PERCEPÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA QUANTO À CONTRIBUIÇÃO DO FUTEBOL NA PREVENÇÃO DA OBESIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Autores

  • Grauciele Pereira de Deus Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes
  • Pedro Octavio Barbanera

DOI:

https://doi.org/10.46551/rn2022131900066

Palavras-chave:

Futebol. Obesidade. Educação Física Infantil.

Resumo

A presente pesquisa teve por objetivo verificar a percepção de professores de Educação Física quanto à contribuição do futebol na prevenção da obesidade na Educação Infantil. Trata-se de um estudo descritivo, de cunho quantitativo e transversal. Foram avaliados vinte e cinco professores de Educação Física da rede pública municipal de ensino na cidade de Arinos – MG. Como instrumento foi utilizado um questionário composto por 06 questões fechadas. A partir dos dados coletados, foi realizada uma análise descritiva no programa Excel com valores percentuais. Os resultados apontaram que os casos de alunos com obesidade estão entre os 10 a 14 anos e que há uma prática favorável do futebol nas aulas de Educação Física. No entanto, percebe-se uma ausência da participação dos pais no controle e prevenção à obesidade, refletindo na qualidade de vida desses jovens. A percepção dos professores na prevenção da obesidade não está muito visível, embora a alimentação seja abordada regularmente com base na pirâmide alimentar, mas, a escola não tem nutricionistas para acompanhar e orientar a alimentação dos alunos e, além de tudo, o consumo de alimentos industrializados é bastante adotado neste ambiente pelos estudantes. A compreensão sobre a obesidade tem avançado bastante, o que tem facilitado discussões e debates que podem ser inseridos no ambiente escolar. Ao final foi possível depreender que o futebol pode interferir no peso das crianças e minimizar a puberdade precoce com problemas de saúde causados pelo sedentarismo e deficiências nutricionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRIATTI, R.A.M. Planejamento Participativo em Educação Física Escolar nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: Possibilidades e desafios. Rio Claro/SP 2020. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/202241. Acesso: 07 dez. 2021.

BERNIERI, C. O. Lúdico e a Educação Física Escolar: Conceituando o Lúdico, A Educação Física e o lúdico, Relação professor e aluno, Jogos, brinquedos e brincadeiras e a Educação Física. REI - Revista de Educação do UNIDEAU, v. 1, n. 1, p. 97-114, 13 jul. 2021. Disponível em: https://periodicos.ideau.com.br/rei/article/view/38/61. Acesso: 08 dez. 2021.

BRASIL. Base nacional comum curricular: educação é a base. Brasília, DF: Secretaria de Educação Fundamental, Ministério da Educação, 2018.

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: educação física. Ensino de primeira à quarta série. Brasília, DF: Secretaria de Educação Fundamental, Ministério da Educação, 1997.

BRASIL. Senado Federal. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional 9.394, de 1996.

DA SILVA, A. M. C. Conjecturas Sobre a Educação Física Escolar na Atualidade. Revista Conexão Universitária da FDB, v2, n. 2, p. 118, agosto 2020. Disponível em: https://unibrbotucatu.com.br/wp-content/uploads/2020/08/v2-n2-2020-agosto-2020.pdf#page=119. Acesso: 07 dez. 2021.

DE CARVALHO, V. F, et al. Princípios teórico metodológicos da educação física nos anos iniciais da educação básica. Educação física escolar, 49.Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Rafael-Marques Garcia/publication/348607842_EDUCACAO_FISICA_ESCOLAR_NOCOES_BASICAS_PARA_AS_SERIES_INICIAIS/links/600753a345851553a0582d98/EDUCACAO-FISICA-ESCOLAR-NOCOES-BASICAS-PARA-AS-SERIES-INICIAIS.pdf#page=50. Acesso: 05 dez. 2021

DELVALLE. E. C, et al. Desenvolvimento Motor na Educação Infantil Através da Ludicidade. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação, v. 7, n. 6, p. 1265–1277, 2021. DOI: 10.51891/rease.v7i6.1507. Disponível em: https://periodicorease.pro.br/rease/article/view/1507. Acesso em: 7 dez. 2021.

JUSTINO, M. V. dos S. A Educação Física no Ensino Fundamental I. 2020. 28f. Monografia (Graduação em Educação Física) - Faculdade de Ciências da Educação e Saúde, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2020. Disponível em: https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/prefix/14611. Acesso: 07 dez. 2021

MAGALHÃES, S., et al. O Esporte como Ferramenta Didático Pedagógica no Contexto Escolar. Interação-Revista de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 22, n. 1, p. 108-117, 2020. Disponível em: https://periodicos.unis.edu.br/index. php/interacao/article/view/287. Acesso em: 20 nov. 2021.

MAIA, D. F, et al. De. jogos e brincadeiras nas aulas de educação física para o desenvolvimento da criança. Cenas Educacionais, v. 3, p. e8623, 17 maio 2020.

MINAS GERAIS. Currículo Referência de Minas Gerais. Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais-SEE/MG, 2018.

OLIVEIRA, S. K. F. de S. Jogos Populares nas aulas de Educação Física: um estudo sobre possibilidades pedagógicas. 2020. 113f. Dissertação (Mestrado em Educação Física Escolar) – UFMT/Faculdade de Educação Física, Cuiabá, 2020. Disponível em: https://cms.ufmt.br/files/galleries/210/S2fe1b6f1440460acf93c71fb33de0de3af7da16e.pdf. Acesso: 04 dez. 2021.

PESSOA E. F. Ferramentas para Educação Física Escolar em Sala de Aula no Enfrentamento a Obesidade Infantil. Revista Artigos. Com, v. 21, p. e4500, 2020. Disponível em: https://acervomais.com.br/index.php/artigos/index. Acesso: 05, dez. 2021.

PICANÇO. I. A, et al. Jogos e brincadeiras tradicionais nas aulas de Educação Física. Monografia. Parintins/AM 2021 Disponível em: https://www.riu.ufam.edu.br/bitstream/prefix/5954/4/TCC%20_IngraPicanco.pdf. Acesso: 08 dez. 2021.

Rodrigues, L. F. D. A construção da experiência teatral na educação básica pela exploração de dispositivos tecnológicos. Porto Alegre, 2020 Disponível em: http://hdl.handle.net/10183/212956. Acesso: 22 maio 2022.

SCHMITT, P. M., et al. O brincar de bebês-mães e sua relação com o desenvolvimento psíquico, linguístico e motor. Santa Maria/RS, 2019. Disponível em: http://repositorio.ufsm.br/handle/1/20482. Acesso: 22 maio 2022

UEBEL, M. P. O Cérebro na Infância: um guia para pais e educadores empenhados em formar crianças felizes e realizadas. São Paulo: Editora Contexto, 2022.

Publicado

2023-05-03

Como Citar

PEREIRA DE DEUS, G.; OCTAVIO BARBANERA, P. PERCEPÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA QUANTO À CONTRIBUIÇÃO DO FUTEBOL NA PREVENÇÃO DA OBESIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL. RENEF, [S. l.], v. 14, n. 21, p. 26–35, 2023. DOI: 10.46551/rn2022131900066. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/renef/article/view/5523. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos