Abordagem integral no atendimento odontológico à gestante

Autores

  • Soraya Mameluque Professora Mestre da Clínica Integrada IV do Curso de Odontologia da Unimontes;
  • Edwaldo Barbosa de Souza Júnior Professor Especialista da Clínica Int. IV do Curso de Odontologia da Unimontes.
  • José Carpintero Rezende Professor Mestrando da Clínica Integrada IV do Curso de Odontologia da Unimontes
  • Carla Cristina Gonçalves da Costa Acadêmica do 8º período do Curso de Odontologia da Unimontes e Monitora da Disciplina.
  • Ingrid M. Vanham Acadêmica do 8º período do Curso de Odontologia da Unimontes e Monitora da Disciplina.
  • Josiane M. Oliveira Acadêmica do 8º período do Curso de Odontologia da Unimontes e Monitora da Disciplina.
  • Mônica V. Rocha Acadêmica do 8º período do Curso de Odontologia da Unimontes e Monitora da Disciplina.
  • Tailly da S. Amaral Acadêmica da Clínica Integrada IV do Curso de Odontologia da Unimontes.
  • Wagner A. L. de Carvalho Acadêmico da Clínica Integrada IV do Curso de Odontologia da Unimontes.

Palavras-chave:

Gestação, abordagem integral, saúde bucal.

Resumo

Estudos recentes evidenciam a importância do profissional da odontologia durante a gestação, período esse
em que acontecem numerosas alterações fisiológicas. A maioria dos procedimentos odontológicos, desde que corretamente realizados, não gera quaisquer males ao feto, sobretudo quando executados no período gestacional ideal. Este é
ainda o período ideal para se motivar e educar a gestante que se encontra receptiva à incorporação de hábitos saudáveis
que beneficiem a sua saúde e a do bebê. É necessária a formação de profissionais aptos a prestar atendimento diferenciado à gestante, incluindo ações preventivas e curativas, para que se promova a saúde bucal da mãe e, conseqüentemente, do bebê.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, E. D. Terapêutica Medicamentosa em Odontologia. São Paulo: Artes Médicas, 2001, p. 54-62.

BARROS, B.; MOLITERMO, L. Seria a doença

periodontal um novo fator de risco para o nascimento de bebês prematuros e de baixo peso? Revista Brasileira de Odontologia., v. 58, n. 4, jul-ago/2001, p. 256-

CARRANZA, F.; NEWMAN, M. Periodontia Clínica. 8ª

Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1997, p. 200-203.

COELHO, M. Farmacoterapia durante a gravidez: algumas recomendações. Jornal do CROMG, jul/2002.

CORRÊA, M. Odontopediatria na Primeira Infância. São

Paulo: Santos, 1999.

DE CASTRO, F. et al. Tratamento odontológico no período da gravidez: enfoque para o uso de anestésicos locais.

J. B. C., v.6, n.31, 2002.

DOUGLAS, C. Patofisiologia Oral. v. 2, São Paulo:

Pancast, p. 151.

ELIAS, R. Odontologia de alto risco: pacientes especiais.

Rio de Janeiro: Revinter, 1995, p. 117-132.

FERREIRA, N.F.; et. al. Atenção Odontológica a gestantes. Para quê? Araçatuba, SP, 2002. Disponível no site:

www.unesp.org.br. Acessado em 01/10/03.

FOURNIOL FILHO, A. Pacientes especiais e a odontologia. São Paulo: Santos, 1998, p. 217-234.

LINDHE, J. Tratado de periodontia clínica e implantologia

oral. 3ª ed., Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1999,

p. 246-253.

MARTINS, V.F. A importância da Odontologia para as

gestantes. Jornal da APCD. Set, 2004, p. 8-9.

MONTANDON, E. Hábitos dietéticos e de higiene

bucal em mães no período gestacional. Jornal Brasileiro de Odontopediatria e Odontologia do Bebê, v. 4, n.

, Curitiba, mar-abr/2001.

MOORE, K.; PERSAUD, T. Embriologia Clínica. 6 ed.

Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000, p. 183-184.

NEVILLE, B. et al. Patologia Oral e Maxilofacial. Rio de

Janeiro: Guanabara Koogan, 1998, p. 362-363.

NEWMAN, M. O uso de antibióticos e antimicrobianos

na prática odontológica. São Paulo: Quintessence Ed.,

, p. 2117-221.

NUNES, M.; MARTINS, R. Conhecimentos, comportamentos e atitudes em saúde bucal entre gestantes

assistidas por instituições públicas de saúde. J. B. P.,

v. 2, n. 6, jan-fev/1999, p. 17-25.

PERES, S. et al. Tratamento alternativo de controle

da cárie dentária no período materno infantil. Rev.

APCD, v. 55, n.5, set-out/2001, p. 346-350.

SANTOS-PINTO, L. et al. O que as gestantes conhecem sobre saúde bucal? J. Bras. Odontopediatria e Odontologia do Bebê, v. 4, n. 20, Curitiba, set-out/2001, p.

-434.

SCAVUZZI, A.; ROCHA, M. Atenção Odontológica na

gravidez: uma revisão. Rev. da Faculdade de Odontologia da UFBA, v. 18, jan-jun/1999, p. 46-52.

SILVA, L. Postura de um grupo de gestantes da cidade de Curitiba-PR em relação à saúde bucal de seus

futuros bebês. J.Bras. Odontopediatria e Odontologia

do bebê, v. 2, n. 8. 1998, p. 262-266.

SILVA, S. Atendimento à gestante: 9 meses de espera? Rev. APCD, v. 56, n. 2, mar-abr/2002, p. 89-99.

SILVEIRA, R.; CARLOS JR.; SOUZA, E. Avaliação das

condições de saúde e higiene bucal em gestantes.

Rev. Cons. Reg. Odont. Pernambuco, v. 3, n. 2, jul-dez/

, p. 61-70.

SONIS, S. et al. Princípios e prática de medicina oral. .2ª

ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1995, p. 144-

SOUZA, F. Gravidez e cirurgia odontológica

ambulatorial. R. B. O., v. 3, n. 2, mar-abr/1980, p. 7-

THYLSTRUP, A.; FEJERSKOV, O. Cariologia Clínica. 2ª

ed. São Paulo: Santos, 1995, p. 307.

TORTAMANO, N.; ARMONIA, P. Guia Terapêutico

Odontológico. 14 ed. São Paulo: Santos, 2001.

Wannmacher, L.; Ferreira, M. B. C. (1999), Uso de

fármacos durante a gestação e lactação. In: Farmacologia clínica para dentistas, Rio de Janeiro: Guanabara

Koogan, 1999.

Downloads

Publicado

2020-05-14

Como Citar

MAMELUQUE, Soraya; BARBOSA DE SOUZA JÚNIOR, Edwaldo; REZENDE, José Carpintero; GONÇALVES DA COSTA, Carla Cristina; M. VANHAM, Ingrid; M. OLIVEIRA, Josiane; V. ROCHA, Mônica; DA S. AMARAL, Tailly; A. L. DE CARVALHO, Wagner. Abordagem integral no atendimento odontológico à gestante. Revista Unimontes Científica, [s. l.], v. 7, n. 1, p. 67–76, 2020. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/unicientifica/article/view/2416. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)