A EDUCAÇÃO FÍSICA COMO FERRAMENTA DE ENFRENTAMENTO AO BULLYING ESCOLAR

Autores

  • Willian Souza Matos Universidade Estadual de Montes Claros
  • Adriana Bispo Rodrigues

DOI:

https://doi.org/10.46551/rn2022131900067

Palavras-chave:

Bullying . Educação Física. Comportamento.

Resumo

bullying é um problema mundial que é caracterizado por comportamento ofensivo e repetitivo. O bullying escolar é um tipo de violência que sempre ocorreu, mas somente estudado nos últimos anos. Objetiva-se Investigar como a Educação Física pode ser usada para combater bullying nas escolas. Observando a realidade escolar, é possível perceber como esta tem crescido e se tornado cada vez mais abrangente em todas as instituições educacionais e em todas as faixas etárias, tornando-se uma questão social extremamente relevante. Foi usada pesquisa exploratória, de natureza qualitativa, tendo como coleta de dados pesquisa documental e com referencial teórico de autores renomados. O bullying é um problema sério que pode afetar drasticamente a capacidade dos alunos de progredir academicamente e socialmente. É necessário um plano de intervenção abrangente que envolva toda comunidade escolar para garantir que todos os alunos possam aprender em um ambiente seguro e sem medo. O presente estudo abordou a problemática do bullying  no âmbito escolar, com o objetivo de discutir, como as aulas de Educação física podem ajudar na mudança de comportamento dos alunos e se os professores estão preparados para intervir nas ocorrências de bullying , visto que o Bullying  se apresenta de maneira distinta, as principais consequências consistemna mudança brusca do comportamento do aluno, desconcentração e perda de autoestima, além da vítima ter o desenvolvimento escolar comprometido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABRAMOVAY, M; RUA, M. G. Violências nas Escolas: versão resumida. Brasília/DF: UNESCO, 2003.

ABRAPIA- Associação Brasileira de Proteção à Infância e Adolescência. Programa de redução do comportamento agressivo entre estudantes. Rio de Janeiro, 2003.

ANTUNES, D. C; ZUIN, A. A. S. Do bullying ao preconceito: os desafios da barbárie à educação. Psicologia & Sociedade- Revista da ABRAPSO. Porto Alegre, 2008.

ASSIS, S. G.; CONSTANTINO, P.; AVANCI Q. J. Impactos da violência na escola-um diálogo com professores. Rio de Janeiro: Ministério da Educação- Editora FIOCRUZ, 2010.

BOTELHO, R. G. Bullying e Educação Física na escola: caracerísticas, casos, consequências e estratégias de intervenção. Revista de Educação Física, n. 139, p. 58- 70, dez. 2017.

BOTELHO, G. R.; SOUZA, C. M. J. Bullying e Educação Física na escola: Características, casos, consequências e estratégias de intervenção. Revista de Educação Física, n. 139, p. 58-70, dez. 2007.

CARRANO, P. UFF Debate Brasil- Violência nas escolas. Rio de Janeiro, 2009.

CHAVES, W. M. Fenômeno bullying e a educação física escolar. Anais do 10º Encontro Fluminense de Educação Física Escolar. Niterói: UFF. Departamento de Educação e Desportos, 2016: 149-54.

FANTE, C. Fenômeno Bullyin: como prevenir a violência nas escolas e educar para a paz. 2. Ed ver. E ampl. - Campinas: Verus Editora, 2005.

FELIZARDO, M. O Fenômeno Bullying como causa dos massacres em escolas. Iniciativa por um Ambiente Escolar Justo e Solidário. 2017. Disponível em: http://www.diganaoaobullying.com.br/secao_dicas/artigos/artigo. Acesso em: 20 abr. 2021.

LOPES NETO A. A. Bullying – comportamento agressivo entre estudantes. J Pediatria (Rio J). 2005; 81 (5 Supl):S164-S172. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/jped/v81n5s0/v81n5Sa06.pdf. Acesso em: 22 out. 2021.

OLIVEIRA, J. G., et. al. Bullying: reflexões sobre a violência no contexto escolar. Educação por Escrito. v. 2, n. 2, 2011.

RAMOS, A. “Diga não para o bullying”: Programa de redução do comportamento agressivo entre estudantes. São Paulo: Editora São Paulo, 2008.

Publicado

2023-05-03

Como Citar

MATOS, W. S.; BISPO RODRIGUES, A. A EDUCAÇÃO FÍSICA COMO FERRAMENTA DE ENFRENTAMENTO AO BULLYING ESCOLAR. RENEF, [S. l.], v. 14, n. 21, p. 36–44, 2023. DOI: 10.46551/rn2022131900067. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/renef/article/view/5326. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos