Atividade de educação em saúde sobre doença de Chagas em área endêmica: relato de experiência

Health education activity on Chagas disease in an endemic area: an experience report

Autores

  • Emanuelle de Moura Santos Xavier Universidade Estadual de Montes Claros
  • Thainara da Silva Gonçalves Universidade Estadual de Montes Claros
  • Rosanna Lorrane Francisco dos Reis Matos Universidade Estadual de Montes Claros
  • Núbia Nunes de Souza Universidade Estadual de Montes Claros
  • Ariela Mota Ferreira Fundação Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
  • Renata Fiúza Damasceno Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros
  • Ester Cerdeira Sabino Fundação Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
  • Léa Campos de Oliveira da Silva Fundação Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
  • Desireé Sant’Ana Haikal Universidade Estadual de Montes Claros
  • Thallyta Maria Vieira Universidade Estadual de Montes Claros

DOI:

https://doi.org/10.46551/ruc.v26n1a4

Palavras-chave:

Doença de Chagas, Saúde Única, Ciência do Cidadão, Promoção da Saúde

Resumo

Objetivo: Relatar a experiência da condução de uma atividade de educação em saúde sobre doença de Chagas em área endêmica para a doença no estado de Minas Gerais, Brasil. Método: A atividade de educação em saúde foi planejada e conduzida por uma equipe multidisciplinar composta por pesquisadores e colaboradores. Como principal estratégia educacional foi adotado um fluxo de orientação composto por cinco etapas por meio do qual os participantes obtinham informações sobre a doença. Resultados: A atividade contemplou um público de aproximadamente 500 pessoas em cada município. Considerações finais: Por meio da realização dessa atividade educativa, observamos que mesmo em áreas endêmicas para doença de Chagas, o conhecimento da população sobre a doença é restrito ou inexistente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

PAN-AMERICAN HEALTH ORGANIZATION (PAHO). Chagas Disease. 2022. Disponível em: https://www.paho.org/en/topics/chagas-disease. Acesso em: 20 abr. 2022.

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Chagas disease (also known as American trypanosomiasis). 2022. Disponível em: https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/chagas-disease-(american-trypanosomiasis). Acesso em: 13 abr. 2022.

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Chagas disease in Latin America: na epidemiological update based on 2010 estimates. 2015. Disponível em: https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/242316/WER9006_3344.PDF?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 17 abr. 2023.

SILVEIRA, Antônio Carlos; DIAS, João Carlos Pinto. O controle da transmissão vetorial. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 44, p. 52-63, 2011.

DATASUS. Informações de Saúde, Epidemiológicas e Morbidade: banco de dados. 2022. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sim/cnv/obt10mg.def. Acesso em: 28 mar. 2022.

GALVÃO, Cleber. Vetores da doença de chagas no Brasil. Série Zoologia, Guia e manuais de identificação. Sociedade Brasileira de Zoologia, v. 1, p. 289, 2014.

CRUZ, Dardiane Santos et al. Serological screening for Chagas disease in na endemic region of Northern Minas Gerais, Brazil: the SaMi-Trop project. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, v. 63, p. 1-7, 2021.

SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE. Boletim Epidemiológico: Territorialização e vulnerabilidade para doença de Chagas crônica. 2022. Disponível em:https://www.gov.br/saude/pt-br/centrais-de-conteudo/publicacoes/boletins/boletins-epidemiologicos/especiais/2022/boletim-especial-de-doenca-de-chagas-numero-especial-abril-de-2022. Acesso em: 28 mar. 2022.

ROSENTHAL, Luciane d’Avila et al. Conhecimentos sobre a doença de Chagas e seus vetores em habitantes de área endêmica do Rio Grande do Sul, Brasil. Cadernos Saúde Coletiva, v. 28, n. 3, 2020.

MAEDA, Maicon Hitoshi; GURGEL-GONÇALVES, Rodrigo. Conhecimentos e práticas de moradores do Distrito Federal, Brasil, em relação à doença de chagas e seus vetores. Revista de Patologia Tropical / Journal of Tropical Pathology, Goiânia, v. 41, n. 1, 2012.

VILLELA, Marcos Marreiro et al. Avaliação de conhecimentos e práticas que adultos e crianças têm acerca da doença de Chagas e seus vetores em região endêmica de Minas Gerais, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 25, p. 1701-1710, n. 8, 2009.

OLIVEIRA, Cláudia Di Lorenzo et al. Cohort profile update: the main and new findings from the SaMi-Trop Chagas cohort. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, v. 63, ed. 75, 2021.

FERREIRA, Ariela Mota et al. Benznidazole use among patients with chronic Chagas’ cardiomyopathy in an endemic region of Brazil. PlosOne, v. 11, n. 11, 2016.

DIAS, João Carlos Pinto et al. II Consenso Brasileiro em Doença de Chagas, 2015. Epidemiologia Serviço Saúde, Brasília, v. 25, p. 7-86, 2016 .

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Control of Chagas’ disease: Report of a WHO Exppert Committee. Geneva, 1991. Disponível em: http://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/37686/WHO_TRS_811.pdf?sequence=1. Acesso em: 26 mar 2022.

FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE (BRASIL). Elaboração de projeto de melhoria habitacional para controle da doença de chagas. Brasília: Funasa. 2013. Disponível em: http://www.funasa.gov.br/documents/20182/34758/elab_proj_melh_hab_cont_doen_chagas_2.pdf/4b57c475-5812-43e0-9ad3-ed4ebf150070. Acesso em: 10 mar. 2023.

CARLAN, Franciele de Abreu; SEPEL, Lenira Maria Nunes; LORETO, Élgion Lúcio da Silva. Explorando diferentes recursos didáticos no Ensino Fundamental: uma proposta para o ensino de célula. Acta Scientiae, v 15, n. 2, p. 338-353, 2013.

BEVILACQUA, Gabriela Dias; COUTINHO-SILVA, Robson. “O Uso do microscópio em sala de aula e a aprendizagem sobre células para alunos do 5º ano escolar”. Ensino, Saúde e Ambiente, v. 11, n. 2, p. 1-16, 2018.

SILVA, Rubens Antônio; BONIFÁCIO, Paula Regina; WANDERLEY, Dalva Marli Valério. Doença de Chagas no Estado de São Paulo: comparação entre pesquisa ativa de triatomíneos em domicílios e notificação de sua presença pela população em área sob vigilância entomológica. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 32, n. 6, p. 653-659,1999.

FALAVIGNA-GUILHERME, Ana Lúcia et al. Atividades educativas para o controle de triatomíneos em área de vigilância epidemiológica do Estado do Paraná, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 18, n. 6, p. 1543-1550, 2002.

OLIVEIRA, Franklin Learcton Bezerra et al. Extensão universitária e as ações educativas para o controle dos vetores da doença de Chagas em Santa Cruz - RN. Revista de Ciência em Extensão, v. 13, n. 1, p. 128-136, 2017.

CURTIS-ROBLES, Rachel et al. Combining Public Health Education and Disease Ecology Research: Using Citizen Science to Assess Chagas Disease Entomological Risk in Texas. PLOS Neglected Tropical Diseases, v. 9, n. 12, 2015.

PAN-AMERICAN HEALTH ORGANIZATION (PAHO). Chagas Disease. 2022. Disponível em: https://www.paho.org/pt/campanhas/dia-mundial-da-doenca-chagas-2022. Acesso em: 30 mar. 2023.

Downloads

Publicado

2023-11-03

Como Citar

DE MOURA SANTOS XAVIER, E.; DA SILVA GONÇALVES, T.; FRANCISCO DOS REIS MATOS, R. L.; NUNES DE SOUZA, N.; MOTA FERREIRA, A.; FIÚZA DAMASCENO, R.; CERDEIRA SABINO, E.; CAMPOS DE OLIVEIRA DA SILVA, L.; SANT’ANA HAIKAL, D.; MARIA VIEIRA, T. Atividade de educação em saúde sobre doença de Chagas em área endêmica: relato de experiência : Health education activity on Chagas disease in an endemic area: an experience report. Revista Unimontes Científica, [S. l.], v. 26, n. 1, p. 1–9, 2023. DOI: 10.46551/ruc.v26n1a4. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/unicientifica/article/view/6462. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

Relatos de Experiência

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2