Análise dos indicadores de desenvolvimento rural do Norte de Minas

Analysis of indicators for rural development in the North of Minas Gerais

Autores

  • Claudiana Aparecida Leal de Araujo Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)
  • Carlos Renato Theophilo Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)

DOI:

https://doi.org/10.46551/issn2179-6807v27n2p148-169

Palavras-chave:

Desenvolvimento Rural; Índice de Desenvolvimento Rural

Resumo

A noção de desenvolvimento rural está ligada a transformações, a melhoria da qualidade de vida da população rural, considerando os aspectos plurais existentes nesse meio. O desenvolvimento rural, de certa forma, resulta de ações articuladas nas vertentes cultural, social e econômica com o objetivo de melhorar qualidade de vida no espaço rural. O objetivo deste trabalho foi de analisar os níveis de desenvolvimento rural dos municípios da Mesorregião Norte de Minas, com base nos indicadores populacionais, de bem-estar social, econômicos e ambientais no ano de 2010. A metodologia utilizada foi baseada no estudo de Kageyama (2004), que adotou o Índice de Desenvolvimento Rural (IDR), um índice composto, obtido pela média de outros indicadores, a saber: os indicadores de população, de bem-estar social, desenvolvimento econômico e meio ambiente. A ideia de medir o desenvolvimento rural por meio de um indicador possibilitou uma reflexão sobre uma medida que resultasse da combinação de diversas dimensões importantes nesse contexto. A análise do IDR reforçou a ideia de que os aspectos multidimensionais são fundamentais para o desenvolvimento rural. Além disso, medir o desenvolvimento rural exige escolha criteriosa de variáveis e a combinação dessas em cada dimensão, além da observação das características da região a ser analisada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudiana Aparecida Leal de Araujo, Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)

Mestre em Desenvolvimento social pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), Professora-pesquisadora da Unimontes. E-mail claudiana.araujo@unimontes.br. ORCID https://orcid.org/0000-0002-6387-9484.

Carlos Renato Theophilo, Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)

Mestre e Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP). Professor-pesquisador da Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES. E-mail: crtheophilo@uol.com.br. https://orcid.org/0000-0002-2857-3287.

Referências

ABRAMOVAY, Ricardo. O Futuro das Regiões Rurais. Porto Alegre, Editora da UFRGS, 2003.

BAVA, S.C. Desenvolvimento local: uma alternativa para a crise social? São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v.10, n.3, p.53-59, 1996.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 05 de outubro de 1988, Ed. Atual. São Paulo: Saraiva, 2006.

BRITO, I. C. B.. O reordenamento territorial socioambiental dos geraizeiros em conflito com a monocultura de eucalipto no Norte de Minas Gerais. In: 36º Encontro Anual da ANPOCS, 2012, Águas de Lindóia - SP. 36º Encontro Anual da ANPOCS, 2012.

CARVALHO, José Gilson. Análise da agricultura familiar e do PRONAF no Norte de Minas Gerais [manuscrito] /Universidade Estadual de Montes Claros, 2012.

CONAB, Companhia Nacional de Abastecimento. PAA – Evolução das operações. Disponível em: <http://www.conab.gov.br >. Acesso em 2013

CONTERATO, M. A. ; SCHNEIDER, S.; WAQUIL, P. D.. Desigualdades regionais de desenvolvimento rural do rio grande do sul: uma proposta de análise multidimensional a partir de três microrregiões. 2009. Disponível em: http://revistas.fee.tche.br/index.php/ensaios/article/view/2307/2685. Acesso em 20 de jan de 2014

FAVARETO, A., DEMARCO, D. “Entre o capital social e o bloqueio institucional: uma avaliação dos CMDR em cinco estados brasileiros”. In: Schneider, S.; Silva, M. K., Marques, P. E. M. (orgs). Políticas públicas e participação social no Brasil rural. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2004.

FURTADO, C. O mito do desenvolvimento econômico. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

____________. Desenvolvimento e Subdesenvolvimento. Rio de Janeiro, Contraponto Internacional Celso furtado, 2009.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1991.

__________. Capitalismo e moderna teoria social. 5. ed. Lisboa: Presença, 2000. 335 p.

GUZMÁN, Eduardo Sevilla. Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável. In: AQUINO, Adriana Maria de; ASSIS, Renato Linhares (Eds.). Agroecologia: Princípios e Técnicas para uma Agricultura Orgânica Sustentável. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2005. p. 101-32.

GUZMÁN CASADO, G.; GONZÁLEZ de MOLINA, M.; SEVILLA GUZMÁN, E. Introducción a la agroecología como desarrollo rural sostenible. Madrid: Mundi-Prensa, 2000. 535 p.

HELFAND, S. M.; DEL GROSSI, “El Boom Agrícola e la Pobreza Rural en Brasil: 1995- 2006” in Boom Agrícola e Persistencia de la Pobreza Rural en América Latina, edited by J. Graziano da Silva, S. Gomez, and R. Castañeda, Santiago, Chile: UN Food and Agriculture Organization (FAO), 2009.

