DESAFIOS DE UMA EQUIPE DE ENFERMAGEM EM UMA UNIDADE DE INTERNAÇÃO PSIQUIÁTRICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/rnm23173092202090207

Palavras-chave:

Enfermagem psiquiátrica, Prática Profissional, Hospita, Pesquisa Qualitativa

Resumo

Objetivo: identificar os desafios vividos por uma equipe de enfermagem de uma Unidade de Internação Psiquiátrica em um Hospital Geral. Método: pesquisa qualitativa, com o referencial teórico-metodológico da sociologia fenomenológica de Alfred Schutz. Participaram do estudo 20 profissionais de enfermagem, que atuam em uma unidade de internação psiquiátrica de um Hospital Universitário de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados no primeiro semestre de 2018, por meio de entrevistas, e analisados mediante análise fenomenológica. O estudo seguiu todos os aspectos éticos e foi aprovado pelo Comitê de Ética. Resultados: o fenômeno do estudo foi sustentado pelas categorias concretas: superar o excesso de demandas no trabalho; aprimorar o estoque de conhecimento profissional e aperfeiçoar a comunicação entre os profissionais. Considerações finais: foi possível abranger as vivências destes profissionais e suas dificuldades na atuação do serviço, possibilitando a expressão dos sujeitos sobre sua narrativa no mundo social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Eduarda de Lima Torres, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, BR

Acadêmica de Enfermagem, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, BR

Jacó Fernando Schneider, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, BR

Doutor em Enfermagem, Professor Titular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, BR

Leandro Barbosa de Pinho, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, BR

Doutor em Enfermagem, Professor Associado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, BR

Marcio Wagner Camatta, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, BR

Doutor em Enfermagem, Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, RS, BR

Rita Mello de Mello, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, RS, BR

Doutora em Enfermagem, Professora da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, RS, BR

Referências

1. Zanardo GLP, Bianchessi DLC, Rocha KB. Dispositivos e conexões da rede de atenção psicossocial (raps) de Porto Alegre - RS. Estudos Interdisciplinares em Psicologia. 2018; 9(3):80-101. Disponível em: https://dx.doi.org/10.5433/2236-6407.2018v9n3p80
2. Paes MR, Maftum MA, Felix JVC, Mantovani MF, Mathias TAF. Caracterização de pacientes com transtornos mentais de um hospital geral e de ensino. Cogitare Enferm. 2018; 23(2):e54874. Disponível em: https://www.doi.org/10.5380/ce.v23i2.54874
3. Farinha MG, Braga TBM. Sistema único de saúde e a reforma psiquiátrica: desafios e perspectivas. Phenomenological Studies-revista da Abordagem Gestáltica. 2018; 24(3):366-78. Disponível em: https://dx.doi.org/10.18065/rag.2018v24n3.11
4. Organización Panamericana de la Salud. Atlas de salud mental de las Américas 2017. Washington, D.C.: OPS; 2018.
5. Depression and Other Common Mental Disorders: Global Health Estimates. Geneva: World Health Organization; 2017.
6. Júnior JMP, Santos RCA, Clementino FS, Oliveira KKD, Miranda FAN. A política de saúde mental no contexto do hospital psiquiátrico: desafios e perspectivas. Esc. Anna Nery. 2016; 20(1):83-9. Disponível em: https://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20160012
7. Prado MF, Sá MC, Miranda L. O paciente com transtorno mental grave no hospital geral: uma revisão bibliográfica. Saúde Debate. 2015; 39: 320-37. Disponível em: https://dx.doi.org/10.5935/0103-1104.2015S005419
8. Schutz A. Sobre Fenomenologia e Relações Sociais. Petrópolis: Vozes; 2012.
9. Nasi C, Tocantins FR, Camatta MW, Schneider JF. Ações de trabalhadores de um centro de atenção psicossocial: perspectiva da fenomenologia social. Online Brazilian Journal of Nursing. 2015;14(4):481-8. Disponível em: https://dx.doi.org/10.17665/1676-4285.20154531
10. Oro J, Gelbecke FL, Sousa VAF, Scherer MDA. Do trabalho prescrito ao trabalho real da enfermagem em unidades de internação de hospitais universitários federais. Texto Contexto Enferm. 2019; 28: e20170508. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/1980-265X-TCE-2017-0508
11. Scozzafave MCS, Leal LA, Soares MI, Henriques SH. Riscos psicossociais relacionados ao enfermeiro no hospital psiquiátrico e estratégias de gerenciamento. Rev. Bras. Enferm. 2019; 72( 4 ): 834-40. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0311
12. Leite JKL, Silva RV. Gerenciamento de pessoal: atribuições da enfermeira em unidades hospitalares. Redes - Revista Interdisciplinar. 2018; 1(1): 85-94.
13. Ferreira RGS, Nascimento JL. Educação continuada em enfermagem cardiológica em hospital psiquiátrico: multifacetas de uma clientela. Revista Recien. 2018; 8(22):76-81.
14. Freitas RJM, Moura NA, Monteiro ARM. Violência contra crianças/adolescentes em sofrimento psíquico e cuidado de enfermagem: reflexões da fenomenologia social. Rev Gaúcha Enferm. 2016; 37(1):e52887. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2016.01.52887.
15. Moll MF, Silva LD, Magalhães FHL, Ventura CAA. Profissionais de enfermagem e a internação psiquiátrica em hospital geral: percepções e capacitação profissional. Rev. Cogitare Enferm. 2017; 2(22): e49933.
16. Novaes GJ, Alves JBGA, Nascimento VF, Hattori TY, Martins MC. Fatores de risco na construção da resiliência de profissionais de enfermagem em saúde mental. Enfermagem Brasil. 2017; 16(3):154-63.
17. Telles LL, Jardim SR, Rotenberg L. Me chama para conversar que eu gosto: análise de experiência clínico-institucional com a enfermagem de um hospital psiquiátrico. Ciênc. saúde coletiva. 2020; 25(1):181-90. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232020251.28882019.
18. Jesus MCP, Capalbo C, Merighi MAB, Oliveira DM, Tocantins FR, Rodrigues BMRD, et al. A fenomenologia social de Alfred Schütz e sua contribuição para a enfermagem. Rev. esc. enferm. USP. 2013; 47(3): 736-41. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0080-623420130000300030.
19. Sousa KHJF, Gonçalves TS, Silva MB, Soares EC, Nogueira ML, et al. Riscos de adoecimento no trabalho da equipe de enfermagem em um hospital psiquiátrico. Rev. Latino-Am. Enfermagem . 2018; 26: e3032. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.2458.3032.
20. Moreira FTLS, Callou RCM, Albuquerque GA, Oliveira RM. Estratégias de comunicação efetiva no gerenciamento de comportamentos destrutivos e promoção da segurança do paciente. Rev. Gaúcha Enferm. 2019; 40 : e20180308. Disponível em: http://dx.doi.org/

Publicado

2021-03-05

Como Citar

Torres, M. E. de L. ., Nasi, C., Schneider, J. F. ., de Pinho, L. B. ., Camatta, M. W. ., & Mello, R. M. de . (2021). DESAFIOS DE UMA EQUIPE DE ENFERMAGEM EM UMA UNIDADE DE INTERNAÇÃO PSIQUIÁTRICA . Revista Renome, 9(2), 69–77. https://doi.org/10.46551/rnm23173092202090207