Determinação da evapotranspiração real diária em áreas irrigadas do Projeto Jaíba (Minas Gerais, Brasil), mediante imagens Landsat 5 - TM

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22238/rc24482692v15n12017p53a76

Palavras-chave:

Evapotranspiração; SEBAL; Projeto Jaíba.

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo a estimativa da evapotranspiração em áreas irrigadas do projeto Jaíba (MG) e áreas circunvizinhas por meio de dados satelitários. Foram utilizadas cinco imagens do satélite Landsat 5 –TM, órbita 219 ponto 70, do ano de 2011. A estimativa da evapotranspiração real diária foi obtida através do algoritmo SEBAL (Surface Energy Balance Algorithm for Land). O SEBAL é constituído de várias etapas, que consiste na estimativa do balanço de radiação e balanço de energia e evapotranspiração. Para a obtenção desses parâmetros, utilizou-se dados da estação meteorológica localizada na cena Landsat. Foram obtidos valores médios para a evapotranspiração no período de 24 horas de 6,85 mm.dia-1, 4,0 mm.dia-1, 2,6 mm.dia-1, 2,2 mm.dia-1 e 3,4 mm.dia-1 para os dias juliano DJ 31, DJ 111, DJ 175, DJ 191 e DJ 255, respectivamente. Observou-se que a evapotranspiração apresentou variação no período analisado devido à quantidade de radiação disponível para cada dia, indicando um comportamento decíduo nas áreas de floresta estacional. A técnica utilizada demonstrou-se eficiente nas análises dos componentes estudados, sendo o SEBAL uma ferramenta importante para a gestão ambiental dos recursos hídricos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Alves Veloso, Universidade Federal do Pará – UFPA, Santarém, Pará, Brasil.

Possui graduação Geografia pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES) e Mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atualmente é professor na Universidade Federal do Pará (UFPA) e doutorando em Geografia pela Universidade Federal de Goiás (UFG), atuando no Laboratório de Processamento de Imagens e Geoprocessamento – LAPIG.

Manuel Eduardo Ferreira, Universidade Federal de Goiás – UFG, Goiânia, Goiás, Brasil.

Possui graduação em Geografia pela Universidade de Brasília (UnB), Mestrado em Processamento de Dados em Geologia e Análise Ambiental pela Universidade de Brasília (UnB) e doutorado em Ciências Ambientais pela Universidade Federal de Goiás (UFG), com estágio pós-doutorado no Woods Hole Research Center (Massachusetts, EUA). Atualmente é professor adjunto 4 da Universidade Federal de Goiás (UFG), atuando na área de Cartografia e Geoprocessamento, vinculado ao Instituto de Estudos Sócio-Ambientais (IESA), e ao Laboratório de Processamento de Imagens e Geoprocessamento – LAPIG.

Bernardo Barbosa da Silva, Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

Possui Graduação em Meteorologia, Mestrado em Meteorologia e Doutorado em Engenharia Civil, todos cursados na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Atualmente é Professor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), atuando no Programa de Pós-Graduação em Meteorologia, bolsista de produtividade CNPQ – nível 1C.

Referências

BASTIAANSSEN, W. G. M. SEBAL – Based Sensible and Latent Heat Fluxes in the Irrigated Gediz Basin. Turkey. Journal of Hydrology, v. 229, p.87-100, 2000.

BASTIAANSSEN, W.G.M.; BANDARA, K.M.P.S. Evaporative depletion assessments for irrigated watersheds in Sri Lanka. Irrigation Science, v. 21, p. 1- 15, 2001.

BASTIAANSSEN, W. G. M. Regionalization of surface flux densities and moisture indicators in composite terrain. Ph.D. Thesis, Wageningen Agricultural University, Wageningen, Netherlands, 1995. 237p.

BASTIAANSSEN, W. G. M. Regionalization of surface flux densities and moisture indicators in composite terrain: A remote sensing approach under clear skies in Mediterranean climate. PhD. Dis., CIP Data Koninklijke Biblioteheek, Den Haag, the Netherlands,1998. 272p.

BEZERRA, B. G. Balanço de energia e evapotranspiração em áreas com diferentes tipos de cobertura de solo no cariri cearense através do algoritmo SEBAL. Dissertação de Mestrado em Meteorologia. Universidade Federal de Campina Grande – Unidade Acadêmica de Ciências Atmosféricas, UFCG, 2006.

CODEVASF. Plano de Controle Ambiental – PCA. Empreendimento: Projeto de Irrigação do Gorutuba. Brasília-DF, 2007.

DIJ – Distrito de Irrigação Jaíba: Disponível em http://www.abanorte.com.br/a-abanorte/associoacoes-parceiras/dij-projeto-de-irrigacao-de-jaiba/: Acessado em 2013

FREITAS A. M.; PEREIRA, C.; COSTA, D. A. Geologia e Hidrogeologia de Jaíba, Verdelândia e Varzelândia, Norte de Minas Gerais. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Geologia), Universidade Federal de Minas Gerais - MG, 2008. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br

GOMES, H.F.B. Balanços de Radiação e Energia em Áreas de Cultivo de Cana-de açúcar e Cerrado no Estado de São Paulo Mediante Imagens Orbitais. Tese de Doutorado. Universidade Federal de Campina Grande - PB, 2009.

HARISON, L. P. Fundamental concepts and definitions relating to humidity. In Wexler, A. (ed). Humidity and Moisture. V. 3. Reinhold Publishing Company. New York, EUA, 1963.

IBGE. Manual técnico de uso da terra. Manuais técnicos em geociências, Rio de Janeiro, 2006. ISSN 0103-9598. 91p.

Instituto Nacional de Meteorologia - INMET: Disponível em http://www.inmet.gov.br/portal/:

Acessado em 2013

Instituto Nacional de Pesquisa Espacial - INPE: Disponível em http://www.inpe.br/: Acessado em 2013.

LIMA, E. P et al. Estudo da evapotranspiração real diária utilizando imagem de satélite na bacia do rio Paracatu. Anais II Seminário de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Paraíba do Sul: Recuperação de Áreas Degradadas, Serviços Ambientais e Sustentabilidade, Taubaté, Brasil, 2009.

MOURA, A. R. Estimativa da Evapotranspiração de Referência em bacia experimental na região Nordeste. Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil – Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, Recife – PE, 2009.

SILVA, B. B. da; LOPES, G. M.; AZEVEDO, P. V. Balanço de radiação em áreas irrigadas utilizando imagens Landsat 5 -TM. Revista Brasileira de Meteorologia, v.20, n.2, p.243-252, 2005.

SILVA, B. B; BRAGA, A. C; BRAGA, C. C. Balanço de radiação no perímetro irrigado São Gonçalo PB mediante imagens orbitais. Revista Caatinga (UFERSA. Impresso), v. 24, p. 145-152, 2011.

REZENDE, J.F.R. Gestão de Informações utilizando a Tecnologia de Geoprocessamentopara o Projeto Jaíba – Etapa II. Trabalho de conclusão de curso (Especialista em Geoprocessamento). Universidade Federal de Minas Gerais – MG, 2002.

TREZZA, R. Evapotranspiration from a remote sensing for water a management in an irrigation system in Venezuela. Interciencia, v. 31, n.6, p.417-423, 2006.

VELOSO, G.A. ROSA.R. Avaliação do Albedo de Superfície Utilizando Imagens do Satélite Landsat 5 - TM e o algoritmo SEBAL. Anais XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto – SBSR, Foz do Iguaçu, p. 8098-8105, 2013.

VELOSO, G. A. Análise Espaço Temporal dos Componentes do Balanço de Radiação, Energia e Evapotranspiração, Usando Técnicas de Sensoriamento Remoto em Áreas Irrigadas do Projeto Jaíba/MG. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Instituto de Geografia/IG, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.

Downloads

Publicado

2017-06-30

Como Citar

VELOSO, G. A.; FERREIRA, M. E. .; SILVA, B. B. DA . Determinação da evapotranspiração real diária em áreas irrigadas do Projeto Jaíba (Minas Gerais, Brasil), mediante imagens Landsat 5 - TM. Revista Cerrados, v. 15, n. 01, p. 53-76, 30 jun. 2017.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)