PRÁTICAS EDUCATIVAS NO CONTEXTO ESCOLAR

A REALIDADE DA AIDS PARA JOVENS DOS ENSINOS FUNDAMENTAL E MÉDIO

Autores

  • Júlia Gomes Zuba
  • Maria da Luz Alves Ferreira
  • Janete Aparecida Gomes Zuba

DOI:

https://doi.org/10.46551/259498102020013

Palavras-chave:

Escolas de Educação Básica. Jovens. Práticas Educativas.

Resumo

Considera-se a sexualidade como pertencente à vida e à saúde do ser humano que se expressa desde cedo. Nesse sentido, compreender o comportamento de um jovem, no contexto gênero e sexualidade faz-se necessário. Ao trabalhar com essa população, tornou-se de suma importância para a escola desempenhar a sua função e o seu lugar para a realização do seu papel essencial na educação para uma sexualidade ligada à vida integrando as dimensões do ser humano. Desse modo, teve-se a oportunidade de realizar práticas educativas por meio de uma série de atividades tais como palestras, minicursos, exposição de stand, em algumas escolas de Educação Básica sobre a realidade do HIV/AIDS para jovens dos ensinos Fundamental e Médio. Consequentemente, essa ação possibilitou que estudantes conscientizassem da importância da prevenção e/ou tratamento da doença supracitada. Logo, obtiveram-se resultados satisfatórios, uma vez que, havia participação na dinâmica de trabalho e interesse dos alunos pelo assunto que era visto como tabu.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BASTOS, Francisco Inácio. A feminização da epidemia de AIDS no Brasil: determinantes estruturais e alternativas de enfrentamento. Coleção ABIA - Saúde Sexual e Reprodutiva, Rio de Janeiro, v. 3, p. 1-27, 2001.

BRASIL. Ministério da Saúde. Infecções Sexualmente Transmissíveis. Álbum Seriado das IST Material de apoio para profissionais de saúde MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais Brasília-DF 2016. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2017/album-seriado-das-infeccoes-sexualmente-transmissiveis-ist. Acesso em 10 de outubro de 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. Boletim Epidemiológico HIV/AIDS, 2016. Disponível em: <http://www.aids.gov.br/sites/default/files/anexos/publicacao/2016/59291/boletim_2016_1_pdf_16375.pdf>. Acesso em 10 de outubro de 2018.

BRASIL, Governo do. Jovens devem aumentar a prevenção contra DSTs. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/noticias/saude/2012/12/jovens-brasileiros-nao-tem-conhecimento-sobre-dsts-e-formas-de-infeccao-diz-estudo. Acesso em 15 de outubro de 2018.

Corti, Ana Paula; SOUZA, Raquel. Diálogos com o mundo juvenil, São Paulo: Ação Educativa, 2005. p.11-12.

MOMBELLI, M.A; BARRETO, M.S; ARRUDA, G.O; MARCON, S.S. Epidemia da AIDS em tríplice fronteira: subsídios para atuação profissional. Brasília: Rev. Bras. Enferm. 68 (3). 2015. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/reben/v68n3/0034-7167-reben-68-03-0429.pdf > Acesso em 10 de outubro de 2018.

Portal BRAZ. Cresce número de homens infectados pelo HIV em Minas Gerais; Governo faz campanha de conscientização. Disponível em: <http://bhaz.com.br/2016/12/01/cresce-numero-de-homens-infectados-pelo-hiv-em-minas-gerais-governo-faz-campanha-de-conscientizacao/> Acesso em 11 de outubro de 2018.

Downloads

Publicado

2020-03-25 — Atualizado em 2020-09-10

Versões

Como Citar

Gomes Zuba, J., da Luz Alves Ferreira, M., & Aparecida Gomes Zuba, J. (2020). PRÁTICAS EDUCATIVAS NO CONTEXTO ESCOLAR: A REALIDADE DA AIDS PARA JOVENS DOS ENSINOS FUNDAMENTAL E MÉDIO. Revista Ciranda, 4(1), 166-174. https://doi.org/10.46551/259498102020013 (Original work published 25º de março de 2020)

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)