O DISCURSO DA INTERNACIONALIZAÇÃO ATRAVÉS DE AULA-EVENTO

Autores

  • Henrique Almeida Santos Universidade Tecnológica Federal do Paraná - (UTFPR-FB)
  • Carina Merkle Lingnau Universidade Tecnológica Federal do Paraná - (UTFPR-FB)

DOI:

https://doi.org/10.46551/259498102020016

Palavras-chave:

Posição sujeito. Globalização. UTFPR

Resumo

A internacionalização é um movimento global que tem ocupado vários espaços no mundo contemporâneo. Um desses espaços é a universidade, especificamente os cursos de graduação e pós-graduação. Na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, campus Francisco Beltrão (UTFPR-FB) não foi diferente, com a inserção de editais de mobilidade estudantil internacional, duplo diploma, entre outros, o curso de Licenciatura em Informática também se interessou pela oportunidade de cursar parte da graduação no exterior e assim desenvolveu uma aula-evento junto à disciplina de Comunicação Linguística. Para desenvolver essa pesquisa buscamos em Michel Foucault a fundamentação teórica e analisamos a posição sujeito de dois palestrantes envolvidos na chamada aula-evento. Como resultados verificamos que um dos palestrantes assumiu a posição de sujeito acadêmico durante grande parte de sua fala, o que demonstra que em sua experiência vivenciou mais a relação universitária, enquanto o outro palestrante analisado se mostrou dividido em sua
função sujeito, por vezes se posicionou como acadêmico, por outras assumiu a função profissional engenheiro ambiental que receberia uma oportunidade de trabalho na Europa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique Almeida Santos, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - (UTFPR-FB)

Graduando em Licenciatura em Informática. Universidade Tecnológica Federal do Paraná,
campus Francisco Beltrão (UTFPR-FB).

Carina Merkle Lingnau, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - (UTFPR-FB)

Doutora em Letras. Professora de magistério superior na Universidade Tecnológica Federal
do Paraná, campus Francisco Beltrão (UTFPR-FB)

Referências

COLUNAS TORTAS. O que é discurso? Uma abordagem Foucaultiana. Disponível em:

https://colunastortas.com.br/o-que-e-discurso/. Acesso em 16 jul. 2019.

CORACINI, M.J. A celebração do outro: arquivo, memória e identidade: línguas (materna e estrangeira),

plurilingüísmo e tradução. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2007.

FOUCAULT, M. Microfísica do poder. Trad. Roberto Machado. 25ª.ed. Rio de Janeiro: Edições Graal,

FOUCAULT, M. A arqueologia do saber: Tradução Luiz Felipe Baeta Neves. 8ª.ed – Rio de Janeiro:

Forense Universitária, 2014.

FOUCAULT, M. Ditos e escritos. Arqueologia das ciências e história dos sistemas de pensamento.

MOTTA, Manoel Barros da (Org.). Tradução de Elisa Monteiro. Rio de Janeiro: Forense Universitária,

v. 2.

MOROSINI, M. C. Internacionalização da educação superior no Brasil: a produção recente em teses e

dissertações. Educação em Revista (online), 2017.

REVEL, J. Michel Foucault: conceitos essenciais. Tradução Maria do Rosário Gregolin, Nilton Milanez,

Carlo Piovesani. São Carlos: Claraluz, 2005.

THOMPSON, P. O que é discurso? Uma abordagem Foucaultiana. Disponível em:

<<https://colunastortas.com.br/o-que-e-discurso/>>. Acesso em 24 maio de 2019.

Downloads

Publicado

2020-09-10 — Atualizado em 2020-09-15

Versões

Como Citar

Santos, H. A., & Lingnau, C. M. (2020). O DISCURSO DA INTERNACIONALIZAÇÃO ATRAVÉS DE AULA-EVENTO. Revista Ciranda, 4(2), 28-38. https://doi.org/10.46551/259498102020016 (Original work published 10º de setembro de 2020)

Edição

Seção

Artigos