CIBERESPAÇO: ENTRE ESPAÇO, REDES E PERFORMANCES SOCIOESPACIAIS

Autores

  • Gustavo Souza Santos Faculdades Integradas Pitágoras De Montes Claros – FIPMOC
  • Maria das Graças Campolina Cunha Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES

Resumo

O ciberespaço se constitui como um espaço reticulado, cuja funcionalidade e (i)materialidade o posicionam para além da técnica e da infraestrutura informacional, mas o tornam um esteio propício para performances socioespaciais. A proposta deste artigo é discutir o ciberespaço como um espaço reticulado, isto é, um esteio que se articula entre espaço e rede, refletindo a produção de performances socioespaciais a partir de sua constituição e funcionalidade. No itinerário discursivo, são analisados os marcadores de (i)materialidade, virtualidade, comunicação e técnica, deflagradores das performances socioespaciais no ciberespaço. As discussões aqui levantadas partem da complexificação sociocultural promovida pelo ciberespaço que tem reconfigurado espaço, sujeitos, interações e coletividades, temáticas assaz pertinentes à Geografia contemporânea que tem se debruçado sob as revoluções entre espaço e sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-04-07

Como Citar

Souza Santos, G., & Campolina Cunha, M. das G. (2020). CIBERESPAÇO: ENTRE ESPAÇO, REDES E PERFORMANCES SOCIOESPACIAIS. Revista Desenvolvimento Social, 20(1), 55-65. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/1858

Edição

Seção

Artigos