozes, 2009.

BEZ, L. Sobre a inteligência espacial no ensino de geografia: notas para discussão. Revista de Geografia (UFPE), Pernambuco, v. 28, n. 3, p.58-67, 2011.

CARVALHO, H. A aplicação da Teoria de Inteligências Múltiplas de Howard Gardner no ensino de Geografia. 2018. 77 f. Relatório (Mestrado) - Curso de Mestrado em Ensino de Geografia no 3ºciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Porto, 2018.

CLAVAL, P. Epistemologia da Geografia. 2. ed. Florianópolis: Editora da Ufsc, 2014.

GARDNER, H. et al. Inteligências múltiplas ao redor do mundo. Porto Alegre: Artmed, 2010.

GOMES, P. C. C. Quadros Geográficos: uma forma de ver, uma forma de pensar. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2017.

GARDNER, H. Estruturas da Mente: a teoria das Inteligências Mútiplas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

LUDWING, A. B; MARTINS, R. E. M. W. A geografia escolar nos anos iniciais: uma abordagem sobre os conhecimentos cartográficos no quinto ano. In: MARTINS, R. E. M. W. et al (Org.). Educação geográfica em movimento. Goiânia: C&A Alfa Comunicação, 2019.

MENEGUETTE, A. A. C. Cartografia no século XXI: revisitando conceitos e definições. Revista Geografia e Pesquisa, Ourinhos, v. 6, n. 1, p.6-32, 2012.

MOREIRA, M; MASINI, E. F. S. Aprendizagem Significativa: a teoria de David Ausubel.São Paulo. Moraes, 1982.

NASCIMENTO, E; LUDWIG, A. B. A educação cartográfica no ensino-aprendizagem de Geografia: reflexões e experiências. Geografia Ensino & Pesquisa, Santa Maria, v. 19, n. 3, p.29-42, 2015.

SACRISTÁN, J. G.; GÓMEZ, A. L. P. Compreender e transformar o ensino. 4 ed. Porto

SANTOS, F; FECHINE, J. A. L. A cartografia escolar e sua importância para o ensino de Geografia. Caderno de Geografia, [s.l.], v. 27, n. 50, p.500-515, 3 ago. 2017.

SCHÄFFER, N. O. et al. Um globo em suas mãos: práticas para a sala de aula. 3. ed. Porto Alegre: Penso, 2011.

SMOLE, K. C. S. Múltiplas Inteligências na Prática Escolar. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação a Distância, 1999. P. 80; 16 cm. - [Cadernos da TV Escola. Inteligências Múltiplas, ISSN 1517-2341 n.1)

SELBACH, S. Geografia e Didática. Petrópolis: Vozes, 2010.

TUAN, Yi-fu. Espaço e lugar: a perspectiva da experiência. Tradução: Lívia de Oliveira. São Paulo. Difel, 1983.

VALADARES, J. A.; MOREIRA, M. A. A teoria da aprendizagem significativa: sua

fundamentação e implementação. Coimbra: Edições Almedina, 2009.

Downloads

Publicado

2020-10-06

Como Citar

Oliveira do Nasicmento, G., & de Almeida Morato, A. . (2020). APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA E A INTELIGÊNCIA ESPACIAL: UMA POSSIBILIDADE DE ATUAÇÃO NA CARTOGRAFIA ESCOLAR. Revista Verde Grande: Geografia E Interdisciplinaridade, 2(02), 90 -104. https://doi.org/10.46551/rvg267523952020290104