HELFAND, S. M.; ROCHA, R. VINHAIS, H. E. F. Pobreza e desigualdade de renda no Brasil rural: Uma análise da queda recente. Pesquisa e Planejamento Econômico v. 39 n. 1, abril 2009.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Agropecuário 2006. Disponível em:<http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/agropecuaria/censoagro/default.shtm>. Acesso em: 30 ago. 2012.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2000. Disponível em < http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/default_censo_2000.shtm>. Acesso em Jul de 2013

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2010. Disponível em http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/default.shtm>. Acesso em Jul de 2013

JANUZZI, P. M. Indicadores Sociais no Brasil. Campinas, SP. Ed Alínea, 2012.

KAGEYAMA, A. “Desenvolvimento Rural: conceito e um exemplo de medida”. Anais do XLIII Congresso da SOBER Cuiabá (MT). 2004.

MARTINS, Gilberto de Andrade. THEOPHILO, Carlos Renato. Metodologia de Investigação Cientifica para Ciências Sociais Aplicadas. São Paulo. Atlas. 1997.

PUTNAM, Robert D.; LEONARDI, Roberti; NANETTI, Raffaella. Comunidade e democracia: a experiência da Itália moderna. Rio de Janeiro: FGV, 1996. 257 p.

RODRIGUES, Luciene. Formação econômica do Norte de Minas e o período recente. In: OLIVEIRA, M.F., RODRIGUES, L. (Org.). Formação social e econômica do Norte de Minas. Montes Claros: UNIMONTES, 2000.

_____________. Itinerário da construção das abordagens de desenvolvimento. In: Argumentos – Revista do Departamento de Ciências Sociais da Unimontes. Montes Claros: Ed. UNIMONTES, 2009.

SABOURIN, Eric. Camponeses do Brasil: entre a troca mercantil e a reciprocidade. Traduzido do Frances por Leornardo Milani. Rio de Janeiro. Garamond. 2009, 336p.

SARTORI, Giovanni. Comparación Y Método Comparado. 1994. Disponivel em http://pt.scribd.com/doc/53987867/Giovanni-Sartori. Acesso em 06/09/2012.

SCHNEIDER, S.; ELCHER, F.. A Contribuição de Karl Polanyi para a sociologia do desenvolvimento rural. Revista Sociologias, Porto Alegre, ano 13, no 27, mai./ago. 2011, p. 180-219

SCHNEIDER, S . Território, Ruralidade e Desenvolvimento. In: VELÁSQUEZ LOZANO, Fabio.; MEDINA, Juan Guillermo Ferro (Editores). (Org.). Las Configuraciones de los Territorios Rurales en el Siglo XXI. 1 ed. Bogotá/Colombia: Editorial Pontifícia Universidad Javeriana, 2009, v. 1, p. 67-108.

SEN, Amartya Kumar. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

SILVA, Fernanda Faria. Distribuição de crédito para a agricultura familiar: um estudo do PRONAF a partir de um indicador de desenvolvimento rural. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Uberlândia. 2006.

SILVA, José Graziano da. O Novo Rural Brasileiro, Revista Nova economia. Belo horizonte. 7(1):43-81 (maio de 1997).

SILVA, José Graziano, Jean Marc e Bianchini. O Brasil Rural precisa de uma Estratégia de Desenvolvimento. Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário / Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável / Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural, 2001.

SILVA, Natália Carolina de Almeida, et al. A Expansão da Monocultura do Eucalipto no Norte de Minas Gerais: Uma abordagem Etnoecológica da Comunidade Cana Brava. Resumos do VI CBA e II CLAA. Revista Brasileira de Agroecologia. Vol. 4 Nº. 2. Novembro de 2009.

SOUZA, Celina. Estado da Arte da Pesquisa em Políticas Públicas. In: Políticas Públicas no Brasil. HOCHIMAN, Gilberto (org.). Rio de Janeiro. Editora FioCruz. 2007. 398 p.

SOUZA, M.J.L. O território: sobre espaço e poder, autonomia e desenvolvimento. In: CASTRO, I.E.;GOMES, P.C.C. e CORRÊA, R.L. (Orgs.). Geografia: conceitos e temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995.

TONNEAU, J. P.; SABOURIN. E. Agricultura Familiar: interação entre políticas públicas e dinâmicas locais: ensinamentos a partir de casos. Porto Alegre. Editora da UFRGS, 2007.

VEIGA, José Eli da. Desenvolvimento Sustentável: o desafio do Século XXI. Rio de Janeiro. Garamond, 2010.

Downloads

Publicado

2022-02-22

Como Citar

ARAUJO, C. A. L. de .; RENATO THEOPHILO, C. Análise dos indicadores de desenvolvimento rural do Norte de Minas: Analysis of indicators for rural development in the North of Minas Gerais. Revista Desenvolvimento Social, [S. l.], v. 27, n. 2, p. 148–169, 2022. DOI: 10.46551/issn2179-6807v27n2p148-169. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/4581. Acesso em: 29 jun. 2022.