ENCONTROS COMUNITÁRIOS VIRTUAIS

UM BREVE RELATO SOBRE A ATUAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL NA PANDEMIA DA COVID-19

Autores

  • Aline Possa CBMERJ
  • Júlia Lima Santana MPRJ
  • Christiane Bazoli CBMERJ
  • Gabriela Franco Dias Lyra CBMERJ
  • Marcelo Luciano Vieira PUC-RIO

DOI:

https://doi.org/10.46551/rssp.202106

Palavras-chave:

Pandemia COVID-19; encontros comunitários virtuais; serviço social

Resumo

A situação ocasionada pela COVID-19 é de suma importância no compreender do cenário já existente, tornando visível e agravando ainda mais as expressões da “questão social” nas favelas. O objetivo do presente artigo é relatar a experiência da iniciativa Encontros Comunitários Virtuais na Rocinha - Rio de Janeiro, sob a perspectiva do Serviço Social. Destacamos a relevância desta atuação na comunidade supracitada, contribuindo para a socialização de informações, a participação popular e a intersetorialidade das políticas sociais. Buscamos refletir sobre os processos sociais na experiência retratada e seus efeitos na atuação e inserção ocupacional do Serviço Social em situação de desastre. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Júlia Lima Santana, MPRJ

Cientista Social (UFF); Mestre em Sociologia Política (IUPERJ); Membro do Programa Segurança Humana-MPRJ; Integrante do Comitê Gestor do projeto Encontros Comunitários Virtuais. 

Christiane Bazoli, CBMERJ

Assistente Social do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (DAS/CBMERJ); Especialista em Saúde Pública (ENSP/Fiocruz); Especialista em Serviço Social e Saúde (UERJ); integrante do Comitê Gestor do projeto Encontros Comunitários Virtuais.

Gabriela Franco Dias Lyra, CBMERJ

Assistente Social (UFF); Oficial de Saúde do CBMERJ, lotada no Instituto Científico e Tecnológico de Defesa Civil da Secretaria Estadual de Defesa Civil do Rio de Janeiro; Mestre em Saúde da Criança e da Mulher (IFF/FIOCRUZ); Integrante do Comitê Gestor do projeto Encontros Comunitários Virtuais. 

Marcelo Luciano Vieira, PUC-RIO

Assistente Social; Major Bombeiro Militar; Coordenador de Pesquisas do Decanato do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde; Líder do Grupo de Pesquisas do CNPQ Josué de Castro: Engajamento Público, Pobreza, e instituições no âmbito da saúde coletiva; Membro da Cátedra Internacional de Interculturalidad y Pensamiento Crítico. De la Universidad del La Serena no Chile. Professor Agregado da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio; Integrante do Comitê Gestor do projeto Encontros Comunitários Virtuais.

Referências

ABRASCO. Plano Nacional de Enfrentamento a pandemia COVID-19, versão 03/07/2020. Disponível em: https://www.abrasco.org.br/site/wp-content/uploads/2020/07/PEP-COVID-19_COMPLETO_FINAL.pdf

BASTOS, V. P.; DUTRA, A. S.; REGALADO, R. T. Questões socioambientais, desastres e suas consequências no século XXI: O Social em Questão. Ano XXIII, nº48, p. 9-22, set a dez/2020.

BRASIL, Lei 12608 de 10 de abril de 2012. Institui a Política Nacional de Defesa Civil. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12608.htm. Acesso em setembro de 2020.

DEFESA CIVIL NACIONAL, Capacitação Básica em Defesa Civil. Defesa Civil Nacional: Florianópolis. 2013,121p. Disponível em https://www.ceped.ufsc.br/wp-content/uploads/2014/09/Livro_DefesaCivil_4ed_Completo.pdf. Acesso em 26 de setembro de 2020.

DUTRA, A. S.; RIBEIRO, E.; DA SILVA, R. A intersetorialidade em pauta: uma breve análise das políticas de assistência social e de proteção e defesa civil. Vértices, Campo dos Goytacazes/Rj, v.22, n.1, p. 123-135, jan./abr. 2020.

DUTRA, A. S.; SIQUEIRA, A. M.. Precarização do trabalho e Estado Neoliberal: impactos para o Serviço Social em tempos de pandemia da COVID - 19. E-book: COVID-19. Crises entremeadas no contexto de pandemia (antecedentes, cenários e recomendações. São Carlos: UFSCar/CPOI, 2020, p. 289-300.

FIOCRUZ, Boletim socioepidemiológico da COVID-19 nas Favelas. Análise da frequência, incidência, mortalidade e letalidade por COVID-19 em favelas cariocas. Número:01/2020. Acesso em Outubro de 2020. Disponível em: https://portal.fiocruz.br/sites/portal.fiocruz.br/files/documentos/boletim_socioepidemiologicos_covid_nas_favelas1.pdf

________, Documentos orientadores sobre “Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia COVID-19”, FIOCRUZ, 2020.

GOULART, G. “Moradores da Rocinha enfrentam falta d'água em meio à pandemia da Covid-19, que já matou 62 pessoas na favela.” Acesso em Outubro de 2020. Disponível em https://oglobo.globo.com/rio/moradores-da-rocinha-enfrentam-falta-dagua-em-meio-pandemia-da-covid-19-que-ja-matou-62-pessoas-na-favela-1-24545415

ICTDEC, Relatório de Ações dos Encontros Comunitários. Ações de Combate à COVID-19: Comunidades da Rocinha. Instituto Científico e Tecnológico de Defesa Civil-ICTDEC: Rio de Janeiro, agosto de 2020. 45 p.

MPF, Cartilha Direito à Saúde Mental, organizador Ministério Público Federal, ano 2001.Disponível em http://www.cfess.org.br/arquivos/cartilha-saude-mental-2012.pdf

OBSERVATÓRIO DAS FAVELAS, Mapa Social do Corona. Disponível em: http://of.org.br/wp-content/uploads/2020/08/Mapa-Social-do-Corona-07.pdf. 1ª edição, 2020.

Portal do Ministério da Saúde. Sobre a Política de Atenção à Saúde Mental. Disponível em: http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/saude-mental#

Revista PRÁXIS Nº 104 ,ANO X, 2020 CRESSRJ. Entrevista a Professora Dra. Adriana Dutra. “Assistentes sociais em contextos de emergências”. P.4 e 5

RIVEIRA, C. Aglomerados e sem renda: quem são os brasileiros mais afetados na pandemia. Disponível em https://exame.com/brasil/aglomerados-e-sem-renda-quem-sao-os-brasileiros-mais-afetados-na-pandemia/. Acesso em setembro de 2020.

TAVARES, V. Entrevista a Graça Druck “Entre os que permaneceram trabalhando em atividades consideradas essenciais na pandemia, uma grande parte é de terceirizados.” EPSJV/Fiocruz | 08/10/2020 . Acesso em outubro de 2020. Disponível em http://www.epsjv.fiocruz.br/noticias/entrevista/entre-os-que-permaneceram-trabalhando-em-atividades-consideradas-essenciais-na

VALENCIO, Norma. “Por um Triz: ordem social, vida cotidiana e segurança ontológica na crise relacionada à pandemia de COVID-19.” Revista O Social em Questão - Ano XXIII - nº 48 - Set a Dez/2020. P. 53-74.

VARGAS, Dora. “Reino da necessidade versus reino dos direitos: desafios e impasses ao assistente social em contextos de desastres.” In : Riscos de desastres relacionados à água: aplicabilidade de bases conceituais das Ciências Humanas e Sociais para a análise de casos concretos / organizado por Antenora Siqueira, Norma Valencio, Mariana Siena e Marco Antonio Malagoli – São Carlos: RiMa Editora, 2015. P. 123-139.

VELASCO, C. “Menos de 100 cidades brasileiras estão perto de atingir a universalização do saneamento básico, aponta estudo.” Disponível em https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/06/05/menos-de-100-cidades-brasileiras-estao-perto-de-atingir-a-universalizacao-do-saneamento-basico-aponta-estudo.ghtml. Acesso junho de 2020.

Downloads

Publicado

2021-01-16 — Atualizado em 2021-02-23

Versões

Como Citar

Possa, A., Lima Santana, J., Bazoli, C., Franco Dias Lyra, G., & Luciano Vieira, M. . (2021). ENCONTROS COMUNITÁRIOS VIRTUAIS : UM BREVE RELATO SOBRE A ATUAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL NA PANDEMIA DA COVID-19. Serviço Social Em Perspectiva, 5(1), 104-116. https://doi.org/10.46551/rssp.202106 (Original work published 16º de janeiro de 2021)