COMPANHIA DE DANÇAS PARAFOLCLÓRICAS SARUÊ: A EXTENSÃO COMO POSSIBILIDADE PARA A VIVÊNCIA DO LAZER?

  • Erivelton Rodrigues da Silva Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Fernanda de Souza Cardoso Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Resumo

Introdução: A dança se apresenta como uma forma de manifestação, que representa várias características de uma sociedade. No que diz respeito à dança, existem registros que a identificam como uma das primeiras manifestações artísticas do ser humano, nas quais, através de seu movimento, eram simbolizados rituais e evocações sobre diferentes esferas da vida. A prática da dança para alguns pode ser realizada de maneira profissional, porém para outros, o dançar se torna uma busca para a autoestima e o bem estar. A busca por lazer se torna uma maneira de encontrar atividades no tempo livre. O projeto da criação do grupo surgiu a partir de uma proposta acadêmica de dinamizar o ensino das danças folclóricas, disciplina ministrada no curso de Educação Física. Embora a companhia tenha como embrião o Departamento de Educação Física e do Desporto, a partir da institucionalização do Saruê, foi viabilizada a participação de acadêmicos e professores vinculados a outros departamentos e cursos da UNIMONTES. Objetivo: Verificar se a prática da dança para os participantes do Projeto de Dança Saruê, de ação extensionista, tem caráter de lazer.Metodologia: Este estudo trata-se de uma pesquisa descritiva, de corte transversal e abordagem qualitativa dos dados. A amostra será composta por todos os integrantes que são assíduos nos ensaios e reuniões da Companhia de Danças Parafolclóricas Saruê, da Universidade Estadual de Montes Claros. Resultados:As observações desse estudo ocorreram durante duas semanas, num total de seis ensaios. Durante esta etapa o pesquisador descreveu numa espécie de diário de bordo os acontecimentos considerados mais relevantes: o que os entrevistados faziam durante os ensaios, desde a chegada até o término. Conclusão: Após analisar todas as categorias propostas podemos constatar que para os integrantes entrevistados da Companhia de Danças Parafolclóricas Saruê o grupo é uma forma de lazer para eles, porém é também um momento que os mesmo tem uma aproximação daquilo que os fazem bem que é a dança.

Biografia do Autor

Erivelton Rodrigues da Silva, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Graduado em Educação Física - Bacharelado Unimontes

Fernanda de Souza Cardoso, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Professora do Curso de Educação Física - Bacharelado Unimontes.

Publicado
2020-01-17
Como Citar
Rodrigues da SilvaE., & de Souza CardosoF. (2020). COMPANHIA DE DANÇAS PARAFOLCLÓRICAS SARUÊ: A EXTENSÃO COMO POSSIBILIDADE PARA A VIVÊNCIA DO LAZER?. Revista Eletrônica Nacional De Educação Física, 2(2), 04. Recuperado de //www.periodicos.unimontes.br/index.php/renef/article/view/415
Seção
Estudos socioculturais do esporte e da Educação Física