ANÁLISE CRÍTICA SOB A PERPESCTIVA LEGAL A UNIÃO HOMOAFETIVA

Autores

  • Edigelson Pereira da Rocha Faculdades Integradas do Norte de Minas - FUNORTE
  • Suely Rodrigues Pereira FUNORTE
  • Maria Fernanda Soares Fonseca FUNORTE
  • Ronilson Ferreira Freitas FUNORTE

Resumo

Este artigo tem como finalidade realizar uma análise crítica sob a perspectiva legal da união homoafetiva e para atingir esse objetivo realizou-se uma pesquisa com procedimentos bibliográficos, exploratórios e qualitativo, desenvolvidos a partir de materiais já elaborados, constituídos principalmente de livros, artigos científicos escritos por autores renomados e pela Constituição da República Federativa do Brasil, com uma leitura interpretativa na qual se procura conferir significado de maior dimensão aos resultados alcançados com a leitura analítica. Demonstrados por meio de uma interpretação à luz dos princípios constitucionais, sobre tudo, o princípio da igualdade e o princípio da dignidade humana e conjuntamente com o artigo 226 da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, fica evidente o reconhecimento da união estável homoafetiva como entidade familiar. Comprovado que as uniões homoafetivas estão amparadas pelos princípios constitucionais, que proíbem todo tipo de discriminação e analisando os argumentos contidos nesse artigo fica claro que as uniões homoafetivas, já legalizadas e protegidas pelo Estado como entidade familiar, cumprem os deveres de assistência mutua, em um verdadeiro convívio estável caracterizado pelo amor e afetividade, sendo inquestionável o direito deste grupo constituir sua família.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-04-06

Como Citar

da Rocha, E. P. ., Pereira, S. R. ., Soares Fonseca, M. F. ., & Freitas, R. F. . (2020). ANÁLISE CRÍTICA SOB A PERPESCTIVA LEGAL A UNIÃO HOMOAFETIVA. Revista Desenvolvimento Social, 18(1), 65-79. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/1837

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)