Avaliação geoambiental das margens da rodovia GO-070: trajeto entre as cidades de Goiás (GO) e Itaberaí (GO)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22238/rc24482692202018012343

Palavras-chave:

Meio Físico, Cerrado, Fitofisionomia, Trabalho de campo.

Resumo

A abordagem sobre o Cerrado contida neste trabalho é resultado da experiência de um trabalho de campo da disciplina Morfopedologia e Biogeografia do Cerrado, do Programa de Pós-graduação em Geografia, da Universidade Estadual de Goiás. O objetivo do trabalho foi analisar as características do meio físico e biótico do domínio do Cerrado, em pontos preestabelecidos e avaliar os problemas ambientais decorrentes do processo de uso do solo.  O estudo foi realizado ás margens da rodovia GO-070, entre as cidades de Goiás e Itaberaí, percurso que apresenta variadas formas de relevo, tipos de solo e estrutura geológica, bem como diversos tipos de cobertura vegetal de Cerrado. Foram escolhidos quatorze pontos para levantamento de dados e analises das características do meio físico, da vegetação, da umidade do solo, dos usos do solo e problemas ambientais decorrentes. O estudo permitiu entender a relação sistêmica das características do meio físico com as variadas fitofisionomias do Cerrado e compreender a influência da construção da rodovia e das atividades de agricultura e pastagem, na qualidade ambiental biótica e abiótica do Cerrado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Carlos de Souza, Universidade Estadual de Goiás – UEG, Goiás, Goiás, Brasil

Possui Graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Goiás (UEG), Mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e Doutorado em Ciências Ambientais pela Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho (UNESP). Atualmente é professor nos Programas de Graduação e Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Ana Domingas Leite da Silva, Universidade Estadual de Goiás – UEG, Goiás, Goiás, Brasil

Possui Graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Aparecida Pereira Salgado, Universidade Estadual de Goiás – UEG, Goiás, Goiás, Brasil

Possui Graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Audirene dos Santos da Mata, Universidade Estadual de Goiás – UEG, Goiás, Goiás, Brasil

Possui Graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Danielle Cristina Godinho, Universidade Estadual de Goiás – UEG, Goiás, Goiás, Brasil

Possui Graduação em Geografia e Especialização em Educação Ambiental pela Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Referências

CAVALCANTI, A. P. B. Métodos e Técnicas da Análise Ambiental (Guia para estudos do meio ambiente). Teresina, UFPI/CCHL/DGH, 2006.

CAVALCANTI, A. P. B. Abordagem metodológica do trabalho de campo como prática pedagógica em Geografia. Geografia Ensino & Pesquisa, v. 15, n.2, maio./ago. 2011.

EMATER – Agencia Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária. Classes de solos dos municípios goianos – 2016.

FERREIRA, Idelvone Mendes. Paisagens do Cerrado: Um Estudo do Subsistema de Veredas. Editora da Universidade Católica V 01. 2008, p. 166.

GOIÁS (Estado). Secretária de Indústria de Comércio. Superintendência de Geologia e Mineração. Geomorfologia do Estado de Goiás e Distrito Federal. Por Edgardo M. Latrubesse, Thiago Morato de Carvalho. Goiânia, 2006.

GUERRA, A. T.; GUERRA, A. J. T. Novo Dicionário Geológico-Geomorfológico. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

MOREIRA, M. L. et al. (Orgs.) Geologia do Estado de Goiás e Distrito Federal. Escala 1:500.000. Goiânia: CPRM/SIC-FUNMINERAL, 2008.

MYERS, N.; et al. Biodiversity hotspots for conservation priorities. Nature, 403, p. 853-858, 2000.

RIBEIRO, J. F.; WALTER, B. M. T. As Principais Fitofisionomias do Bioma Cerrado. In: RIBEIRO, J. F. (Edt.Téc.); ALMEIDA, S. P,; SANO, S. M.; (Edt.Téc.). Cerrado: ecologia e flora. Brasília: Embrapa, 2008.

ROSS, J. L. S. Análise Empírica da Fragilidade dos Ambientes Naturais e Antropizados. Revista do Dpto. de Geografia da FFLCH-USP, n. 7. p. 65-74. 1993.

SANO, S. M; ALMEIDA, S. P.; RIBEIRO, J. F. (EDI.). Cerrado: ecologia e flora. Brasília: EMBRAPA, 2008.

SOUZA, J. C.; SOUZA, L. F. TRABALHO DE CAMPO INTEGRADO EM GEOGRAFIA: uma experiência no parque nacional chapada dos veadeiros, Goiás. Ateliê Geográfico Goiânia-GO v. 6, n. 4 Dez/2012 p.237-256 Página 237.

VIADANA, A. G. A excursão geográfica didática (Pontal do Triângulo Mineiro). Rio Claro/SP, LPM – IGCE / UNESP, 2005.

Downloads

Publicado

2020-04-08

Como Citar

SOUZA, J. C. de; SILVA, A. D. L. da .; SALGADO, A. P.; MATA, A. dos S. da .; GODINHO, D. C. . Avaliação geoambiental das margens da rodovia GO-070: trajeto entre as cidades de Goiás (GO) e Itaberaí (GO). Revista Cerrados, [S. l.], v. 18, n. 01, p. 23–43, 2020. DOI: 10.22238/rc24482692202018012343. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/cerrados/article/view/612. Acesso em: 4 jul. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)