NORTE DE MINAS: MIGRAÇÕES INTRAESTADUAL CENSO DEMOGRÁFICO 2010

Autores

  • Gildette Soares Fonseca Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Rafael Lopes Nogueira Guimarães Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Duval Magalhães Fernandes Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Palavras-chave:

Censo 2010, Norte de Minas, Intraestadual, Migração

Resumo

Este artigo apresenta a emigração e imigração da mesorregião Norte de Minas Gerais em
relação as demais mesorregiões. A base de dados foi o Censo Demográfico de 2010 do Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A abordagem metodológica consistiu em
levantamento bibliográfico, tratamento dos dados do Censo de 2010 e elaboração de mapas. O
Norte de Minas abrange oitenta e nove municípios, cuja economia é basicamente agropecuária,
com exceção de Montes Claros, Pirapora, Bocaiúva e Várzea da Palma que abrigam setor
industrial e forte rede de comércio. Montes Claros é polo regional com serviços mais
especializados, educacional, de saúde, financeiro, jurídico, portanto local de maior atração
populacional da mesorregião. O Censo Demográfico de 2010 apontou que a emigração do Norte
de Minas é maior para as mesorregiões Metropolitana de Belo Horizonte e Triângulo Mineiro /
Alto Paranaíba. Os municípios de Montes Claros e Pirapora se destacam em número de
emigrantes. Quanto à imigração a maior quantidade de indivíduos é da mesorregião
Metropolitana de Belo Horizonte, mas todas as mesorregiões enviaram indivíduos para o Norte
de Minas. A emigração é superior a imigração, também é expressiva a migração entre os
municípios do Norte de Minas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-04-03

Como Citar

Soares Fonseca, G. ., Lopes Nogueira Guimarães, R. ., & Magalhães Fernandes, D. . (2020). NORTE DE MINAS: MIGRAÇÕES INTRAESTADUAL CENSO DEMOGRÁFICO 2010. Revista Desenvolvimento Social, 13(1), 89 - 103. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/1784