DE VARGAS A GOULART: UMA BREVE PASSAGEM HISTÓRICA

Autores

  • Fábio Antunes Vieira Instituto Federal do Norte de Minas Gerais – IFNMG Campus Januária

Palavras-chave:

Brasil, política, desenvolvimento, anticomunismo e militarismo

Resumo

Entre 1930 e 1964, o Brasil passou por transformações de ordem sócio-políticoeconômicas,
que viabilizaram a emergência de um proletariado urbano como força
política no cenário nacional. Somadas a isso, as divergências acerca do projeto que
melhor se prestaria ao desenvolvimento do país ou aos interesses dos grupos litigantes,
inscritas em um período marcado pelos reflexos da Guerra Fria no pós-Guerra,
terminaram por conduzir os militares ao poder em 1964, sob o argumento do
anticomunismo e da manutenção da segurança nacional. Assim, nas páginas seguintes,
uma breve passagem histórica sobre os governos que compõem o período constitui o
interesse central deste artigo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Maria Helena Moreira. Estado e Oposição no Brasil (1964 – 1984).1 ed. Bauru: Edusc, 2005.
ARENDT, Hannah. Origens do Totalitarismo. Anti-Semitismo, Imperialismo, Totalitarismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.
BANDEIRA, Moniz. O Governo João Goulart. As Lutas Sociais no Brasil, 1961-1964. 3 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.
BOBBIO, Norberto, et al., Diccionario de Política.7 ed. Brasília: UnB, 1995.
CAPELATO, Maria Helena Rolim. O Estado Novo: Novas Histórias. In: FREITAS, Marcos César de (Org.). Historiografia brasileira em perspectiva. 3 ed. São Paulo: Contexto, 2000.
CARVALHO, José Murilo de. Forças Armadas e Política no Brasil. 1 ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2005.
CERTEAU, Michel de. A Escrita da História. 2ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2000.
SILVA, Golbery do Couto e. Conjuntura Política – Nacional. O Poder Executivo e Geopolítica do Brasil. 3 ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1981.
DREIFUSS, René Armand. 1964: A Conquista do Estado. Ação Política, Poder e Golpe de Classe. 5.ed. Petrópolis: Vozes, 1987.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 11 ed. São Paulo: Edusp, 2003.
FURTADO, Celso. Análise do Modelo Brasileiro. 7 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1982.
GUEDES, Carlos Luís. Tinha que ser Minas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1979.
HABERMAS, Jurgen. Legitimation Crisis. Boston: Beacon Press, 1973.
MOTTA, Rodrigo Patto Sá. Em Guarda Contra o “Perigo Vermelho”. O Anticomunismo no Brasil (1917-1964). São Paulo: Perspectiva, 2002.
VIEIRA, Fábio Antunes. De Policiais a Combatentes. A PM de Minas e a Identificação com a DSN em Meados do Século XX. 1ed. Montes Claros: Editora Unimontes, 2009.
WEFFORT, Francisco. O Populismo na Política Brasileira. 3ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.

Downloads

Publicado

2020-04-06

Como Citar

Antunes Vieira, F. (2020). DE VARGAS A GOULART: UMA BREVE PASSAGEM HISTÓRICA. Revista Desenvolvimento Social, 11(1), 7-15. Recuperado de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/1823

Edição

Seção

Artigos