Abordagem do lugar no livro didático de Geografia do 6º ano do Ensino Fundamental

Autores

  • Hugo de Carvalho Sobrinho Universidade de Brasília – UnB, Brasília, Distrito Federal, Brasil.
  • Cristina Maria Costa Leite Universidade de Brasília – UnB, Brasília, Distrito Federal, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.22238/rc24482692v14n22016p125a140

Palavras-chave:

Geografia Escolar; Livro didático; Lugar Ensino-Aprendizagem.

Resumo

O livro didático (LD) é o recurso pedagógico mais utilizado pelos professores e alunos no processo de ensino-aprendizagem, a despeito de não ser o único. A partir dessa consideração, o presente artigo tem como objetivo analisar a utilização do lugar em um livro didático do 6º ano, utilizado na cidade de Formosa - Goiás. Para isso, a metodologia utilizada contou com pesquisa bibliográfica, para destacar a importância da Geografia Escolar e o lugar, seguido de trabalho de campo na escola pesquisada. Por último, análise do livro didático. Os resultados obtidos atestaram que, a utilização do livro nas aulas de Geografia, apesar de possuir elementos favoráveis à condução da aprendizagem de forma mais atraente, problematizadora e instigadora, confere uma perspectiva superficial à abordagem do lugar. Esse resultado contraria o disposto nas orientações referentes à Geografia Escolar, bem como nos documentos oficiais, que apontam a valorização do lugar nas relações de ensino-aprendizagem, por ser uma via de potencialização e valorização do mundo vivido do aluno, mediadores da construção do conhecimento geográfico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hugo de Carvalho Sobrinho, Universidade de Brasília – UnB, Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Possui Graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) e Mestrado em Geografia pela Universidade de Brasília (UnB), integra o grupo de pesquisa - Ensino, Aprendizagem e Formação de Professores em Geografia da Universidade de Brasília (GEAF).

Cristina Maria Costa Leite, Universidade de Brasília – UnB, Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Possui Graduação em Geografia, Mestrado em Geografia e Doutorado em Educação, todos cursados na Universidade de Brasília (UnB). Atualmente é docente no curso de Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade de Brasília (UnB), coordena o grupo de pesquisa - Ensino, Aprendizagem e Formação de Professores em Geografia da Universidade de Brasília (GEAF).

Referências

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Geografia (terceiro e Quarto Ciclo do Ensino Fundamental): Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 2001, 156 p.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 2006.

CALLAI, H. C. Estudar o lugar para compreender o mundo. In: CASTROGIOVANNI, A. C. (Org.). Ensino de geografia: práticas e textualizações no cotidiano. Porto Alegre: Mediação, 2012.

____________. O ensino de Geografia: recortes espaciais para análise. In: CASTRIGIOVANNI, A. C. et al. Geografia em sala de aula: práticas e reflexões. Porto Alegre: Ed. da Universidade, p. 56-60, 1999.

____________. A Geografia escolar - e os conteúdos da Geografia. Anekumene, v. 1, n. 1, p. 128–139, 2011.

CASTELLAR, S. M. V. Educação: Formação e didática. In: MORAIS, E. M. B.; MORAES, L. B. Formação de professores: conteúdos e metodologias no ensino de Geografia. Goiânia: Nepeg, 2010.

CARVALHO SOBRINHO, H. A categoria lugar no livro didático de Geografia: abordagens e contribuições no processo de ensino/aprendizagem. 2014. 144 p. Monografia (Graduação em Geografia) – Câmpus Formosa, Universidade Estadual de Goiás, Formosa, GO, 2014.

CAVALCANTI, L. S. A Geografia e a realidade escolar contemporânea: Avanços, caminhos, alternativas. In: Anais do I Seminário Nacional: Currículo em movimento - Perspectivas Atuais, Belo Horizonte, novembro de 2010.

_____________. A geografia escolar e a cidade: Ensaios de Geografia para a vida urbana cotidiana. Campinas, SP: Papirus, 2012.

_____________.Geografia, escola e construção de conhecimento: Geografia e a construção de conceitos no ensino. Campinas, SP: Papirus, 1998.

LAJOLO, M. Livro didático: um (quase) manual de usuário. Em Aberto, Brasília, ano 16, n.69, jan./mar. 1996, p. 3-9.

PONTUSCHKA, N. N.; PAGANELLI, T. I.; CACETE. N. H. Para ensinar e aprender Geografia. 3. ed. São Paulo: Editora Cortez, 2009, 383 p.

SOUZA. F. E. As "geografias" das escolas no campo do município de Goiás: instrumento na valorização do território do camponês? São Paulo: UNESP, 2012. Tese (Doutorado) Programa de Pós - Graduação em Geografia, Universidade Estadual Paulista, São Paulo, 2012.

TONINI, Ivaine Maria. O ensino de Geografia e suas composições curriculares: Livro Didático: textualidades em rede? Porto AlegAAQV1467re: Ufrgs, 2011.

VEDOVATE, F. C. Projeto Araribá: Geografia. Orgs. Editora Moderna. 3. Ed.: São Paulo-SP, 6º Ano. 2012.

Downloads

Publicado

2016-12-31

Como Citar

SOBRINHO, H. de C.; LEITE, C. M. C. . Abordagem do lugar no livro didático de Geografia do 6º ano do Ensino Fundamental. Revista Cerrados, [S. l.], v. 14, n. 02, p. 125–140, 2016. DOI: 10.22238/rc24482692v14n22016p125a140. Disponível em: https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/cerrados/article/view/1376. Acesso em: 24 maio. 2024.