As aglomerações industriais relevantes e os condicionantes da aglomeração industrial no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46551/rc24482692202112

Palavras-chave:

aglomerações industrias relevantes, condições gerais de produção, concentração industrial, desconcentração industrial, emprego

Resumo

O presente trabalho pretende dar continuidade a discussão sobre a dinâmica de formação das aglomerações industriais que são concentrações territoriais da indústria e do emprego industrial. Buscamos isso a partir do conceito de Aglomerações Industriais Relevantes AIRs, que neste trabalho é definido pela ocorrência em uma microrregião de pelo menos 100 unidades locais e de pelo menos 10.000 empregos na indústria. Também buscamos relacionar as AIRs com as condições gerais de produção, identificando a necessidade de políticas regionais e industriais voltadas não apenas para fomentar a desconcentração, mas também para viabilizar novas aglomerações industriais. Entre as contribuições do presente trabalho estão à constatação da grande concentração das AIRs no Sudeste e no Estado de São Paulo e de forma geral, em um polígono de concentração de AIRs que engloba os Estados de São Paulo, parte do Estado do Rio de Janeiro além dos estados da região Sul.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Oséias Teixeira da Silva, Instituto Federal Fluminense – IFF, Macaé (RJ), Brasil

É Graduado em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Doutor em Geografia (Humana) pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é Professor do Instituto Federal Fluminense (IFF).

Referências

ANDRADE, Thompson Almeida ;SERRA, Rodrigo Valente. O recente desempenho das cidades médias no crescimento populacional urbano brasileiro. Rio de Janeiro: IPEA, Texto para Discussão Nº 554, 1998.

ASHEIM, Bjorn Terje. Industrial districts as `learning regions': A condition for prosperity. European Planning Studies, [S./l.], v. 4, n. 4, p. 379 - 401, 1996.

CANO, Wilson. Raízes da concentração industrial em São Paulo. 1975. 335 f. Tese (Doutorado em Economia), UNICAMP, Campinas, 1975.

COE, Neil M.; TOWNSEND, Alan R. Debunking the myth of localized agglomerations: the development of a regionalized service economy in South-East England. Transactions of Institute of British Geographers, [S./l.], v. 23, p. 385–404, 1998.

DINIZ, ClélioCampolina. Desenvolvimento poligonal no Brasil: nem desconcentração nem contínua polarização. Revista Nova Economia, [S./l.], v. 31, n. 1, p. 35-64, 1993.

DINIZ, Clélio Campolina; CROCCO, Marco Aurélio. Reestruturação econômica e impacto regional: o novo mapa da indústria brasileira. Revista Nova Economia,[S./l.], v. 6, n. 1, p. 77-103, 1996.

FLORIDA, Richard. Toward the learning region.Futures, [S./l.],v. 27, n. 5, p. 527-536, 1995.

FOCHEZATO, Adelar. Desenvolvimento regional: novas abordagens para novos paradigmas produtivos. In: FOCHEZATTO, Adelar. Desenvolvimento regional: recomendações para um novo paradigma produtivo. Rio Grande do Sul: Índice: 2010.

IBGE. Demografia das empresas. Rio de Janeiro: IBGE, 2015.

IBGE. Divisão do Brasil em Mesorregiões e Microrregiões geográficas. Rio de Janeiro: IBGE, 1990.

IPEA. Radar : tecnologia, produção e comércio exterior. Brasília: IPEA, 2009.

LENCIONI, Sandra. Condições gerais de produção: um conceito a ser recuperado para a compreensão das desigualdades do desenvolvimento regional. Revista Scripta Nova, v. 11, n. 245, p. s/n, 2007.

MARSHAL, Alfred. Princípios de economia política. São Paulo: Abril Cultural, 1996.

MONTEIRONETO, Aristides; SILVA, Rafael Oliveira; SEVERIAN, Danilo. Aglomerações Industriais Relevantes: o que dizem sobre as desigualdades regionais no Brasil? In: XVIII Encontro Nacional da Anpur. Anais do XVIII ENANPUR, disponível em: http://anpur.org.br/xviiienanpur/anais, acessado em 05/03/20. Natal, 2019.

OLIVEIRA, Francisco de. Elegia para uma re(li)gião. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

SABÓIA, João. A dinâmica da descentralização industrial no Brasil. Texto para discussão n. 452, Instituto de Economia – UFRJ, 2001.

Downloads

Publicado

2021-05-01

Como Citar

SILVA, O. T. DA . As aglomerações industriais relevantes e os condicionantes da aglomeração industrial no Brasil. Revista Cerrados, v. 19, n. 01, p. 271-297, 1 maio 2021.