LITERATURA E RESISTÊNCIAS NA NARRATIVA LATINO-AMERICANA CONTEMPORÂNEA

Autores

  • Sulivan Charles Barros Universidade Federal de Goiás (UFG)
  • Maria da Luz Alves Ferreira Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)

Resumo

A Literatura oferece uma importante contribuição para a compreensão do mundo sócio-cultural. Ela é uma instituição viva, que deve ser entendida como um processo histórico, político e filosófico; semiótico e linguístico; individual e social, a um só tempo. Ela possui o efeito de multiplicar as possibilidades de leitura. Torna-se, portanto, uma forma privilegiada de compreensão do imaginário de uma época, permitindo que ela enxergue traços que outras fontes não nos forneceriam. Literatura é caracterizada por trabalhar com possibilidades, enquanto que, por outro lado, as Ciências Sociais lidam com a realidade, levando em consideração que a literatura não tem compromisso com os fatos chamados históricos – ou seja, ela não tem a obrigatoriedade de ser fiel aos acontecimentos sociais do presente e do passado. Neste sentido, a presente pesquisa tem-se como objetivo geral compreender a partir desta produção literária latino-americana contemporânea a construção de representações identitárias sobre a América Latina e os latino-americanos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-03-13

Como Citar

CHARLES BARROS, Sulivan; ALVES FERREIRA, Maria da Luz. LITERATURA E RESISTÊNCIAS NA NARRATIVA LATINO-AMERICANA CONTEMPORÂNEA. Revista Desenvolvimento Social, [s. l.], v. 23, n. 1, p. 99–122, 2020. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/rds/article/view/1296. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos