Reconfiguração nas centralidades em cidades médias brasileiras: reverberação do setor supermercadista em Marabá (PA)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/rc24482692202219

Palavras-chave:

Cidade média amazônica. Estruturação da cidade. Policentralidade.

Resumo

A desconcentração espacial de corporações do setor terciário proporcionou a chegada de grandes superfícies comerciais em espaços urbanos não-metropolitanos. Esta dinâmica favoreceu o estabelecimento de novos espaços privados de consumo em Marabá, cidade média paraense. Fruto de pesquisa, este artigo visa contribuir para uma interpretação das práticas existentes nesta cidade, no que tange às centralidades do seu intraurbano diante da implantação, especialmente, dos supermercados. O percurso metodológico, de maneira geral, consistiu em revisão de literatura sobre temas e processos selecionados para investigação relacionados diretamente com o fenômeno urbano-espacial estudado, bem como de levantamento e análise de dados primários obtidos por meio de entrevistas e formulários aplicados nas saídas dos estabelecimentos supermercadistas. A nosso ver, houve mudanças significativas nas centralidades e, consequentemente, na estruturação da cidade de Marabá. Em linhas gerais, os novos espaços de consumo não apenas efetivaram-se, individualmente, enquanto expressões de centralidade, como suas respectivas presença e atuação, em muito contribuíram para a formação e consolidação de uma nova área central na cidade, localizada ao longo de parte considerável do trecho urbano da Rodovia Transamazônica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Magno Ricardo Silva de Carvalho, Universidade Estadual Paulista – UNESP, Presidente Prudente (SP), Brasil

É Graduado em Geografia pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa). Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Atualmente é Doutorando no Programa de Pós-graduação em Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Presidente Prudente.

 Endereço: Rua Roberto Símonsen, 305 – Centro Educacional, Presidente Prudente – SP, 19060-900.

 

Iara Rafaela Gomes, Universidade Federal do Ceará – UFC, Fortaleza (CE), Brasil

É graduada e mestra em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Doutora em Geografia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Atualmente é professora do departamento de Geografia e do Programa de Pós-graduação em Geografia da UFC.

Endereço: Avenida Mister Hull, s/n - Pici - CEP 60455-760 - Fortaleza – CE.

Referências

ALMEIDA, José Jonas. A cidade de Marabá sob o impacto dos projetos governamentais. 2008. 273f. Dissertação (Mestrado em História) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

BARATA-SALGUEIRO, Teresa. Do centro às centralidades múltiplas. In: FERNANDES, José Alberto Rio; SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão (org.). A nova vida do velho centro nas cidades portuguesas e brasileiras. Lisboa: CEGOT, 2013. p. 13-30.

CARVALHO, Magno Ricardo Silva de; As centralidades e os novos espaços de consumo em uma cidade média amazônica: hipermercado e supermercados em Marabá-PA. InterEspaço: revista de geografia e interdisciplinaridade, v. 5, n. 17, p. 1-17, 2019. Disponível em: : http://dx.doi.org/10.18764/2446-6549.2019.11790

CARVALHO, Magno Ricardo Silva de; SOUZA, Marcus Vinicius Mariano de. A produção do espaço urbano em Marabá – PA: do caucho à ALPA. InterEspaço: Revista de Geografia e Interdisciplinaridade, v. 7, e202110, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.18764/2446-6549.e202110.

CORRÊA, Roberto Lobato. Sobre agentes sociais, escala e produção do espaço: um texto para discussão. In: CARLOS, Ana Fani Alessandri; SOUZA, Marcelo Lopes de; SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão (org). A produção do espaço urbano: agentes e processos, escalas e desafios. São Paulo, SP: Contexto, 2011. p. 41-51

CORREIO DE CARAJÁS. Gerando 650 empregos, Líder inaugura 1º hipermercado de Marabá. 2020. Disponível em: https://correiodecarajas.com.br/gerando-650-empregos-lider-inaugura-1o-hipermercado-de-maraba/ . Acesso em: 20 de ago. 2020.

FERNANDES, José Alberto Rio. Muitas vidas tem o centro e vários centros tem a vida de uma cidade. In: FERNANDES, José Alberto Rio; SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão. (org.). A nova vida do velho centro nas cidades portuguesas e brasileiras. Lisboa: CEGOT, 2013. p. 13-30.

GOMES. Vinícius Biazotto. As atividades das grandes empresas do ramo supermercadista e a rede urbana brasileira no período recente. 2017. 509 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Presidente Prudente, 2017.

MAIA, Doralice Sátyro; SILVA, William Ribeiro da; WHITACKER, Arthur Magon. Apresentação – Centro e centralidade nas cidades médias: os caminhos de uma pesquisa. In: MAIA, Doralice Sátyro; SILVA, William Ribeiro da; WHITACKER, Arthur Magon. (org.). Centro e Centralidade em Cidades Médias. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2017. p. 9-26.

PINTAUDI, Silvana Maria. A cidade e as formas do comércio. In: CARLOS, Ana Fani Alessandri. (org.). Novos caminhos da Geografia. 5. ed. São Paulo: Contexto, 2005. p. 143-160.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARABÁ; DIAGONAL CONSULTORIA. Revisão do Plano Diretor Participativo de Marabá, Pará: Relatório de leitura técnica. Município de Marabá, Marabá, PA, jun. 2011.

RIBEIRO, Rovaine. As cidades médias e a reestruturação da rede urbana amazônica: a experiência de Marabá no Sudeste Paraense. 2010. 136 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

RODRIGUES, Jovenildo Cardoso. Marabá: centralidade urbana de uma cidade média paraense. 2010. 188 f. Dissertação (Mestrado em Planejamento do Desenvolvimento) – Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Universidade Federal do Pará, Belém, 2010.

SANTOS, Milton. Técnica, Espaço, Tempo: Globalização e Meio técnico-científico informacional. São Paulo: Editora Hucitec, 1994.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço. São Paulo: Hucitec, 1996.

SANTOS, Milton. O espaço do cidadão. São Paulo: Edusp, 2007.

SANTOS, Milton. O espaço dividido: Os dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos. São Paulo: Edusp, 2008.

SHOPPING PATIO MARABÁ. Lojas. 2020. Disponível em: http://www.patiomaraba.com.br/shopping.asp. Acesso em: 13 de ago. 2020.

SILVA, Carlos Henrique Costa da. As grandes superfícies comerciais: os hipermercados Carrefour no Brasil. GEOUSP - Espaço e Tempo, São Paulo, n. 14, p. 89-106, 2003.

SILVA, William Ribeiro da. Centralidade, shopping centers e reestruturação das cidades médias. In: MAIA, Doralice Sátyro; SILVA, William Ribeiro da;

WHITACKER, Arthur Magon. (org.). Centro e Centralidade em Cidades Médias. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2017. p. 199-226.

SOUZA, Marcus Vinicius Mariano de et al. Centro, centralidade e descentralização em cidades médias: avaliação da dinâmica das atividades de comércio e serviços em Ituiutaba (MG) e Marabá (PA). ReCiMe, Projeto de Pesquisa Edital MCT/CNPq n. 14/2011, Relatório de Pesquisa, 2013.

SPOSITO Maria Encarnação Beltrão. O centro e as formas da centralidade urbana. Revista de Geografia, São Paulo, v.10, n.1, p.1-18, 1991.

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão. Cidades médias: reestruturação das cidades e reestruturação urbana In: SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão (org.). Cidades médias: espaços em transição. São Paulo: Expressão Popular, 2007. p. 233-253.

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão. Centros e centralidades no Brasil. In: FERNANDES, José Alberto R.; SPOSITO, M. Encarnação B. (org.). A nova vida do velho centro nas cidades portuguesas e brasileiras. Porto: CEGOT, 2013. p. 45- 59.

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão; GÓES, Eda Maria. Grandes grupos econômicos, consumo e redefinição de centralidade urbana, em cidades médias. in: BELLET, Carmen et al. (org.). Urbanización, produción y consumo em ciudades medias/intermedias = Urbanização, produção e consumo em cidades médias/intermediárias. Presidente Prudente; Lleida: Edicions de la Universitat de Lleida, 2015. p.107 – 132.

TRINDADE JÚNIOR, Saint-Clair Cordeiro da et al. Uma cidade média na Amazônia oriental: a centralidade urbano-regional de Marabá no Sudeste Paraense. ReCiMe, Relatório de pesquisa, 2010.

VILLAÇA, Flávio. Espaço intra-urbano no Brasil. 2. ed. São Paulo: Studio Nobel, 2001.

Downloads

Publicado

2022-09-01

Como Citar

CARVALHO, M. R. S. de; GOMES, I. R. Reconfiguração nas centralidades em cidades médias brasileiras: reverberação do setor supermercadista em Marabá (PA). Revista Cerrados, [S. l.], v. 20, n. 02, p. 52–83, 2022. DOI: 10.46551/rc24482692202219. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/cerrados/article/view/5387. Acesso em: 1 dez. 2022.